Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

EXISTE UMA CRISE NA IGREJA?

Recebi da Missão São José, de Santo André (SP) e publico. Cuidado, contudo, ao ler e avaliar as "Constatações dos últimos papas", porque estes vendem a ideia de que o Concílio era bom, mas foi mal interpretado ou mal executado, colocando-o, assim, formalmente, em continuidade com a Tradição da Igreja, e jogando a culpa a uns e outros "criativos" que desvirtuaram o CVII (sic!). Mas nós sabemos muito bem que não foi nada disso! Sabemos que o Concílio criou uma nova Igreja, uma nova Fé, uma nova liturgia. O Concílio Vaticano II foi a revolução dentro da Igreja, em palavras claras: foi o último CISMA da Igreja. Há duas Igrejas: uma verdadeira e uma falsa; uma não visível e uma visível; a Roma Eterna e a Roma Apóstata. Portanto, soam estranhas e hipócritas as palavras desses papas. E me fazem perguntar porque fizeram tais declarações... No mais, há boas considerações no restante do texto, que servem de reflexão para todos católico que busca a Verdade. Vamos ao texto!  
 

EXISTE UMA CRISE NA IGREJA?


Constatações dos últimos papas

“Quero abrir as janelas da Igreja para que possamos olhar para fora, e para que as pessoas possam olhar para dentro, abrir as janelas da igreja e receber um ar puro”  
- Papa João XXIII - Por ocasião da abertura do Concílio Vaticano II.

“...na Igreja também está reinando uma situação de incerteza. Tem-se a sensação que, por alguma abertura, tenha entrado a fumaça de Satanás no Templo de Deus.”  

- Papa Paulo VI - 30/6/1968 - Osservatore Romano (OR).

“A Igreja está passando por uma hora inquieta de autocrítica, que melhor se chamaria de autodestruição, como um transtorno agudo e completo, que ninguém teria esperado após o concílio. A Igreja parece suicidar-se, matar-se a si mesma”  

- Papa Paulo VI - 07/12/1972 – OR.

“(…) a divisão e a desagregação que infelizmente entrou em não poucos setores da Igreja”  

- Papa Paulo VI - 30/08/1973 – OR.

“A abertura ao mundo foi uma verdadeira invasão do pensamento mundano dentro da Igreja. Talvez nós fomos por demais fracos e imprudentes  

- Papa Paulo VI - 23/11/1973 – OR.

“Esperava-se que depois do concílio haveria um período resplandecente de sol para a história da Igreja. Pelo contrário, veio um sopro de nuvens, de tempestades e de trevas!”  

- Papa Paulo VI - 18/07/1975 – OR.

“Neste momento, existe um abalo gravíssimo em questão de fé. Quando o filho do homem voltar, porventura ainda encontrará fé sobre a Terra? (Cf. Lucas 18,8) Está acontecendo que se publicam livros onde a fé é amesquinhada em pontos importantes. E o episcopado cala-se, e não acha nada de estranho nestes livros. Isto é estranho para mim”  

- Papa Paulo VI - Em entrevista ao filósofo francês, seu amigo, Jean Guitton - 08/09/1977.

“Neste momento, há na Igreja uma grande inquietação. O que está em questão é a fé! O que me perturba, quando considero o mundo católico, é que, dentro do Catolicismo, algumas vezes, parece predominar um pensamento não católico; pode acontecer que este pensamento não católico, dentro do Catolicismo, amanhã seja a força maior na Igreja, mas nunca será a Igreja”  

- Papa Paulo VI - Em entrevista ao filósofo francês, seu amigo, Jean Guitton - 08/09/1977.

“É necessário admitir, com realismo e sensibilidade dolorosa e profunda, que hoje uma grande maioria dos cristãos sente-se desnorteada, confusa, perplexa e desiludida. A mãos cheias estão sendo espalhadas ideias contrárias às Verdades reveladas [Dogmas], e ensinadas desde sempre. Estão sendo espalhadas heresias verdadeiras contra o Credo e a moral, provocando confusão e revoltas. Vai se solapando a liturgia, afundando num relativismo intelectual e moral, na permissividade; caindo na tentação do ateísmo, agnosticismo, iluminismo, de uma moral indeterminada, de um cristianismo sociológico, sem dogmas definidos e moral objetiva” 

- Papa João Paulo II - 07/02/1981 – OR.

"Os resultados que se seguiram ao Concílio parecem cruelmente opostos às expectativas de todos, a começar do papa João XXIII e depois de Paulo VI [...] Os Papas e os Padres conciliares esperavam uma nova unidade católica e, pelo contrário, se caminhou para uma dissensão que — para usar as palavras de Paulo VI — pareceu passar da autocrítica à auto-demolição. Esperava-se um novo entusiasmo e, em lugar dele, acabou-se com demasiada frequência no tédio e no desânimo. Esperava-se um salto para a frente e, em vez disso, encontramo-nos ante um processo de decadência progressiva” 

Papa Bento XVI quando ainda era Cardeal Ratzinger "A coloquio con il cardinale Ratzinger", Rapporto sulla fede, Edizioni Paoline, Milano, 1985, pp. 27-28, entrevistado por Vittorio Messori.

“Os elementos fundamentais da fé, que no passado toda criança sabia, são cada vez menos conhecidos.”  

- Papa Bento XVI – Alocução da Quinta Feira Santa de 05/04/2012.

Profecias


“Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.”  

in II TIMÓTEO 4, 3-4

“40 anos antes do ano 2000, o demônio será deixado solto, por um tempo. Um sinal dos eventos que marcarão o fim dos tempos será: os sacerdotes deixarão de usar hábito santo e se vestirão como pessoas comuns; as mulheres se vestirão como os homens e os homens como as mulheres”.  

Revelações de Nosso Senhor a Santa Brígida.

“…Esta é a hora de Satanás, que tem a infame intenção de destruir a minha Criação. Grita, a alta voz, Minha filha, porque esse dia está próximo, e Satanás apressa-se a devastar nação a nação. O Meu Coração está despedaçado…”

Revelações de Nosso Senhor a Santa Brígida.

“Haverá um concílio ecumênico no próximo século, após o qual haverá o caos na Igreja.”    

Profecias de São João Bosco. Predição de 1862.

“E as igrejas também esperarão com uma forte lamentação, porque nem oblação nem incenso é presente, nem um serviço aceitável para Deus; mas os santuários das igrejas se tornarão como uma cabana num jardim, e os Sagrados Corpo e Sangue de Cristo não serão apresentados naqueles dias.  O serviço público de Deus deverá ser extinto.”  

- Santo Hipólito - Profecia do Século III

“A Igreja será punida porque a maioria de seus membros, altos e baixos; se tornará pervertida. A Igreja afundará mais profundamente até, ao fim, parecer extinta, e a sucessão de Pedro e os outros apóstolos ter expirado. Mas, depois disso, Ela será vitoriosamente exaltada à vista dos desconfiados.”  

- São Nicolau de Flüe - Profecia do Século XV

“Os sacerdotes, ministros de meu Filho, os sacerdotes, por sua má vida, por suas irreverências e sua impiedade em celebrar os Santos Mistérios, por amor do dinheiro, das honras e dos prazeres, os sacerdotes tornaram-se cloacas de impureza. Sim, os Padres pedem vingança, e esta está suspensa sobre as suas cabeças. Desgraçados dos padres e das pessoas consagradas a Deus, as quais, por suas infidelidades e sua má vida, crucificam novamente o meu Filho! Os pecados das pessoas consagradas a Deus clamam ao Céu e chamam a vingança, e ela está às suas portas, pois não se encontra ninguém para implorar misericórdia e perdão para o povo; não há mais almas generosas não há mais ninguém digno de oferecer a Vítima sem mancha ao Pai Eterno em favor do mundo.”  

- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE.

“Muitos abandonarão a fé, e o número de sacerdotes e de religiosos que se separarão da verdadeira Religião será grande; entre essas pessoas encontrar-se-ão até mesmo bispos.”  

- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE.

“No ano de 1864, Lúcifer, com um grande número de demônios, será solto do Inferno. Eles abolirão a fé pouco a pouco, mesmo nas pessoas consagradas a Deus. Os cegará duma tal maneira que, a não ser por uma graça especial, essas pessoas tomarão o espírito desses anjos maus. Muitas casas religiosas perderão inteiramente a fé e perderão muitas almas.”  

- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE.
 

"Haverá em todos os lugares prodígios extraordinários, porque a verdadeira fé se extinguiu, e a luz falsa ilumina o mundo. Desgraçados dos Príncipes da Igreja que não se ocuparão senão com amontoar riquezas sobre riquezas, salvaguardar a sua autoridade e dominar com orgulho!”  
- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE.

"O Vigário de meu Filho terá muito que sofrer, porque durante algum tempo a Igreja será entregue a grandes perseguições. Será o tempo das trevas; a Igreja terá uma crise medonha.”

- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE
 
“Os governos civis terão todos um mesmo desígnio, que será o de abolir e de fazer desaparecer qualquer princípio religioso, para dar lugar ao materialismo, ao ateísmo, ao espiritismo e a toda a sorte de vícios.”

- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE. 
 
“No ano de 1865 [lembrem-se que logo acima está escrito que "
No ano de 1864, Lúcifer, com um grande número de demônios, será solto do Inferno"], ver-se-á a abominação nos lugares santos, nos conventos apodrecerão as flores da Igreja e o demônio tornar-se-á como o rei dos corações. Aqueles que estão à frente das comunidades religiosas tomem cuidado com as pessoas que eles devem receber, porque o demônio usará de toda a sua malícia para introduzir pessoas entregues ao pecado, pois as desordens e o amor dos prazeres carnais se espalharão por toda a terra.”  
- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE.

“Roma perderá a fé e tornar-se-á a sede do Anticristo.”  

- Aparição da VIRGEM MARIA em LA SALETTE.

“A Igreja será eclipsada. Em primeiro lugar, nós não saberemos qual é o verdadeiro papa.  Depois, o Santo Sacrifício da Missa cessará de ser ofertado em igrejas e casas; será tal que, por um tempo, não haverá serviços públicos.  Mas eu vejo que o Santo Sacrifício não cessou
realmente: ele será oferecido em celeiros, em alcovas, em cavernas e de forma subterrânea”.  
- MELANIE CALVAT – Vidente de Nossa Senhora em La Salette.

“Quase não se encontrará a inocência nas crianças nem pudor nas mulheres, e nessa suprema necessidade da Igreja, calar-se-á aquele a quem competia a tempo falar”  

- NOSSA SENHORA DO BOM SUCESSO – Aparição em Quito - Equador

“Tempos funestos sobrevirão, nos quais .... aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem”  

- NOSSA SENHORA DO BOM SUCESSO – Aparição em Quito - Equador

O pequeno número de almas que guardará o tesouro da Fé e das virtudes sofrerá um cruel, indizível e prolongado martírio.”  

- NOSSA SENHORA DO BOM SUCESSO – Aparição em Quito - Equador

COMO SE PROTEGER DESSA CRISE?


"Guarda o precioso depósito [da fé], pela virtude do Espírito Santo”   
II Timóteo 1,14.

"Assim, pois, irmãos, ficai firmes e conservai os ensinamentos que de nós aprendestes”  

II Tessalonicenses, 2,15.

"Intimamos-vos, irmãos, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, que eviteis a convivência de todo irmão que leve vida ociosa e contrária à tradição que de nós tendes recebido."  

II Tessalonicenses 3,6.

"Rogo-vos, irmãos, que desconfieis daqueles que causam divisões e escândalos, apartando-se da doutrina que recebestes. Evitai-os!"  

Romanos 16,17.

"Eu recebi do Senhor o que vos transmiti (...)" .

I Cor. 11,23.

"Eu vos lembro, irmãos, o Evangelho que vos preguei, e que tendes acolhido, no qual estais firmes."  

I Cor. 15,1.

"O que aprendestes, recebestes, ouvistes e observastes em mim, isto praticai, e o Deus da paz estará convosco."  

Filipenses 4,9. 

"Quando o pastor se transforma em lobo, é ao rebanho que, em primeiro lugar, cabe defender-se. Normalmente, sem dúvida, a doutrina desce dos Bispos para o povo fiel, e os súditos; no domínio da Fé, não devem julgar seus chefes. Mas há, no tesouro da Revelação, pontos essenciais que todo cristão, em vista de seu próprio título de cristão, necessariamente conhece e obrigatoriamente há de defender. O princípio não muda, quer se trate de crença ou procedimento, de moral ou de Dogma. [...]. Os verdadeiros fiéis são os homens que extraem de seu Batismo, em tais circunstâncias, a inspiração de uma linha de conduta; não os pusilânimes".  

Dom Prosper Guéranger

A REGRA DE SÃO VICENTE DE LERINS


“Todo cristão que queira desmascarar as intrigas dos hereges que brotam ao nosso redor, evitar suas armadilhas e se manter íntegro e incólume numa fé incontaminada, deve, com a ajuda de Deus, apetrechar sua fé de duas maneiras: com a autoridade da lei divina ante tudo, e com a tradição da Igreja Católica”

“Quod ubique, quod semper, quod ab omnibus”

Trad: O que em toda parte, sempre e por todos foi ensinado - isso é de fé católica.

"Muitos dos que se dizem católicos ajudam os ‘revolucionários’. São esses, sempre ‘moderados’, que estimam a ‘tranquilidade pública’ como o bem supremo. Esses ‘católicos tolerantes’, condescendentes, brandos, doces, amáveis ao extremo com os maçons e furiosos inimigos de Jesus Cristo, guardam todo seu mal humor para os que gritam «Viva a Religião!» e a defendem sofrendo contínuas penalidades e expondo suas vidas. Para eles, esses últimos são ‘exagerados e imprudentes’, que tudo comprometem com prejuízo dos interesses da Igreja" – Santo Ezequiel Moreno

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA