Pesquisar este blog

Novidades!!!

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

São Pedro Alexandrino, Bispo e Mártir

26 de novembro 

São Pedro Alexandrino

Bispo e Mártir 


São Pedro Alexandrino ou de Alexandria, foi bispo de Alexandria do Egito e eram um homem dotado de todas as virtudes. 

Em 311 dC foi inesperadamente condenado à morte por ordem do imperador Maximiano, a última vítima e sigilo (selo) de uma cruel perseguição contra a Igreja. 

Fala dele o historiador Eusébio de Cesareia, que o descreve como excelente mestre da religião cristã, e também um grande bispo. 

Não se sabe nada sobre suas origens e sua procedência. Aparece pela primeira vez no panorama eclesial quando é chamado a suceder, em 300 dC, a São Teônio, na cátedra episcopal de Alexandria. Governou esta Igreja por cerca de doze anos. Depois dos primeiros três anos, teve que suportar a ferrenha perseguição de Diocleciano, que prosseguiu com os seus sucessores

Tornou-se célebre por seu constante empenho em ajudar aos irmãos cristão perseguidos. Como é de se esperar, nem todos permaneceram fiéis à Fé após as torturas. Coube a São Pedro, cuja jurisdição se estendia a todas as igrejas de Egito, de Tebas e da Líbia, redigir instruções para regular o tratamento dispensado aos que, mesmo tendo em um primeiro momento renegado a Fé cristã, desejavam reconciliar-se com a Igreja. 


Por fim, Pedro também teve que se esconder e durante a sua ausência de Alexandria a Igreja egípcia sofreu um cisma, cujas causas não são contudo bem claras. Parece que Melezio, Bispo de Antioquia, tivesse assumido a responsabilidade de exercitar as funções metropolitanas que eram do legítimo bispo de Alexandria. Para justificar as suas ações, difundiu algumas calúnias sobre São Pedro, acusando-o de demasiada indulgência para com os que caíam em erro. Pelo fato de não se retirar, a Pedro não restou outra alternativa senão excomungá-lo, continuando a governar a Igreja de Alexandria à distância, até poder finalmente voltar à cidade. 

As perseguições anticristãs foram retomadas logo em seguida, com Maximino Daia, e, em 311 dC, São Pedro foi preso e inesperadamente justiçado, sem acusações ou processo. 

Em Egito, São Pedro é conhecido como "o selo e o complemento da perseguição", porque foi o último mártir condenado à morte pelas autoridades locais de Alexandria. É também lembrado como "aquele que atravessou o muro", em referência ao fato de que, quando São Pedro percebeu que as autoridades estavam prontas a massacrar a multidão de cristãos que se havia reunido em sinal de protesto fora da prisão onde estava detido, sugeriu ao comandante de abrir uma passagem nos muros, aproveitando as trevas, para que o carrasco pudesse entrar sem ser impedido pelas pessoas. 

Fonte: http://www.santiebeati.it/dettaglio/92837.
Tradução: Giulia d'Amore


*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA