Pesquisar este blog

Novidades!!!

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

OS BONS NÃO DEIXAM A IGREJA: Saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos!

OS BONS NÃO DEIXAM A IGREJA: Saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos!




Não acreditem que os bons possam deixar a Igreja: não é o trigo que o vento carrega; o furacão não arranca as árvores que têm sólidas raízes.  

Ao contrário são as palhas vazias que a tormenta agita, são as árvores vacilantes que a força dos turbilhões abate.  


Contra esses, o Apóstolo São João manifesta a sua repulsa, dizendo: 
"Saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, sem dúvida teriam ficado conosco" (1Jo 2,19).   

A origem de onde nasceram, frequentemente, e continuam nascendo as heresias é a seguinte: há mentes perversas e sem paz, que, discordando em sua perfídia, não podem suportar a unidade.  

O Senhor, por seu lado, respeita a liberdade do arbítrio humano, permite e tolera que isto aconteça, a fim de que o crisol da verdade purifique os nossos corações e as nossas mentes, e, na provação, resplandeça com luz inequívoca a integridade da Fé.  

O Espírito Santo nos previne, por meio do Apóstolo: 
"Convém que haja heresias para que entre vós se tornem manifestos os que resistem à prova" (1Cor 11,19).  

Assim, aqui mesmo, antes do dia do juízo, são divididas as almas dos justos e dos perversos, e as palhas (joio) são separadas do trigo.

Cipriano de Cartago - bispo e mártir - 258 d.C.

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA