Pesquisar este blog

Novidades!!!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Legalização do aborto aumenta os abortos "por coerção"

O Dr. Elard Koch, pesquisador em ciências biomédicas da Universidade do Chile e atual diretor do Instituto MELISA, advertiu que a legalização do aborto aumenta o problema de que milhares de mulheres sejam "obrigadas a abortar legalmente contra sua vontade".

Em um artigo publicado no site ChileB, o Dr. Koch assinalou que "embora a relação pareça independente do status legal do aborto, é um fato que milhares de mulheres são obrigadas a abortar legalmente contra sua vontade, fenômeno conhecido como ‘aborto por coerção’...".

"A legalização do aborto aumenta o problema, principalmente devido a uma maior permissividade, facilidade de acesso e incremento essencial das taxas de incidência do aborto eletivo", explicou.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Abortista falará livremente sobre aborto em centro de pastoral de Fortaleza!!!

Freira pró-aborto dá palestra na Arquidiocese de Fortaleza       


EDITADO EM 22/05/2017:  Aparentemente, a "palestra" de Fortaleza foi "suspensa" pelo arcebispo local. Mas não o "seminário", tão destruidor quanto a palestra dessa excomungada. Contudo, logrou palestrar em São Paulo, ontem dia 21 de maio, com o beneplácito do Arcebispo local: "O encontro, que tem por tema 'Teologia a partir do sagrado feminino', acontecerá no domingo, 21 de maio, na Casa de Oração do Povo de Rua, na capital paulista, e os organizadores afirmam que se insere 'na perspectiva da celebração do Ano Mariano'...". (Cf. aqui.) 


* * *

Ivone Gebara, a freira pro-aborto que se autodenomina ecofeminista, será a principal atração de evento que ocorrerá no Centro Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza - que se autodenomina "católico" - nos dias 10 e 11 de junho, em que irá palestrar no Seminário “O Conservadorismo cresce assustadoramente. O que fazer?”. O encontro terá o tema centrado no feminismo e nos direitos ao aborto, diante da ação de movimentos pró-vida no Brasil e no mundo. A realização é do Centro de Estudos Bíblicos do Ceará (CEBI) - uma mistura de protestantes e modernistas, um dos frutos do CVII. 

Católicos, às armas! Denunciem esse abuso que conta aparentemente com a conivência da Arquidiocese de Fortaleza, pois um evento como esse não é feito na surdina. Mas vamos dar o benefício da dúvida ao Arcebispo, vamos alertá-lo do que acontece embaixo de seu nariz. É nosso dever de cristãos!!! 

Aqui os contatos que achei: 

Arcebispo: Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques
Fone: (85) 4012-8150 – Fax: (85) 3219 1767
E-mail: arcebispo@arquidiocesedefortaleza.org.br

segunda-feira, 15 de maio de 2017

A homenagem do L'Osservatore Romano ao Gramsci

L'Osservatore Romano, órgão oficial de imprensa do Vaticano, publica, em sua edição de 27 de abril de 2017, uma homenagem ao comunista Antonio Gramsci, por ocasião do 80º aniversário de sua morte enfatizando que, para o comunista que ajudou a destruir as mentes de algumas gerações, "a religião é necessária"... 





A notícia em inglês: http://www.traditioninaction.org/RevolutionPhotos/A727-Gramsci.htm



CURIOSIDADES:

1. Até o momento de publicar esta notícia, a página do L'Osservatore Romano não abria: http://www.osservatoreromano.va/it/news/secondo-gramsci-la-religione-e-necessaria. Tentem vocês. Aqui o que há no cache: 



2. Em 14 de abril de 2012, o jornaleco vaticano publicava um artigo com este título: "Companheiro Gramsci? Que fique no cárcere". Contudo, este link também não abre. No cache, consegui apenas isto: 



3. Uma página italiana, chamada "Left - Sinistra Senza Inganni" (Left - Esquerda Sem Enganos - LOL) acusa o autor da homenagem, Franco Lo Piparo, de descontextualizar a frase atribuída ao comunistaço. Quem assina é Donatella Coccoli, o título: "Para Gramsci a religião é necessária: as falsidades do Vaticano". Aqui, em italiano: https://left.it/2017/05/07/per-gramsci-la-religione-e-necessaria-le-falsita-del-vaticano/. Nele, a autora vomita uma série de acusações contra a Igreja, fazendo de conta que não  sabe que ela foi tomada de assalto pelos cumpanheiros dela. Enfim, sobram mentiras nessa história tosca. 

Bom, o artigo é de abril. Não houve desmentidos a respeito. A grande mídia não fez alarde. Curioso.  

Fica o registro de como andam as coisas em Roma, para onde Fellay está indo saltitante, rumo à Prelatura vitalícia; e para onde também Williamson iria voando (textualmente) se o Francisco o chamasse. E eu ainda me lembro que alguém me contou que, por onde passava, o Mestre dos Magos mandava tirar as fotos do Bento XVI das paredes... Quanta confusão!!! Ainda bem que não ando com eles... 

 

Mês de Maria nas Missões

Um giro pelas Missões Cristo Rei no Mês de Maria: 





Ainda em Ipatinga, um gracioso vídeo: 





*   *   * 


E, por fim, Pouso Alegre - MG


  

Fellay, La Estampilla e a Prelatura

Lembram da entrevista que Fellay deu em janeiro? Releiam aqui. Antes, porém, quero compartilhar outra entrevista, de um ex-fsspx sugerindo que as intenções de Fellay com o acordo não são nada nobres. Vamos lá. 

1. Entrevista do Padre Guillame de Tanoüarn: interesses pessoais na prelatura

Reportamos estas declarações explosivas de um ex-confrade da FSSPX. Nnão temos atá o momento elementos para confirmar ou desmentir, mas, certamente, se confirmadas, estas indiscrições seriam desconcertantes. [RS] 
O jornal La Croix, na edição do dia 12 de maio passado, falando das remoções dos 7 superiores da FSSPX francesa, pergunta ao padre Guillame de Tanoüarn como vê a solução da prelatura pessoal que foi oferecida a Fellay. 
Guillame de Tanoüarn foi expulso da Fraternidade em 2004 por dissidências internas, que inclusive parecem ligadas aos acordos com Roma. 
Estas as suas declarações: "Vejo um interesse pessoal de parte dos superiores da Fraternidade, para alcançar tão rapidamente um acordo. O prelado suíço (mons. Fellay, ndr) chegará em 2018 ao fim de um segundo mandato de doze anos de outo" - continua o sacerdote "a sua política de abertura a Roma é em forte minoria" dentro da Fraternidade São Pio X, disse a AFP. "Não tem certeza que seria reeleito. Se ganhasse uma prelatura, estará na chefia por toda a vida. Trata-se de uma espécie de golpe de estado mascarado."

2. Dom Fellay: "Acordo precisa apenas do carimbo" 

Em entrevista ao programa Terres de Mission da TV francesa Libertes, Dom Fellay (Superior da Fraternidade Sacerdotal São Pio X) disse que o acordo com a Santa Sé necessita apenas ser carimbado [¡Hay que tener la estampilla!]. O novo Preâmbulo Doutrinal exige apenas a profissão do Credo Niceno-Constantinopolitano e exclui a aceitabilidade do Vaticano II como noticiaram vários portais de notícias a algum tempo atrás. [Corrigi alguns erros de português intoleráveis, quem escreve isso?] 
Assista a entrevista completa: 
Link: https://www.youtube.com/watch?v=wckvRsgz2II

Ou veja aqui:  




Tirem as suas próprias conclusões. 


ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA