Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Santo André, Apóstolo

30 de novembro 

Santo André

Apóstolo 


clique para ver mais imagens
Santo André nasceu em Bethsaida de Galilea e morreu em Patras (Grecia), por volta do ano 60 dC. 

Ao Apóstolo André cabe o título de "Primeiro chamado". E é comovente o fato de que, no Evangelho, tenha sido até anotada a hora (as quatro da tarde) de seu primeiro encontro e primeiro compromisso com Jesus. Depois, foi André comunicar a seu irmão Simão (Pedro) a descoberta do Messias e a conduzi-lo rapidamente até Ele. 


Sua presença é ressaltada de modo particular no episódio da multiplicação dos pães.  Sabemos também que foi a André que se dirigiram os gregos que queriam conhecer a Jesus, e ele os conduziu ao Divino Mestre. 

Sobre ele, não há outras notícias certas, ainda que nos séculos sucessivos vieram à luz os Atos que lhe dizem respeito, mas que tem pouca credibilidade. 

São Saturnino, Mártir

30 de novembro 

São Saturnino

Mártir  


São Saturnino nasceu em Cartago, África. Foi bispo de Toulouse e é um dos santos mais populares na França e na Espanha. É também considerado o padroeiro das corridas.  

Tudo o que se sabe sobre ele consta das atas de sua Passio, escritas entre os anos 439 e 450 dC. Por volta do ano 250, ele fixou residência na cidade de Toulouse. Nesse tempo, não havia ainda muitas comunidades cristãs, e os templos pagãos viviam repletos de pessoas que faziam sacrifícios aos deuses. Conta-se que ele caminhava todos os dias até uma pequena capela onde costumava fazer suas orações. Para chegar à capela, ele era obrigado a passar em frente ao Capitólio, o templo principal dos romanos, dedicado ao deus Júpiter, e a quem os pagãos ofereciam touros para obter respostas para os seus pedidos. Os sacerdotes do templo começaram a se irritar com aquela passagem diária, achando que a presença de Saturnino nas imediações do templo inibia e emudecia os deuses. Certo dia, instigado pelos sacerdotes, o povo cercou Saturnino e lhe impôs sacrificar um touro sobre o altar de Júpiter. O bispo negou-se a fazê-lo,  declarando que não tinha medo dos raios de Júpiter, simplesmente porque Júpiter não existia. 

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Procurando véu para a Missa? Veja aqui...

PROCURANDO UM VÉU PARA A SANTA MISSA? CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO...



 CLIQUE AQUI


Releia, ainda: 


*
*
*

São Pedro Alexandrino, Bispo e Mártir

26 de novembro 

São Pedro Alexandrino

Bispo e Mártir 


São Pedro Alexandrino ou de Alexandria, foi bispo de Alexandria do Egito e eram um homem dotado de todas as virtudes. 

Em 311 dC foi inesperadamente condenado à morte por ordem do imperador Maximiano, a última vítima e sigilo (selo) de uma cruel perseguição contra a Igreja. 

Fala dele o historiador Eusébio de Cesareia, que o descreve como excelente mestre da religião cristã, e também um grande bispo. 

Não se sabe nada sobre suas origens e sua procedência. Aparece pela primeira vez no panorama eclesial quando é chamado a suceder, em 300 dC, a São Teônio, na cátedra episcopal de Alexandria. Governou esta Igreja por cerca de doze anos. Depois dos primeiros três anos, teve que suportar a ferrenha perseguição de Diocleciano, que prosseguiu com os seus sucessores

Tornou-se célebre por seu constante empenho em ajudar aos irmãos cristão perseguidos. Como é de se esperar, nem todos permaneceram fiéis à Fé após as torturas. Coube a São Pedro, cuja jurisdição se estendia a todas as igrejas de Egito, de Tebas e da Líbia, redigir instruções para regular o tratamento dispensado aos que, mesmo tendo em um primeiro momento renegado a Fé cristã, desejavam reconciliar-se com a Igreja. 

SÃO SILVESTRE, ABADE

26 de novembro

São Silvestre
Abade



Silvestre Guzzolini nasceu numa família de nobres, na pequena Osimo, na Itália, em 1177. Os pais, Gislério e Branca, deram ao filho uma boa formação religiosa, não poupando os esforços para que Silvestre seguisse a carreira como jurista.

Estudou direito na Universidades de Bolonha. Mas decidiu abandonar o curso para estudar teologia em Pádua. Ordenou-se sacerdote em sua cidade natal, tornando-se, em seguida, cônego da catedral.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA

25 de novembro

Santa Catarina de Alexandria 

Virgem e Mártir 


 
Santa Catarina de Alexandria era uma virgem de grande beleza e inteligência, filha do governador de Alexandria, à época do imperador Maximiano. 

Catarina nasceu na cidade egípcia de Alexandria, em 287, e cresceu como uma pagã, mas em sua adolescência converteu-se ao Cristianismo.  

Diz-se que ela visitou seu contemporâneo, o imperador romano Maximiano, e tentou convencê-lo do erro moral na perseguição aos cristãos. Ela conseguiu converter a Imperatriz, esposa de Maximiano,e muitos pagãos que o Imperador enviou para disputar com ela. Cristã convicta, se recusou a casar com o próprio imperador, que queria se divorciar para desposá-la, pois, em visão, o próprio Jesus Cristo lhe havia dado um anel de casamento.  

terça-feira, 24 de novembro de 2015

São Crisógono, Mártir

24 de novembro

São Crisógono

Mártir


Michele Giambono - 1450
São Crisógono a cavalo
Igreja de São Trovaso - Veneza

 
São Crisógono era um oficial romano convertido ao Cristianismo e que, por sua vez, converteu vários outros a sua Fé. Ele é tido como amigo de Santa Anastácia de Sirmium, de quem foi guia na Fé cristã. Santa Anastácia diz que o sucesso de Crisógono como missionário fez com que as autoridades o prendessem e o deixaram por meses em péssimas condições. Crisógono foi enfim martirizado por não renegar a sua Fé e finalmente decapitado, durante as perseguições do Imperador Diocleciano. Seu corpo foi atirado ao mar, mas recuperado por um cristão chamado Zoilus 

SÃO JOÃO DA CRUZ

24 de novembro

São João da Cruz

Confessor e Doutor 
Doctor Mysticus (Doutor Místico)
 
 

São João da Cruz, O.C.D. (em espanhol: Juan de la Cruz) foi um místico, sacerdote e frade carmelita espanhol.  

São João da Cruz nasceu Juan de Yepes y Álvarez, por volta de 1540, em uma família de conversos (descendentes de muçulmanos ou judeus convertidos ao Cristianismo) em Fontiveros, perto de Ávila, em Castela a Velha, Espanha, e foi um dos mais importantes expoentes da Contrarreforma.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Santa Felicidade de Roma

23 de novembro 

Santa Felicidade de Roma 

Mártir 
 
Clique aqui para ir à GALERIA DE IMAGENS

A tradição conta que Felicidade era uma rica viúva que foi acusada de ser cristã pelos sacerdotes pagãos junto ao Imperador Antonino. Ficou encarregado do julgamento o Prefeito de Roma, Públio.  

23 de novembro: São Clemente I, Papa e Mártir

23 de novembro 

São Clemente I 

Papa e Mártir


São Clemente I, também conhecido como Clemente Romano, foi o quarto Papa da Igreja Católica, entre 88 e 97 dC. Nascido em Roma, nos arredores do Coliseu, por volta do ano 35dC, de família hebraica, foi um dos primeiros a receber o batismo de São Pedro, que também o sagrou Bispo. Foi sucessor de Anacleto I (ou Cleto) e autor da Epístola de Clemente aos Coríntios (segundo Clemente de Alexandria e Orígenes), o primeiro documento de literatura cristã, endereçada à Igreja de Corinto. Ele foi o primeiro Padre da Igreja
Padres da Igreja, Santos Padres ou Pais da Igreja foram influentes teólogos, professores e mestres cristãos e importantes bispos. Seus trabalhos acadêmicos foram utilizados como precedentes doutrinários para séculos vindouros. Os padres da Igreja são classificados entre o século II e VII. O estudo dos escritos dos Padres da Igreja é denominado Patrística.

domingo, 22 de novembro de 2015

Santa Cecília

22 de novembro

Santa Cecília

Virgem e Mártir 


Santa CecíliaGuido Reni


Santa Cecília nasceu provavelmente no ano 150, em Roma. Era filha de um senador romano, da nobre família dos Metelos. Era cristã, e desde pequena fez voto de castidade para viver o amor de Deus e de Cristo. Como cristã, numa época tão antiga, e em Roma, ela certamente herdou a Fé dos discípulos de São Paulo, que levou a Fé até Roma, e de São Pedro, o primeiro Papa. Cecília herdou a Fé desses santos homens e de tantos outros que foram martirizados exatamente em Roma. O Cristianismo que Cecília recebeu em sua formação, era o Cristianismo dos mártires, dos heróis da Fé. Cecília foi cristã numa Igreja perseguida, numa Igreja que ainda era minoritária, porém, cheia de profunda fé, esperança e coragem.

sábado, 21 de novembro de 2015

Nossa Senhora da Saúde

21 de novembro 

Festa de Nossa Senhora da Saúde 



Nossa Senhora da Saúde é um dos muitos títulos pelos quais a Igreja Católica venera a Virgem Maria, sendo sob essa designação particularmente cultuada em Portugal. 

Tradicionalmente invocada pelos doentes (como afirma o Padre António Vieira no seu Sermão do Nascimento da Mãe de Deus: "Perguntai aos enfermos para que nasce esta celestial Menina, dir-vos-ão que nasce para Senhora da Saúde [...]"), tornou-se particularmente cultuada a partir dos finais do século XVI, sendo-lhe atribuída a intervenção miraculosa que levou ao fim de vários surtos de peste ocorridos em Portugal. Em Sua honra, nas povoações libertas do flagelo, foram-lhe erigidas igrejas ou dedicadas velhas capelas preexistentes.

Assim, o primeiro surto, ocorrido em Lisboa no reinado de D. Sebastião, em 1568, atingiu o seu ponto máximo no verão do ano seguinte; ante a elevada mortandade - que levou o rei a pedir ao tio, Filipe II de Espanha, que enviasse médicos para Portugal, para auxiliar no combate à doença - a população da capital começou a organizar procissões em honra da Virgem, para que por sua intercessão pudesse cessar a peste. Tendo a mortalidade decrescido até ao começo da primavera seguinte, o povo agradecido passou a celebrar anualmente uma procissão em honra de Maria, sob a invocação de Nossa Senhora da Saúde, no 1.º Domingo de Maio, salvo raras exceções. A imagem protetora foi depositada na Igreja do Colégio de Jesus, tendo mais tarde sido transferida, em 1662, para a pequena Capela de Nossa Senhora da Saúde e de São Sebastião da Mouraria, na freguesia de Santa Justa, próxima ao Rossio. A sua procissão é amplamente concorrida todos os anos.

Festa da Apresentação de Nossa Senhora

21 de novembro 

Festa da Apresentação de Nossa Senhora




Releia o que já foi publicado a respeito da Festa no Pale Ideas 
  1. http://farfalline.blogspot.com/2013/11/apresentacao-de-maria-santissima.html 
  2. http://farfalline.blogspot.com.br/2014/11/apresentacao-de-maria-santissima.html 

    

É possível que, ao enviar este post por e-mail, o botão de doação acima não funcione. Nesse caso, envie um email para edicoes.cristo.rei@gmail.com, ou diretamente para o Rev. Pe. Cardozo: runaejcv@gmail.com.

Para assinar o PALE IDEAS, informe abaixo o seu e-mail e clique em Assine. Em breve receberá um email de confirmação. Basta clicar no link e... pronto!   Informe seu e-mail: Delivered by FeedBurner  Assim, não perderá nenhuma das postagens do Pale Ideas!
_

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

São Félix de Valois

20 de novembro 

São Félix de Valois 

Confessor
Co-fundador da Ordem da Santíssima Trindade e dos Cativos

Nasceu em Amiens, França, em 1127 e morreu em 1212, sendo o seu culto aprovado pelo Papa Alexandre VII em 1666. Foi co-fundador da Ordem da Santíssima Trindade (os Frades Trinitários) para o Resgate dos Cativos das mãos dos muçulmanos.

No começo do século XII, o distrito de Somme e Aisle na França era governado pelo Conde Raul de Vermandois e de Valois, príncipe da Casa dos Capet  e Carlos Magno. Sua esposa Alienor de Champagne era também da casa de Carlos Magno. Em 19 de abril de 1127 ela deu à luz  um filho, que foi batizado com o nome de Hugo, em homenagem ao seu avô, o filho de Henry I, Rei da França.

O jovem Hugo foi enviado para a Abadia de Clairvaux para ser educado. Com 20 anos, ele saiu numa cruzada, mais foi incógnito para não ser tratado de modo diferente. Três anos mais tarde, ele retornou, viajou pela Itália e foi ser um eremita no norte da Itália ou perto de Clermont d’Oise. Para evitar ser reconhecido ele mudou o nome para Félix e se tornou um sacerdote.

Em 1193, ele estava vivendo em extrema solidão perto de Montigny quando recebeu a visita de São João da Matha que, tendo-se diplomado na Universidade de Paris, tornou-se sacerdote, celebrando sua primeira missa em 28 de janeiro de 1193. Eles se tornaram amigos, formando uma pequena comunidade junto com outros discípulos.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

O ideal da Cavalaria em ação nas Cruzadas

O ideal da Cavalaria em ação nas Cruzadas



O bispo Adhemar de Monteil leva a Santa Lança
na vitória libertadora de Antioquia
Nascida da união de dois anelos aparentemente contraditórios — a caridade cristã e a força do guerreiro — a Cavalaria deixou na História um sulco prateado que ninguém conseguiu apagar.

Num mundo que surgia das ruínas do paganismo romano, lançou um raio de beleza ideal e criou condições para a maior epopeia que os séculos viram: as Cruzadas.

O cavaleiro nasceu na Igreja Católica e formou-se na sagrada doutrina do Mestre da Galileia, que ele aprendeu a admirar nos coloridos vitrais e nas serenas imagens das catedrais medievais. Em sua alma trazia impressa a aprazível, bondosa e suave imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo.

19 de novembro: São Ponciano, Papa e Mártir

19 de Novembro 

São Ponciano

Papa e Mártir

Pontificado 230 - c.235

 

São Ponciano, era natural de Roma. Seu predecessor,  Santo Urbano I,  havia sofrido constantes perseguições, movidas pelo prefeito de Roma, sob o império de Alexandre Severo. Apesar de o imperador apresentar certa compassividade com os cristãos,  a guerra era fomentada pelos  principais  inimigos da Igreja, ou seja,  pagãos idólatras e muitos  magistrados que eram inimigos terríveis do Cristianismo. Foi por esta influência  que uma grande  quantidade de fiéis tombou morta, inclusive,  o próprio Santo Urbano.

Subindo São Ponciano ao trono pontifício,  o imperador Alexandre Severo garantiu certa paz  aos cristãos. Esta paz perdurou durante os cinco anos de seu pontificado. Sucede que  Alexandre veio a ser assassinado no mês de maio de  235, tendo sido sucedido por Maximiano. Logo que assumiu o trono imperial,  o novo governador, movido de fúria,  atacou impetuosamente os cristãos, movendo-lhe cruel perseguição.  Um dos  seus  primeiros atos foi a deportação do Papa  para a Sardenha, juntamente com o presbítero Hipólito, onde sofreram duras humilhações e açoites.

A Igreja  conferiu a  São Ponciano o título de mártir.  É certo  que seu corpo foi encontrado no cemitério de Calixto decapitado,  mas não há registros  precisos sobre as circunstâncias da sua morte.   

Santa Isabel de Hungria, Rainha e Viúva

19 DE NOVEMBRO

Santa Isabel de Hungria

Rainha e Viúva

 

In oppido Marpurgi, in Germania, depositio sanctae Elisabeth Viduae, Regis Hungarorum Andreae filiae, ex tertio Ordine sancti Francisci, quae, pietatis operibus assidue intenta, miraculis clara migravit ad Dominum.  (Martirologio Romano, 1856, Novembro, pag. 23.)


Era filha de André II, rei da Hungria, e nasceu no ano 1207. Ainda muito jovem foi dada em matrimônio a Luís IV, landgrave da Turíngia, e teve três filhos. Dedicou-se a uma vida de intensa meditação das realidades celestes e de caridade para com o próximo. Depois da morte de seu marido, renunciou aos seus títulos e bens e construiu um hospital onde ela mesma servia os enfermos. Morreu em Marburgo no ano 1231.

Da Carta do Conrado de Marburgo, director espiritual de Santa Isabel ao Sumo Pontífice, no ano 1232; A. Wyss, Hessisches Urkundenbuch I, Leipzig 1879, 31-35:

Isabel começou muito cedo a distinguir-se na virtude. Em toda a sua vida, foi consoladora dos pobres; a dada altura, dedicou-se inteiramente aos famintos e, junto de um castelo seu, mandou construir um hospital, onde recolhia muitos enfermos e estropiados. Distribuía largamente os dons da sua beneficência, não só a quantos ali acorriam a pedir esmola, mas em todos os territórios da jurisdição de seu marido, chegando ao ponto de gastar nessas obras de assistência todas as rendas provenientes dos quatro principados e vendendo, por fim, para utilidade dos pobres, todos os objetos de valor e vestes preciosas. Costumava visitar duas vezes por dia, de manhã e à tarde, todos os seus doentes, ocupando se pessoalmente dos que apresentavam aspecto mais repugnante. Dava de comer a uns, deitava outros na cama, transportava outros aos ombros e dedicava se a todo o gênero de serviço humanitário. Em todas estas coisas, nunca ela encontrou má vontade em seu marido de grata memória.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Declaração da Pontifícia Comissão ‘Ecclesia Dei’.

OPERAÇÃO MEMÓRIA. Outubro 2012. O que dizia a Igreja visível (apóstata) sobre os "colóquios" com Fellay de Menzingen. Para refrescar a memória.

Declaração da Pontifícia Comissão ‘Ecclesia Dei’.



A Pontifícia Comissão "Ecclesia Dei" aproveita esta ocasião para anunciar que, em seu mais recente comunicado oficial (6 de setembro de 2012), a Fraternidade Sacerdotal São Pio X indicou que necessita de um prazo adicional para refletir e estudar a sua resposta às últimas iniciativas da Santa Sé.

O estágio atual das discussões em curso entre a Santa Sé e a Fraternidade Sacerdotal segue três anos de diálogos doutrinais e teológicos durante o qual uma comissão conjunta se reuniu oito vezes para estudar e discutir, entre outros assuntos, algumas questões disputadas na interpretação de determinados documentos do Concílio Vaticano II. Uma vez que esses diálogos doutrinais foram concluídos, tornou-se possível prosseguir para uma fase de discussão mais diretamente concentrada na reconciliação grandemente desejada da Fraternidade Sacerdotal São Pio X com a Sé de Pedro.

Outros passos cruciais nesse processo positivo de reintegração gradual já foram dados pela Santa Sé em 2007 com a extensão da Forma Extraordinária do Rito Romano para a Igreja Universal [então, antes disso, a "forma extaordinária" não era v=alida para toda a Igreja... ou seja, em algum momento a Santa Missa Tridentina foi realmente proibida, eliminada, suprimida"] através do Motu Proprio Summorum Pontificum e, em 2009, com o levantamento das excomunhões. Há apenas alguns meses um ponto culminante ao longo deste difícil caminho foi alcançado quando, em 13 de junho de 2012, a Pontifícia Comissão apresentou à Fraternidade Sacerdotal São Pio X uma declaração doutrinal juntamente com uma proposta para a normalização canônica de seu status dentro da Igreja Católica [ou... ACORDO].

Atualmente, a Santa Sé está aguardando a resposta oficial dos superiores da Fraternidade Sacerdotal a esses dois documentos. Após trinta anos de separação [os cismáticos reconhecem o cisma!], compreende-se que é preciso tempo para absorver o significado desses acontecimentos recentes. Como nosso Santo Padre Bento XVI busca fomentar e preservar a unidade da Igreja ao realizar a tão esperada reconciliação da Fraternidade Sacerdotal São Pio X com a Sé de Pedro – uma manifestação dramática do munus Petrinum em ação – necessitamos de paciência, serenidade, perseverança e confiança.

O que diz o Alcorão sobre os cristãos

O que diz o Alcorão sobre os cristãos 

.
Em numerosos versículos, o Corão (ou Alcorão) fulmina os que acreditam na Santíssima Trindade e na divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo como “ímpios”, “idólatras” e “blasfemos” que devem ser reduzidos a um estado de humilhação – a dhimma – ou exterminados. Senão, vejamos:
“Sim, aqueles que dizem: ‘Deus é o terceiro de três’ são ímpios (...) Se não renunciarem ao que dizem, um terrível castigo cairá sobre eles” (V, 73);

“Sim, aqueles que dizem ‘Deus é o Messias, filho de Maria’, são ímpios” (V, 72);

“Combatei contra aqueles que não acreditam em Alá, que julgam lícito aquilo que Alá e seu profeta declararam ilícito, assim como contra aqueles dos povos do Livro, que não praticam a religião verdadeira, até que paguem o tributo, humilhados e com suas próprias mãos” (IX, 29);

“Combatei-os (...) até que não exista outra religião senão a de Alá” (VIII, 39);

“Fazei-os prisioneiros! Sitiai-os! Armai emboscadas contra eles!” (IX, 5);

“Nenhum profeta pôde fazer prisioneiros sem antes ter praticado massacres na terra” (VIII, 67);

“Não afrouxeis e não pedi a paz enquanto sejais os mais fortes” (XLVII, 35).


João Paulo II beijando o livro que condena os cristãos,

Os povos do Livro!

Se alguém é muçulmano é nisso que crê. Este é o seu credo. Portanto, não há vários tipos de muçulmanos. Por mais frouxo que seja em relação à Fé (e isso não existe no Islã), o Alcorão é o credo e a vida de um muçulmano. A outra opção é a morte, uma vez que o muçulmano que trai a fé não é meramente excomungado ou expulso, mas executado. Seu carrasco pode ser um estranho, mas pode ser também seu pai, sua mãe, seu irmão. 

O que acontece hoje na Europa é a retomada da política expansionista do Islã interrompida pela gloriosa Santa Liga e pela pessoal intervenção e interferência da Generalíssima dos exercítos, Nossa Senhora, a Mãe de Deus. A Maria que o Alcorão menciona.   

Sem uma Santa Liga, porque não há mais monarcas católicos, nem um Santo Padre CATÓLICO para conclamar os povos ao combate, junto à política de tolerância e respeito à diversidade religiosa que o homem moderno adotou, só nos resta rezar para que Nossa Senhora de Lepanto intervenha de novo em favor do povo cristão.  


 

Dedicação da Basílica de S. Pedro e S. Paulo

18 de novembro 

Dedicação da Basílica de S. Pedro e S. Paulo 

  

Depois de celebrar no dia 05 de Agosto a Dedicação de Santa Maria Maior, e no dia 29 de Setembro, a Dedicação de São Miguel, a 09 de Novembro a de São João do Latrão e finalmente no final do ano litúrgico, todas as catedrais e dioceses comemoram a dedicação das Basílicas de São Pedro e São Paulo. Todos estes aniversários ocorrem no tempo depois de pentecostes, período em que damos mais atenção ao refletir sobre a Igreja, dos quais estes templos são imagens vivas. A Basílica Vaticana de São Pedro e São Paulo fora dos muros cede importância apenas a de São João do Latrão.


BASÍLICA DE SÃO PEDRO 


Segundo a Tradição, o martírio de São Pedro teve lugar nos jardins de Nero, no Vaticano, onde se construiu o Circo de Calígula, e se afirma que foi sepultado perto daí. Alguns autores sustentam que, no ano 258, transladaram temporalmente as relíquias de São Pedro e São Paulo a uma catacumba pouco conhecida chamada de São Sebastião, a fim de evitar uma profanação, mas, anos depois, as relíquias foram transladadas ao lugar em que se achavam antes.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

FRANCISCO: Intercomunhão com os Luteranos? Cada um decide por si!

Publico, a pedido, a tradução que fiz de um artigo do italiano Sandro Magister a respeito da visita que Francisco fez à Igreja Evangélica e Luterana de Roma, a mesma  Christuskirche de rua Sicília onde já estiveram João Paulo II (1983) e Bento XVI (2010). Quem o recebeu foi o pastor luterano Jens-Martin Kruse.  

Vários jornais online e sites/blogs publicaram a matéria e até as respostas dele a três perguntas que lhe foram feitas. Como veremos, perdeu a oportunidade de ser... Papa. Em seu artigo, Magister se limita a uma pergunta. 

Mas até quando responde candidamente a um menino de 9 anos, que lhe pergunta o que mais ele gosta em ser papa, Francisco dispara bergogliadas: “Se um Papa não faz o bispo, se um Papa não faz o parroco, não faz o pastor [espero que de almas, e não protestante!], poderá até ser uma pessoa muito inteligente, muito importante, terá mesmo muita influência na sociedade, mas eu penso – penso! – que no coração não é feliz” (Cf. http://www.toscanaoggi.it/Vita-Chiesa/Papa-Francesco-visita-a-Chiesa-luterana-Roma-Mi-piace-fare-il-Papa-con-lo-stile-del-parroco). Ou seja, ser Papa é ser muito inteligente, muito importante, é ter muita influência na sociedade. E... o mais importante é ser feliz! Sic.

Francisco fala ainda (cf. mesmo link): “Mas nós, luteranos e católicos, de que lado estamos, a direta ou a esquerda? [refere-se aqui a escolher um lado, como Jesus fez e ensinou] Tivemos tempos feios entre nós... Pensai às perseguições... entre nós! Com o mesmo Batismo! Pensai a tantas pessoas queimadas vivas. Devemos nos pedir mutuamente perdão disto, do escândalo da divisão [e quem o promoveu e ainda o promove esse escândalo?] porque todos, luteranos e católicos estamos nessa escolha, não em outras escolhas, nesta escolha, a escolha dos serviço como Ele nos indicou em sendo servo, o servo do Senhor [no meu Catecismo diz que Cristo é Deus e Filho de Deus, não servo de Deus]
, perguntou o Papa. “Me agrada, por encerrar, quando vejo o Senhor servo que serve, me agrada pedir-Lhe que Ele seja o servo da unidade, que nos ajude a caminhar juntos [veja bem, não diz “a sermos um só rebanho, católico”] – afirmou o Pontífice –. Hoje rezamos juntos [sic!]. Rezar juntos, trabalhar juntos pelos pobres, pelos necessitados; amar-nos juntos, com verdadeiro amor de irmãos [meu irmão é filho de Meu Pai – a SS Trindade – e minha Mãe – a Santa Romana Igreja; não há irmãos bastardos nesse assunto, porque ambos, Pai e Mãe, são santos e não podem pecar, gerando filhos bastardos!]. E a quem pudesse objetar: Mas, pai, somos diversos porque os nossos livros dogmáticos dizem uma coisa e os vossos dizem outra”, o Santo Padre respondeu: “Mas um grande entre vós (expoente) disse uma vez que existe o momento da diversidade reconciliada no Senhor, isto é, no Servo de Jahveh, daquele Deus que veio entre nós para servir e não para ser servido” (Cf. http://www.toscanaoggi.it/Vita-Chiesa/Papa-Francesco-visita-a-Chiesa-luterana-Roma-Mi-piace-fare-il-Papa-con-lo-stile-del-parroco). Querem mais, a seguir tem mais, ou leiam no site de notícias do Vaticano: http://www.news.va/pt/news/285437 (em italiano), ou no próprio site do Vaticano: http://press.vatican.va/content/salastampa/pt/bollettino/pubblico/2015/11/15/0888/01982.html (em italiano e alemão).  


À leitura. Embora às vezes me questione se, em tempos de Index, esses discursos bergoglianos poderiam ser publicados. 
 
_________________________ 


SIM, NÃO, VOCÊS DECIDEM. AS DIRETRIZES DE FRANCISCO PARA A INTERCOMUNHÃO COM OS LUTERANOS


"Chegou a hora da diversidade reconciliada", disse papa Francisco na Christuskirche luterana de Roma à qual foi em visita [no dia 15/11/2015].

Uma reconciliação que para ele se substancia nas obras de caridade, sem insistir demais nas diversidades dogmáticas e de “doutrina”: uma palavra, ele disse, muito “difícil de compreender”.

Jorge Mario Bergoglio falou de improviso, deixando de lado a homilia escrita que fora preparada. E, naturalmente, respondeu de improviso também às perguntas que lhe foram feitas pelos presentes.

Uma delas tocou a questão da intercomunhão, isto é a possibilidade ou não de participar à mesma comunhão eucarística entre cristãos de diferentes confissões. Intercomunhão que a Igreja católica admite – sob determinadas condições – com as Igrejas ortodoxas, mas não com as protestantes, por causa da concepção demasiado diferente que estas têm da presença de Jesus na Eucaristia (cfr. Catecismo da Igreja Católica [pós-conciliar], n. 1400).

Pelo frutos... pela arquitetura... pela boca ou pela mídia... morre o peixe!




Estava pesquisando notícias para aqueles posts sobre a nova "capela" espanhola da Neofrat (aqui e aqui) e encontrei um artigo de 2011 que relata que, em 22 de outubro daquele ano, o padre Loschi (neofrat) assistiu, "in cotta e stola" a uma motumissa (as missas juramentadas do motu proprio Summorum Pontificum, que "liberalizou" a missa em latim, contanto que siga o missal reformado e se contente em ser de "rito extraordinário", um reconhecimento formal à missa do rito ordinário: a ordinária missa protestantizada do CVII, a Novus Ordo Missae, a Missa de Paulo VI) junto com o cardeal Caffarra na cidade de Bologna:
El pasado sábado 22 de octubre, se ofició la Santa Misa en la Forma Extraordinaria con ocasión, por tercer año consecutivo, de la peregrinación tradicional que se realiza en Bolonia (Emilia Romagna, Italia) al Santuario de la Virgen de San Lucas. Organizaron el servicio litúrgico los amigos del Cenáculo de la Santísima Trinidad de Rímini, al cual asistieron el arzobispo de Bolonia, Carlo S.R.E. Card. Caffarra, y también el P. Fabrizio Loschi, FSSPX. Fuente.

Aqui a pagina: http://catholicvs.blogspot.com.br/2011/10/imagenes-de-la-liturgia-tradicional-en.html.

Interessante que foi em 2011. Não escondiam mais as confraternizações... como tem coragem de negar o acordo? Pelo frutos os conhecereis...


Releia:
  1. http://farfalline.blogspot.com/2015/11/editorial-quem-ama-o-feio-bonito-lhe-parece.html 
  2. http://farfalline.blogspot.com/2015/11/nova-igreja-da-neofrat-em-madrid.html.

São Gregório Taumaturgo

17 de novembro

São Gregório Taumaturgo

Bispo e Confessor


São Gregório de Neocesareia, também conhecido como Gregório Taumaturgo ou Gregório, o fazedor de milagres (ca. 213 — ca. 270 DC) nasceu em uma proeminente família de pagãos de Neocesareia, atual Niksar, a capital da província romana de Ponto, na Ásia Menor (atual Turquia) por volta de 213 dC, onde o Cristianismo era quase totalmente desconhecido. Mesmo assim, ainda muito cedo, abraçou a Fé cristã. Seus pais o educaram nas melhores escolas de Atenas, Alexandria e Beirute.   

Ele e seu irmão passaram muitos anos sob a educação de Orígenes, mas puderam discernir claramente alguns erros nos ensinamentos de Orígenes acerca dos mistérios de Deus. Recusando muitas ofertas de cargos e posições seculares, Gregório se retira para viver na ascese. O Arcebispo de Amesia, conhecedor de sua habilidade e santidade, o consagra aos 30 anos, apesar de sua resistência, a Bispo de Neocesareia.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

POLÍTICA INTERNA: Cresce teor ideológico nas manifestações

Um pouco de política interna. O avanço do conservadorismos e do CRISTIANISMO no Brasil. 

Cresce teor ideológico nas manifestações
 
Em particular a oposição ao socialismo e ao comunismo, aliada ao desejo de um País e de um mundo mais cristãos.

Gregorio Vivanco Lopes  
 
     Em agosto de 2013, grande surpresa sobreveio nas manifestações então havidas no Brasil.

Snowden revela que Israel criou o Estado Islâmico ISIS para criar um 'inimigo'

Snowden revela que Israel criou o Estado Islâmico ISIS para criar um 'inimigo'


Diario Liberdade
Gage Skidmore 


Estados Unidos - Sott.net - Grande polêmica estão causando as novas declarações de Edward Snowden, ex-funcionário da Agência de Inteligência do Governo dos Estados Unidos, NSA (siglas em inglês), quem acaba de revelar que os serviços de inteligência de EEUU, Reino Unido e Israel colaboraram juntos, através da Mossad (Agência de segurança de Israel), na criação do Estado Islâmico do Iraque e o Levante (EIIL ou também conhecido como ISIS). Foi a Mossad quem formou uma organização terrorista que pretendia unir a todos os grupos extremistas do mundo a um sítio, usando a estratégia denominada “o ninho da vespa”.

Para que criar estas organização terrorista?

Quo vadis, Fellay?

Enquanto a Igreja de Francisco segue em frente, rumo à completa transformação EXTERNA - sim, porque APÓSTATA já o é! - Fellay continua buscando a "plena comunhão" com ela. Se não com um acordo assinadinho, preto no branco, com firma reconhecida em cartório, pelo menos com AÇÕES & PALAVRAS. Esqueceu-se, ele, que o CVII foi um CISMA, e cismáticos são os interlocutores dos inusitados e indevidos "colóquios doutrinários", mais ou menos secretos 

Que ele tenha enlouquecido (na melhor das hipóteses) é uma coisa, mas... e todos os demais filhos de Mons. Lefebvre, muitos dos quais ordenados por ele mesmo? Deixaram de fazer uso da razão em nome de um obedientismo escandaloso e nefasto, uma vez que essa aventura de Fellay põe em risco a alma deles.
  
Nossa Senhora Auxiliadora, rogai por nós. 

Santa Gertrudes

16 de Novembro

Santa Gertrudes, a Grande 

http://farfalline.blogspot.com.br/2013/11/santa-gertrudes-grande.html
CLIQUE PARA LER A VIDA DE SANTA GERTRUDES


  
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

domingo, 15 de novembro de 2015

A Igreja Sinodal toma forma, sai das cloacas e ganha o mundo...

A Igreja Sinodal toma forma, sai das cloacas e ganha o mundo...


“As magnificências da natureza e da arte, bem utilizadas
pelo homem temperante, constituem meios de elevá-lo a Deus”
 
Costumo ler alguns sites/blogs de assunto variados e, obviamente, não religiosos, e me deparei, hoje, com uma notícia que ajuda a compreender melhor este puzzle que é a Igreja visível: a "reforma" está indo em frente!

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA