Pesquisar este blog

Retiro

terça-feira, 31 de maio de 2016

Para bem recitar vosso Santo Rosário… – São Luís Maria Grignion de Monfort

Para bem recitar o Rosário, após invocar o Espírito Santo, colocai-vos, por alguns instantes, diante da presença de Deus (…).

Antes de cada dezena, concentrai-vos por alguns momentos, segundo a vossa disponibilidade, para considerar o mistério que estais a celebrar naquela dezena e pedi sempre, por esse mistério e pela intercessão da Virgem Santíssima, uma das virtudes que mais se destacam nesse mistério ou a virtude mais necessária para a vossa redenção.

Cuidai, principalmente, para não cairdes nos dois erros mais comuns cometidos por aqueles que rezam o Terço ou o Rosário.  

O primeiro é o de rezar sem pensar numa intenção, de maneira que, se perguntardes qual a intenção pela qual rezam o Terço, não saberão responder. Assim, deveis sempre ter em vista, ao recitar o Rosário, o pedido de uma graça, uma virtude à qual desejais vos assemelhar, ou algum pecado que desejais destruir em vosso coração.

O segundo erro que habitualmente cometemos, ao rezar o santo Rosário, é o de não ter qualquer intenção ao recitá-lo, a não ser a de terminá-lo rapidamente. Isso decorre do fato de olharmos o Rosário como algo oneroso, que pesa sobre nossos ombros, quando não o rezamos e, mormente, quando dele fazemos um princípio de consciência, ou quando o recebemos como penitência e sem vontade própria.

São Luís Grignion de Monfort, in "A eficácia maravilhosa do Santíssimo Rosário"

Vide também: http://farfalline.blogspot.com/2016/10/o-assunto-e-o-santissimo-rosario-de.html


segunda-feira, 30 de maio de 2016

Rocky Balboa, uma lição de não vitimismo!

Assistia ao vídeo:




se o vídeo não abrir, clique aqui: https://youtu.be/pdFbfP_iYl0.


Revolução Francesa e a anarquia atual

Antes de falar da Revolução francesa, indicada em primeira linha como causa do mal atual, é necessário dizer o que é a Revolução em geral. Isso é necessário, de um lado, a fim de bem conhecer a natureza desse poder tremendo que, espiando a sociedade como o tigre espia sua presa, caminha para triturá-la sob seus dentes de ferro e para operar o caos; do outro lado, a fim de saber com certeza qual é sua verdadeira origem e quais são os novos Palus Maeoticas[1] de onde saíram as barbáries com as quais ela nos ameaça, de maneira a não nos enganarmos sobre os meios de combatê-la, e para medirmos nossos esforços em face da grandeza do perigo. 

Hoje não há duas questões na Europa, há apenas uma: é a questão revolucionária. O futuro pertencerá, sim ou não, à Revolução? Isso é tudo.

A Revolução! Essa palavra vulgarizada é repetida simultaneamente em Paris, em Londres, em Berlim, Madri, Viena, Nápoles, em Bruxelas, Fribourg, em Turim, em Roma; e, por toda parte, ecoa como o sussurro da tempestade. Tirando aqueles que a gravaram sobre sua fronte como sinal de identificação, essa palavra faz instintivamente tremer todo homem que, às lembranças do passado, une as previsões do futuro.

Esse instinto não é enganador: a Revolução não está nem morta nem convertida. Ela não está morta; milhares de vozes proclamam sua existência: ela mesma a revela orgulhosamente diante de todas as cortes criminais encarregadas de cunhar seus adeptos. Ela não se converteu: independente do que dizem dela, a Revolução é sempre a mesma: a essência dos seres não muda. Em seu ódio sempre antigo e sempre novo, a Revolução ameaça igualmente o trono dos reis e o limite dos campos, o tesouro do capitalista e a poupança do operário. Para ela, nada é sagrado: nem a ordem religiosa nem a ordem social; nem os direitos adquiridos, nem a consciência, nem a liberdade, nem mesmo a vida. Ela odeia tudo o que não foi feito por ela; e tudo o que ela não produziu, ela destrói. Dai-lhe hoje a vitória, e o que ela foi ontem, vereis que o será também amanhã.

domingo, 29 de maio de 2016

Diz-me com que herege tu andas, e te direi que herege és!...

A CALÚNIA. 

Chegou a meu conhecimento, por algumas vias distintas, que estavam associando o nome do reverendo Padre Cardozo a certo bispo herético que foi descoberto e apropriadamente afastado de nossos círculos. O assunto foi devidamente esclarecido, quem errou fez a necessária reparação e, portanto, está tudo claramente resolvido e encerrado.  

Mas as línguas maldosas não conseguem ficar dentro das bocas venenosas e querem agora assassinar a reputação do nosso bom Padre, que sequer chegou a conhecer dito bispo. Pois é, a sem-vergonhice é tamanha que alguns chegam até a dizer que o Padre e tal bispo se encontraram...  

Talvez tenha sido a foto abaixo que tenha despertado a língua ferina dos caluniadores:  



A foto foi tirada por ocasião da visita que o Padre fez aos Padres Pfeiffer e Hewko, este ano ainda, nos EUA. O Padre Pfeiffer está de branco, com a faixa vermelha (FSSPX). Será que algum desavisado veio a pensar que se tratasse de um Bispo? Bom, eu não tenho muita certeza de que sejam tão tolos assim, afinal o Pe. Pfeiffer é bem conhecido nos meios tradicionalistas de qualquer "sensibilidade", mas nunca se sabe... 

Os fatos são simples, o reverendo Padre não conhece o bispo herético e nunca o viu nem mais gordo nem mais magro. Mas, se alguém tiver uma prova cabal dessa proximidade, de algum encontro... uma foto... um vídeo... me envie! Sou pronta a dar a mão à palmatória! 

Bom, o que dizer sobre isso? Só me ocorre que essas "santas & virtuosas" criaturas não devem crer na Onipresença e Onisciência do Altíssimo, e certamente creem que Ele não está vendo como pensam, falam e agem mal. Mas, como diz meu sábio marido: "ema, ema, ema, cada um com seu problema!". Disso, eles deverão prestar contas a Deus, como cada um de nós.  
 

*   *   *


QUEM É QUE, DE FATO, ANDA COM HEREGES. 

Mudando de foco, mas continuando no tema da verdade, das provas e da proximidade com heréticos, vamos ao assunto central de hoje que é o fato de Dom Williamson, líder dos desistentes, ter se dado ao incômodo de ir até Louisville, em Kentuky, nos EUA - embora não tenha tempo de ir até a Nigéria ordenar um Padre católico - para ministrar a Crisma a uma comunidade heréticaIsso soa meio como dar pérolas aos porcos, ou, pior, pão sagrado (e o que é um Sacramento?) aos cães

Aos fatos, porque aqui não há fofoqueiros. Há provas.  

sábado, 28 de maio de 2016

Que seria de mim, meu DEUS...

 

"Que seria de mim, meu DEUS, se houvesse de morrer esta noite e comparecer em Vosso tribunal para dar-Vos contas! Estou eu em graça ou pecado mortal? Fiz boas confissões ou más? em que estado me acho? Tenho ódio a alguém ou retenho o alheio? Tenho o vício de jurar, de murmurar, de trabalhar nos dias santos ou de fazer ações imodestas? Cumpro os meus deveres, e emprego o tempo santamente? Que resposta dou a estas perguntas? AI DE MIM! Que rigoroso é o juízo em que devo ser apresentado, e quanto devo temer se não me arrepender e não me emendar agora que tenho tempo."

S. Antônio M. Claret

sexta-feira, 27 de maio de 2016

27 de maio: São João I, Papa e Mártir

27 MAIO

SÃO JOÃO I

Papa e Mártir




Segundo uma versão, João nasceu em Túsculo (Túsculo ou Túscia era uma antiga cidade localizada na região do Lácio que foi absorvida por Roma em 381 a.C. A cidade estava situada em uma posição estratégica sobre a borda norte do anel exterior da cratera do vulcão Albano), na Itália. Outra versão o faz nativo Sena ou de Chiusdino (em província de Sena), no Castelo de Serena; e outra versão ainda, de "Anglario", hodierna Anghiari (Ar). Era filho de certo Costanzo 

Em 13 de agosto de 523, já muito ancião e frágil, foi eleito sucessor do Papa Santo Hormisdas (Papa entre 20 de julho de 514 até 6 de agosto de 523, data da sua morte e de sua memória). Não há muitas informações sobre ele, a não ser duas cartas apócrifas que lhe são atribuídas. Quando foi eleito Papa, Santo Hormisdas e o imperador bizantino Justino I, tio de Justiniano, haviam feito cessar, havia cinco anos, o Cisma entre Roma e Constantinopla, ocorrido em 484 por causa do "Henoticon" do imperador Zenone, que havia tentado uma impossível composição entre os católicos e os monofisistas. Por ter a medida obtido uma interessante reviravolta política, e os Godos serem arianos, no final de 524, Justino publicou um édito ordenando o fechamento das igrejas arianas de Constantinopla e a exclusão dos hereges de todas as funções públicas e militares. Teodorico, o Granderei dos Visigodos e da Itáliadefensor convicto do Arianismo, ficou desagradado com o édito e bastante irritado, e tanto mais irritado porque adotara, para com os católicos, uma política de absoluta tolerância, e obrigou o Papa a ir a a Constantinopla para exigir que o imperador bizantino revogasse o decreto. A recepção ao Papa foi extraordinária: uma procissão de 15.000 pessoas foi ao seu encontro, com círios e cruzes, e o Papa presidiu as solenes funções de Natal e da Páscoa. Justino aceitou devolver as igrejas aos arianos, mas não cedeu quanto à cassação dos direitos civis dos arianos convertidos ao Catolicismo que voltaram a ser arianos.  

Teodorico desconfiava da política de aproximação da Sé Apostólica à Sé de Constantinopla, pois suspeitava que escondesse um plano para restaurar a autoridade imperial na Itália. A acolhida de João por parte do imperador bizantino, pelo clero e os fiéis de Oriente prova que o papel de Pastor Supremo da Igreja fora plenamente reconhecido. E a reação de Teodorico na volta do Papa a Roma também comprova isso, pois mandou prendê-lo e encarcerar em Ravena, sinalizando que considerava o Papa um adversário e um inimigo. O rei estava enfurecido por perceber o renascimento do nacionalismo na Itália, e acabava de sujar suas mãos do sangue dos Senadores Boécio, também grande filósofo, e o sogro deste Símaco. Detestou o bom êxito de João I no Oriente e suspeitava que isso favorecesse os defensores da antiga liberdade de Roma. Preso, o Papa, já enfraquecido pela viagem, e ainda submetido a severas privações, morreu logo depois de sua prisão. Segundo a tradição, entregou sua alma a Deus no dia 18 ou 19 de maio de 526. O seu corpo foi transladado para Roma, quatro anos depois, e sepultado sob o pavimento da Basílica de São Pedro. Em seu epitáfio, não foi registrado seu papel histórico. Foi declarado Mártir da Igreja. 

São João costuma ser identificado como João Diácono, autor da epístola "Ad Senarium", importante para a história da liturgia batismal, porque é talvez o único documento que atesta a tradição da Igreja Romana de erigir e consagrar no Sábado Santo sete altares e de versar no cálice uma mistura de leite e mel. É reconhecido também pela autoria de "De fide catholica" (A Fé Católica), transmitida pelos antigos, entre as obras do filósofo e mártir São Severino Boécio, cujo trabalho exerceu grande influência sobre São Tomás de Aquino.  

quinta-feira, 26 de maio de 2016

26 de maio: Santo Eleutério

26 de maio.

Santo Eleutério


Papa e Mártir 
Pontificado 174 a 189




Santo Eleutério, sucessor de São Sotero foi o 13º governante da Igreja de Cristo a receber, assim como seus antecessores, a coroa heroica do martírio. Era grego de Nicópolis e durante o pontificado de Santo Aniceto (11º Papa), ascendeu ao diaconato, onde atuou com brilho e empenho. Presenciou, assim, as perseguições que culminaram no martírio de inúmeros cristãos, pelas mãos dos imperadores e magistrados que trabalhavam em conluio com altos líderes pagãos e heresiarcas, que temiam a crescente expansão da verdadeira doutrina. 

Foi eleito no ano de 174 e traçando o mesmo rumo dos predecessores, combateu veemente os falsos deuses e doutrinas contrárias à verdade. Fixou, assim, diversas metas visando dar continuidade a luta ora empreendida, sobre o solo banhado de sangue pelas baixas do martírio. Tão eficaz foram suas prédicas, que o fogo da heresia e do paganismo sentiram duro golpe. As chamas do erro começaram a declinar, de forma que conseguiu estabelecer-se um tempo de paz para os fiéis católicos. Muitas conversões se verificaram entre cidadãos de Roma e também pessoas da alta nobreza. Cansados da superstição, e principalmente da constante investida imperial contra os cristãos, vítimas das crueldades mais abomináveis, acabaram convertendo-se ao Senhor e agregaram-se ao povo de Deus, engrossando as fileiras da verdade, sob a luz do Evangelho.

Durante esta proveitosa fase de evangelização, mandou dois varões justos, Damião e Fugácio à Inglaterra para ensinar os princípios da fé a Lúcio, rei daquele império. Ele os recebeu alegremente. Atento aos ensinamentos da verdade, junto com a esposa e grande parte da população, aceitou finalmente em receber o santo Batismo. Isto o fez publicamente, arrebanhando adeptos em todos os cantos reino. Foi o primeiro governo do mundo a declarar-se cristão, por decreto público e com parecer firmado pelo rei diante dos súditos. Esta célebre conversão ocorreu por volta do ano 183.

São Francisco: Carta a todos os clérigos acerca da reverência ao Corpo do Senhor

São Francisco 
Francesco Podesti, 1860-80 cerca
Igreja de S. João Batista 
Ilha de Brescia 
[1] Prestemos atenção, nós, todos clérigos, ao grande pecado e à ignorância que alguns têm em relação ao Santíssimo Corpo e Sangue do Senhor Nosso Jesus Cristo e aos Santíssimos Nomes e às Suas Palavras escritas que santificam o Corpo. 

[2] Sabemos que não pode haver o Corpo se antes não é santificado pela palavra. 

[3] Nada, de fato, possuímos e vemos corporalmente neste mundo do próprio Altíssimo se não o Corpo e o Sangue, os Nomes e as Palavras mediante as quais fomos criados e redimidos "da morte à vida"  (1Jo 3,14).

[4] Todos aqueles, então, que ministram tão santos mistérios considerem consigo mesmos, sobretudo quem os ministra ilicitamente, quanto sejam miserandos os cálices, os corporais e as toalhas sobre as quais se cumpre o sacrifício do Corpo e do Sangue d'Ele. [5] E por muitos é colocado ou deixado em lugares indecorosos, é transportado sem nenhuma honra e recebido sem as devidas disposições e ministrado aos outro sem critério. 

[6] Também os Nomes e as Palavras d'Ele escritas por vezes são pisadas, [7] pois "o homem carnal não compreende as coisas de Deus" (1Cor 2,14).

[8] Não devemos nos sentir movidos à piedade por tudo isso, a partir do momento que o próprio piedoso Senhor se entrega em nossas mãos, e nós O temos à nossa disposição e d'Ele comungamos todos os dias? [9] Ignoramos, talvez, que iremos ter em Suas mãos um dia? 

quarta-feira, 25 de maio de 2016

ATROFIA MENTAL COM DIGITADURA



      

    Não me lembro de alguém ter-me perguntado, quando eu frequentava o grupo escolar, em qual profissão eu gostaria de trabalhar quando crescesse. Mas se algum curioso quisesse saber a resposta, provavelmente ouviria algo assim: Quero trabalhar em qualquer coisa que não dê trabalho. 

          Esta introdução pouco autoelogiosa poderia levar alguns a imaginar-me um preguiçoso incorrigível, vagabundo. Bem longe da verdade estaria essa impressão. Nunca fui preguiçoso, mas aquela minha provável resposta explicava-se pelos meus escassos conhecimentos sobre trabalho, limitados então ao uso de instrumentos como enxada, machado, picareta, serrote, foice. Numa visão retrospectiva, posso confirmar que nunca me entusiasmariam trabalhos movidos a músculos, suor, calos, mas era quase só isso que eu via por lá. Conheci depois trabalhos mais importantes e menos hercúleos, como o de manusear minha caneta enquanto escrevo uma crônica. 

         A importância do trabalho raramente é proporcional ao suor que ele produz. Mesmo sendo o instrumento uma leve caneta, pode ser até mais cansativo. Com a tecnologia moderna, o trabalho pesadão foi transferido para as máquinas; e o que já podemos lamentar, neste nosso mundo desequilibrado, é o excesso de redução do trabalho. Parece contraditório isso, mas vou explicar-lhe. 

         Começo por lembrar que as máquinas, geralmente fabricadas para substituir ou reduzir o trabalho humano, vêm assumindo papel cada vez mais importante. Muitas censuras se poderiam fazer ao modo como elas realizam essa substituição, mas quero apenas mostrar que há limites para isso. Difíceis de estabelecer, mas existem. Farei uma tentativa de exemplificação, sem a pretensão de esgotar o assunto. 

terça-feira, 24 de maio de 2016

CAMPO GRANDE - MS COMBATENDO A DOUTRINAÇÃO NA ESCOLA! APOIOS.

AVANTE CAMPO GRANDE! SE NOSSA ÚNICA ARMA CONTRA A DOUTRINAÇÃO NA ESCOLA É A LEI… FAÇAMOS DELA NOSSA ESPADA! 





“A cultura forma sábios; a educação, homens.” Louis Bonald

Durante toda a minha formação como professora meus ouvidos enjoaram do discurso de professores e alunos contra o proselitismo: ação ou empenho de tentar converter uma ou várias pessoas em prol de determinada causa, doutrina, ideologia ou religião.

Com o tempo me dei conta que o tal discurso anti-proselitismo, impertinente e recorrente na academia, só se referia à RELIGIÃO, e isso porque num espaço acadêmico impregnado pelo discurso marxista não havia espaço para o “ópio da humanidade”.

Não havia movimento contra o proselitismo ideológico ou político!

E ao longo desses meus 34 anos de vida acadêmica, como aluna e como professora, assisti o espaço universitário metamorfoseando-se conforme os ideólogos de plantão.

Política de esquerda, discursos comunistas, manifestações livres de minorias radicais, verdadeiras campanhas ideológicas capitaneadas pelos professores em sala de aula. Campanhas no espaço de “sala de aula” em que o aluno passivamente abre mão do direito a pensar diferente, com medo de sofrer penalidades como a perseguição e até a reprovação!

Lefebvre: A Igreja Conciliar é cismática e herética

Traduzi um trecho de uma reflexão que Monsenhor Marcel Lefebvre escreveu, de forma pertinente, em 29 de junho de 1976, por causa da suspensão "a divinis" decretada-lhe por Paolo VI. Nele, Monsenhor deixa bem claro que há DUAS Igreja e que elas NÃO se misturam. O erro que há na Igreja Conciliar é claro e evidente. Não tem como confundi-las, assim como a água e o óleo, misturados, não se confundem. Não vou nem grifar, porque teria que grifar tudo. O texto é curto e claro. A bom entendedor... 


“Que a Igreja Conciliar seja uma Igreja cismática, porque rompe com a Igreja Católica qual sempre foi. Ela tem seus novos dogmas, o seu novo sacerdócio, as suas novas instituições, o seu novo culto, todos já condenados pela Igreja em muitos documentos, oficiais e definitivos. 
“Esta Igreja Conciliar é cismática, porque tomou por base para seu 'aggiornamento', princípios opostos àqueles da Igreja Católica, como a nova concepção da Missa expressa nos números 5, do Prefácio ao 'Missale Romanum', e 7, de seu primeiro capítulo, que atribui à assembleia um papel sacerdotal que não pode exercitar; como, igualmente, o natural - vale aqui a dizer, divino - direito de todas as pessoas e de todos os grupos de pessoas à liberdade religiosa. 
“Este direito à liberdade religiosa é blasfemo, porque atribui a Dio escopos que destroem a Sua Majestade, a Sua Glória, a Sua Realeza. Este direito implica liberdade de consciência, liberdade de pensamento, e todas as liberdades maçônicas. 
“A Igreja que afirma tais erros é ao mesmo tempo cismática e herética. Esta Igreja Conciliar é, portanto, não católica. Na medida em que Papa, bispos, padres e fieis aderem a esta nova Igreja, eles se separam da Igreja Católica”. 

24 de maio: Festa de Nossa Senhora Auxiliadora

clique para ver mais imagens


Leia sobre a festa aqui: http://farfalline.blogspot.com/2014/05/24-de-maio-festa-de-nossa-senhora.html.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

O petismo faz proselitismo político até mesmo em aula para crianças de 8 anos de idade



A denúncia saiu há algumas semanas na Tribuna do Norte, jornal de maior circulação do Rio Grande do Norte, mas só agora pude confirmar com uma das mães das crianças. O relato tem mais cheiro de exceção do que regra, mas ilustra bem a pouca importância que o petismo dá a qualquer tipo de limite.

O Marista, uma escola católica privada, é uma das maiores instituições de ensino daquele estado. Nele, na semana que sucedeu a votação do impeachment na Câmara, uma professora de religião aproveitaria a aula que dava a crianças de 8 anos de idade para defender o governo a ser derrubado. Diria que “Dilma é ótima, honesta, paga universidade para os pobres” e que tudo não passava de um golpe da elite – que não quer pobres estudando.

Numa escola privada. Numa aula de religião. Para crianças aos 8 anos de idade.

O caso gerou revolta nos pais e rendeu pedidos de desculpas da parte da escola, que consideraria a postura incorreta e em desacordo com a orientação pedagógica. “Um professor não deve se posicionar a esse respeito em sala de aula“, opinou a mãe com a qual conversei.

Por causa de abusos do tipo que projetos como o Escola Sem Partido são urgentes. 


Comunicado

  

Caros leitores, não tenho tido muito tempo para me dedicar ao Pale Ideas, por causa de meu envolvimento com a Escola Sem Partido e o Instituto Conservador, para eliminarmos a doutrinação marxista e gender nas escolas. É um assunto de nosso interesse, porque o escopo último dessa doutrinação é destruir a Fé Católica, eliminar definitivamente Deus da sociedade humana. É um trabalho árduo e me toma muito tempo. Mas não se preocupem porque postagens já estão programadas, e uma ou outra notícia urgente será postada. Ainda bem que contamos com um pool de blogs/sites católicos para nos informarmos e, sobretudo, para nos formarmos, que é bem mais importante: ninguém ama o que/quem não conhece, e conhecemos melhor através do estudo. Se queremos amar a Deus, devemos buscá-lo na Doutrina de Sua Igreja, nos livros de seus Santos... E entre os blogs católicos indico os que estão no menu lateral: "Blogs Católicos de Referência", bem abaixo da imagem do encontro entre Maria Santíssima e o Filho recém ressuscitado.  

Em Português (em ordem alfabética):



Uma nota: O Rev. Pe. Cardozo, viajou, ontem, para a Itália, e começa por Roma. Desejamos que faça uma proveitosa viagem e nos traga mais "audiovisuales" para nosso conhecimento e entretenimento. O blogueiro do blog de Contagem, vai "levar um Catecismo de São Pio X para Francisco corrigi-lo, já que agora este apresenta erros, como sugerido por Monsenhor Faure. Roma modernista talvez possa nos ajudar". kkkk

Uma ótima semana a todos. 


domingo, 22 de maio de 2016

FESTA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

FESTA DA SANTÍSSIMA TRINDADE 

Festa móvel: Domingo seguinte ao Domingo de Pentecostes.
 

Remate e consumação de todas as festas é a da SS. Trindade. Como seja objeto principal e primário de todo culto que a Deus rendemos, a adoranda Trindade, um só Deus em três Pessoas, é evidente que são todas as festas da Religião Cristã verdadeiras festas da SS. Trindade.

Com efeito, tudo o que nelas honramos, seja dos Santos, seja do próprio Cristo S. N., em Sua humanidade, só serve de meio para honrar à SS. Trindade, a Ela elevando-nos como ao verdadeiro e único termo do culto.

São realmente distintas as três Pessoas no Deus único; tendo, porém, a mesma natureza, dos três é a mesma divindade. Cada qual é Deus, e um só este Deus em três Pessoas. O Filho não é o Pai, ainda que seja o mesmo, a mesma coisa que o Pai. Nem o Pai, nem o Filho é o Espírito Santo, bem que sejam todos os três um mesmo Espírito Santo, indivisível e simplicíssimo.

sábado, 21 de maio de 2016

SORTEIO FANTÁSTICO DA EDITORA MISSÕES CRISTO REI!!!





Salve Maria! 


Convidamos a todos os leitores a participar do sorteio que está sendo realizado pela Editora Missões Cristo Rei:





imagem compartilhada na Página da Editora Missões Cristo Rei







Reforçando, passo a passo para participar:


1. Curta a página da Editora Missões Cristo Rei: https://www.facebook.com/EditoraMissoesCristoRei



2. Compartilhe a publicação oficial do Sorteio que está neste link: https://www.facebook.com/EditoraMissoesCristoRei/photos/a.929362753784296.1073741827.929234007130504/997989593588278/?type=3&theater



3. Marque 03 amigos na publicação oficial, no mesmo comentário.



OBSERVAÇÃO: 

*Pode-se comentar quantas vezes desejar, SEMPRE MARCANDO DE 03 EM 03 AMIGOS. 

*Cada comentário vale uma chance no sorteio. Por exemplo, comentou 3 vezes, marcando 3 pessoas de cada vez, tem 3 chances no sorteio.

*VALE LEMBRAR QUE É NECESSÁRIO CUMPRIR TODOS OS PASSOS PARA PARTICIPAR DO SORTEIO. 


VIVA CRISTO REI!





Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

Ato de Consagração a Nossa Senhora

Ato de Consagração a Nossa Senhora – São Luís Maria Grignion de Montfort 




Ó Sabedoria Eterna e Encarnada! Ó amabilíssimo e adorável Jesus, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, Filho único do Pai Eterno e de Maria sempre Virgem!

Eu vos adoro profundamente no seio e nos esplendores do vosso Eterno Pai, durante a eternidade, e no seio de Maria vossa Mãe Santíssima, no tempo de vossa Encarnação.

Agradeço-vos terde-vos aniquilado, tomando a forma de um escravo, para me arrancardes à cruel escravidão do demônio. Eu vos louvo e glorifico por vos terdes querido submeter a Maria, vossa Santa Mãe, em todas as coisas, a fim de me tornardes por Ela vosso fiel escravo.

Mas, ai de mim, ingrato e infiel que sou! Não guardei os votos e as promessas que tão solenemente vos fiz no meu Batismo. Não cumpri com minhas obrigações, não mereço ser chamado vosso filho nem vosso escravo, e, como nada há em mim que não mereça senão vossas repulsas e vossa cólera, já não ouso por mim mesmo aproximar-me de vossa santa e augusta Majestade.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Francisco, o blasfemo.



Para Francisco, o Islã tem a mesma ideia de Jesus ao querer conquistar o Ocidente: https://noticias.gospelprime.com.br/papa-defende-isla-mesma-ideia-de-jesus/

“A ideia de conquista é inerente à alma do Islã, é verdade. Mas isso poderia ser visto como a mesma ideia de conquista presente no fim do Evangelho de Mateus, onde Jesus envia seus discípulos a todas as nações”.

Sim, é igualzinho! Jesus também mandou cortar a garganta de todos os que se opusessem à Sua doutrina e estuprar as mulheres e crianças para fazer uma limpeza étnica. SQN. 

Enquanto isso, enquanto Francisco se banqueteia, todo caridade, com os inimigos de Cristo, os cristãos caem como moscas nas mãos dos "da paz"!!! 

Blasfemo!   


E prestem atenção que a mesma mão que acaricia os hereges de todo tipo (Islã também é heresia já condenada pela Igreja), Fellay se ajoelha para beijar

E vão catar coquinho as gralhas que gritam: "Sedevacantista! Sedevacantista!" só porque eu constato a verdade. Falsos tradicionalistas, hipócritas e corruptos, que vivem vomitando tomismo e não se escandalizam quando OFENDEM a Deus. Raça de víboras, sepulcros caiados! Com os vendilhões do Templo, Nosso Senhor teve mais doçura do que terá com vocês, "legalistas"! Esses hipócritas são tão similares aos Sola Scriptura que dá para sentir o fedor de Lutero no bafo! 

Que a mão de Deus não tarde, geração ímpia! 

Giulia d'Amore  



Antes de comentar, aqui ou acolá, leiam abaixo, até compreender o significado:  


"Replicou-lhe Jesus: Se falei mal, prova-o, mas se falei bem, por que me bates?” (São João 18,23).

Vaticano elogia abortista promotor de imoralidades morto na Itália



Morreu - GRAÇAS A DEUS! - na Itália Marco Pannella, político de esquerda, do Partido Radical, de inexpressiva minoria, mas que conseguiu promover o divórcio, o aborto e o "casamento" gay na Itália. O Vaticano fez um elógio fúnebre, destacando o legado espiritual que o CRIMINOSO deixou. Quem falou foi Lombardi, o porta-voz do Vaticano Apóstata que vive corrigindo as asneiras de Francisco. Desta vez não vão poder "reinterpretar":
"Lembro dele com ESTIMA E SIMPATIA, pensando que NOS DEIXA UMA HERANÇA HUMANA E ESPIRITUAL IMPORTANTE, de relações francas, de expressão livre e de EMPENHO civil e político GENEROSO, para os outros e EM PARTICULAR PARA OS FRACOS E NECESSITADOS de solidariedade. Pannella é uma pessoa com a qual nos encontramos muitas vezes em posições discordantes mas do qual não se podia não apreciar o empenho total e desinteressado POR CAUSAS NOBRES".
Não estou inventando, leiam vocês mesmos: http://www.corrispondenzaromana.it/notizie-dalla-rete/lincredibile-elogio-funebre-vaticano-a-marco-pannella.


Nem foi a primeira vez que ele homenageia um abortista que morreu: http://farfalline.blogspot.com/2015/05/francisco-thatcher-y-aborto.html.


Leia mais sobre o aborto: http://farfalline.blogspot.com.br/p/aborto.html.

_

Compartilhando.... Escola Sem Partido & Homescooling

Compartilho dois artigos meus que foram publicados no site do Instituto Conservador: 


  1. A Verdade Liberta - http://iconservador.com.br/2016/04/24/a-verdade-liberta/
  2. PL 8242/2016 – Lei “Escola Sem Partido” - http://iconservador.com.br/2016/04/25/pl-82422016-lei-escola-sem-partido/, que já publiquei aqui também.  



Assista também este vídeo: 





Procurador Guilherme Schelb - "Aluno tem Família".



Pais católicos, a omissão é também pecado. E é tão mais grave quanto mais a omissão expõe os vossos filhos aos marxismo e à ideologia gender. Não há montanhas para onde correr, devemos ficar e lutar. Marxista não tem Pátria, vivem por uma utópica, mas diabólica, "comuna", na qual os pais não têm autoridade alguma sobre os filhos, nem há famílias, nem laços afetivos. 

Para a maioria dos católicos, a realidade é a escola - pública ou privada. E lamento informar que a doutrinação política e de gênero já começou, em ambas. Da escola privada, podemos nos defender mudando os filhos de escola, mas chegará um tempo em que todas as escolas privadas estarão contaminadas. Se nada for feito. Inclusive as escolas confessionais, ou seja, as escolas que seguem alguma confissão religiosa. Na escola pública, não há escapatória, pois não se pode escolher ao bel prazer qual escola em que os filhos vão estudar. E de que adianta se todas já estão contaminadas? 

Há opção, ainda, nas pouquíssima escolas ligadas ao movimento tradicionalista, onde se tenta manter o Estado o mais longe possível.   


 

Há, também, a opção do HOMESCHOOLING, ou "escola em casa", "escola doméstica". É uma opção que cresce cada dia mais. Ainda é "proibida" por lei, mas há jurisprudência que autoriza pais há algum tempo. Há ações no Judiciário visando garantir a plena legalização. Há um trabalho e um caminho ainda a fazer, mas há também esperança. Vou dedicar alguns artigos, em breve, a esse assunto, mas desde já quero compartilhar um livro (vide imagem acima) que acaba de ser lançado, "Homeschooling Católico, um guia para pais" (Facebook), e eu recebi hoje e vou passar o fim de semana lendo. Pelo que andei vendo na web, é possível que haja citações de figuras modernistas, mas o pouco que li me pareceu contextualizado. É o que há para hoje. Aliás, esta é uma tristíssima constatação que fiz neste combate contra o marxismo: a participação e o envolvimento dos protestantes (na educação) e dos espíritas (contra o aborto) é muito maior do que a dos católicos de qualquer vertente. É tristíssimo e vergonhoso, porque os "eruditos" tradicionalistas de todas as matizes preocupam-se em "estudar" e arrotar São Tomás de Aquino, mas em termos de combate verdadeiro... zero!  Enquanto isso, os filhos de Lutero e os satanistas de Alan Kardec trabalham justamente em defesa das famílias, da vida, da moral, da educação... Irônico. 

Retomando... pais católicos se mexam

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A maçonaria e a lei pró-aborto na França. Duas histórias em confronto.

O  Grande Oriente de França (GODF) premiou com o "Marianne Jacques France" a Simone Veil, 88 anos de idade, ex-ministra e primeira presidente do Parlamento Europeu, além de autora da lei que legalizou o aborto na França.

Daniel Keller, "Grã Mestre" do GODF, entregou o busto da "Marianne" [emblema da Maçonaria, vide aqui) aos filhos da Simone Veil na presença do Presidente do Senado, Gerard Larcher.

Na ocasião, Keller declarou:

"Simone Veil encarna o empenho republicano tão caro à franco-maçonaria". "A lei sobre o aborto se tornou o símbolo da melhora do Homem e da sociedade para cujo fim trabalham os maçons; esta lei resta um pilar de nossa sociedade".

Matar todos os dias, na França, centenas de crianças no ventre materno é, portanto, um pilar da sociedade desejada pela seita maçônica!

Em oposição à Veil, preferimos, porém, a figura de Maurice Caillet, médico francês, especializado em cirurgia ginecológica, que, em seu livro autobiográfico "Eu era Maçom. a Minha conversão da maçonaria à fé" (Piemme, 2010) narra a sua incrível história. 

quarta-feira, 18 de maio de 2016

O hipócrita e o falso amigo

Há muitos anos, numa grande exposição de pinturas, realizada em Londres, um artista apresentou um quadro que lhe deu farta notoriedade.

Quem observasse, de relance, a pintura, tinha impressão de que ela representava um homem de fisionomia serena ajoelhado, tranquilo, em atitude de prece, as mãos postas e a cabeça baixa.

Aproximando-se, porém, da tela, e procurando distinguir bem os traços do indivíduo, verificava-se, com espanto, que o artista, graças a um artifício inimitável, fixara um homem de rosto irascível, que espremia um limão dentro de um copo.  

O genial pintor conseguira naquela arrojada fantasia simbolizar o coração do hipócrita.

Na verdade, superficialmente examinado, o hipócrita surge aos nossos olhos como um indivíduo piedoso, os olhos voltados para Deus; mas tudo nele é falso. Quando não finge piedade, outra coisa não faz senão espremer no copo do vício o limão do Pecado.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA