Pesquisar este blog

Novidades!!!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Dogma da Imaculada Conceição, Teoria do Evolucionismo e Pecado Original

Dogma da Imaculada Conceição, Teoria do Evolucionismo e Pecado Original 


IMACULADA CONCEIÇÃO Fra Juan Sánchez Cotán,
1617-18
  

Sermão da Missa do dia 20-12-2013 em Betim/MG - Pe. Cardozo 




 “Queridos fiéis, duas palavrinhas sobre o Evangelho de hoje para mostrar a importância da fé. Observe vocês quando Isabel, a prima da SS. Virgem, diz à Virgem: “Bendita és Tu porque acreditaste” e não diz “bendita és Tu porque és parente do Rei Davi”. Não! Ou lhe disse “bendita Tu porque és muito bela, ou “bendita Tu por seja lá o que fosse.” Lhe diz: “Bendita és Tu porque acreditastes!”. Ai se vê a importância da fé. E esta fé que a SS. Virgem foi enorme. Esta fé da Virgem que vai trazer a nós o Menino Jesus.


O mês de dezembro é um mês marcado com muitas festas importantes da Virgem. Desde a festa de Nossa Senhora de Loretto, 10 de dezembro, a Virgem de Guadalupe, que é a Imperatriz da América, 12 de dezembro e o fato de alguma maneira, o Natal também é como uma festa do parto Virginal da SS. Virgem. Porque, lembre-se que Nossa Senhora teve o Menino Jesus de uma maneira milagrosa, não como nascemos todos, senão que o Menino Jesus transpassou o seio da Virgem Maria como um raio de luz transpassa um cristal sem fazer dano. Ou seja, a Virgem foi virgem antes, durante e após o parto. Isso é dogma de fé! Mas queria falar duas palavrinhas de uma festa que já passou e que também é sumamente importante que é a Festa da Imaculada Conceição de Maria, que foi dia 8 de dezembro. E porque quero falar desta festa? É porque muitas vezes se escapa um detalhe esta Festa. Se vocês se lembram, no ano de 1858, a Virgem Santíssima se aparece em Lourdes [França]. Quatro anos depois de que foi declarado o Dogma da Imaculada Conceição de Maria pelo Papa Pio IX. Quatro anos depois, que este dogma se declara, a Virgem vem confirmar este dogma e em uma das aparições Santa Bernadette [Soubirrous] diz à Virgem Santa: “O pároco está perguntando como é que se chama a Senhora que se fala comigo” e então a Virgem lhe disse: “Diga ao Pároco que Eu Sou a Imaculada Conceição!”. Está foi a grande mensagem de Lourdes, e muita gente crê que sua mensagem vem confirmar o dogma, entretanto, não há mais nada por trás disso. E há muito por trás disso! Se você se põe a estudar as aparições da Virgem você vai saber que, por exemplo, em La Salette, 1836, na França, a Virgem vem avisar que o inimigo, a Maçonaria, vai entrar na Igreja e vai ocupar lugares de mando dentro da Igreja e vai fazer perder a fé por obediência. Ou seja, a Virgem vem para avisar da tática do inimigo para destruir a Igreja. Ao ponto tal que nesta mensagem está a  famosa frase: “ Por fim, Roma perderá a fé e será a sede do Anticristo!”. É uma mensagem terrível. Isso em La Salette. Em Fátima [Portugal] a Virgem vem prevenir aos seus filhos sobre o problema do comunismo. E como se resolve este problema? Com a consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria, coisa que ainda não foi feita. Então, sempre que a Virgem aparece, Ela vem por uma questão muito grave, muito importante, e então, porque vem a Virgem à Lourdes? O que é o importante? Precisamente, esta frase que a Virgem diz: “Eu sou a Imaculada Conceição!” é de uma importância capital. Porque? Porque precisamente é a época, a década de 1850, mais ou menos, onde aparece um grande erro sustentado por um famoso cientista inglês chamado Darwin, e este famoso erro, darwinismo ou evolucionismo. Darwin aparece com esta falsa ciência defendendo que o Homem vem do macaco. E se vocês se põem a pensar que o Homem vem do macaco destrói todo o sentido da religião. Por quê? Bem, porque se o Homem vem do macaco, qual macaco pecou? Não é um pai e uma mãe, não é Adão e Eva os que cometeram, pode haver vários macacos. Vamos supor que há muitos macacos e por haver muitos macacos suponhamos que saiam muitos homens. Qual é o que cometeu o Pecado? Não há pecado original se viemos do macaco. Se não há pecado original, para que um Redentor? Não necessitamos de Redentor! Se não necessitamos de Redentor quanto mais ainda não necessitamos de Igreja, de Sacramentos, não necessitamos de Deus. Isso esmaga a Religião! Se destrói a Religião! E quando a Virgem vem e diz: “Eu sou a Imaculada Conceição!” é porque, se a Rainha do Céu está a dizer isso é porque HÁ pecado original e Ela é a única Imaculada, a única que não teve o pecado original. Ou seja, Ela vem a dizer direta ou indiretamente há Adão e Eva, há pecado original e há necessidade de um Redentor. Quando vocês pensam em todo o mal que provoca toda esta questão da Teoria da Evolução é espantoso, ao ponto tal de que um João Paulo II, por exemplo, fala desta teoria como algo que não se pode tomar como uma simples teoria, como que dizendo que isso é certo. E isso é a coisa mais absurda do mundo, a coisa mais mentirosa. Creio que alguma vez já tenhamos falado disso, entretanto, vamos dizer duas coisas sobre a Teoria da Evolução.

A Teoria da Evolução, até mesmo Darwin dizia que era uma fantasia. Por quê? Porque não tem fundamento científico. Ou seja, uma coisa é Ciência quando eu posso repeti-la, quando eu posso fazer um experimento, e fazer isso, repetir esta situação. Mas, se colocarmos um cavalo com sua égua, por mais bonitos que sejam, vão ter filhote cavalo e não vão ter um filhote metade cavalo, metade crocodilo. Por quê? Porque, não tem, dentre outras coisas, cauda de crocodilo. Ou seja, um casal de crocodilos não vai ter um filhote metade cavalo, metade crocodilo. Por quê? Porque eles não tem patas de um cavalo. Há um princípio na Filosofia que diz que não se pode dar aquilo que não se tem. Então, se os pais crocodilos, por exemplo, não tem patas de cavalo, eles não podem dar aos seus filhotes patas de cavalos, senão, patas de crocodilos. E os cavalos vão dar aos filhotes caudas de cavalo e não cauda de crocodilo, porque eles não tem cauda de crocodilo. E os macacos, por mais macaquinhos bonitos que sejam, vão ter filhotes macacos que não terão inteligência racional. Busquem dois macaquinhos que tenham filhotezinhos e os filhotezinhos nunca vão extrair uma raiz quadrada, nunca se vão emocionar vendo um entardecer, ou lendo uma poesia, nunca terão alma racional. Por quê? Porque os pais não tem alma racional! A Teoria da Evolução é facilíssima de rebater. Lembrem-se: Ninguém pode dar aquilo que não tem. Um cientista francês, Monet, dizia que isso se soluciona fácil. É como se fosse uma descarga de energia sobre o momento em que se produz a combinação dos gametas masculinos e femininos, por exemplo, dos crocodilos, [pumba!] isso faz com que o crocodilo tenha um filhote com pata de cavalo. Vamos supor isso: atenção, isso é interessantíssimo!

Porque é certo, há mutações na natureza e casos de mutações, mas precisamente, os filhos que tem algum tipo de mutação, geralmente não se reproduz. E geralmente a mutação é de algo que se tem dentro da espécie. Eu me lembro, quando rapaz, de ter visto um cabrito que tinha uma quinta pata, mas era uma pata de cabrito e não era uma pata de crocodilo. Ou seja, inclusive, quando há uma coisa extra, esta coisa extra, fruto de uma mutação, é algo próprio da espécie. Nunca verá um cavalo que lhe saia uma asa de cegonha, porque não tem asa de cegonha. Ou seja, inclusive as mutações estão limitadas à espécie e as mesmas mutações fazem com que este bichinho não se reproduza. Para que? Para que não se deforme a raça.

Então, como é possível que agora, até nos catecismos, se considere a Teoria da Evolução como uma coisa - inclusive não se chama Teoria, se chama “A Evolução” porque cientistas muito importantes dizem que é assim e acabou. A Sagrada Escritura pode te dar mil razões para te mostrar que isso não é assim, mas os cientistas dizem que não e que é assim, de outra maneira e acabou, viemos do macaco e, se viemos do macaco, não tem sentido a Religião. E isso é que o inimigo quer com esta falsa ciência, porque isso é uma falsa ciência. E que a Santíssima Virgem já vinha nos prevenir deste grande mal, porque este ponto da Revolução é uma das tantas coisinhas que estão formando a religião do modernismo. Me dizia, na vez passada, o filho de um fiel na Argentina, que o professor de um colégio católico lhe disse que é uma estória, uma lenda, Adão e Eva que isso não é certo. E agora a pouco, este papa, Francisco, elegeu 8 cardeais. Um dos oito cardeais, eleito por Francisco, chegou a dizer que Adão e Eva também é uma lenda, que isso não presta...

Então, se Príncipes da Igreja - indubitavelmente que não é da Igreja Católica, mas, bom... - brincam com isso, esta gente vem dizer que Adão e Eva não existiram... é grave, é grave...
E como eu sei que Adão e Eva existiram? Primeiro, porque a mesma Sagrada Escritura está a confirmar tudo desde Adão e Eva. A mesma Sagrada Escritura fala que Adão e Eva cometeram esta falta. São Paulo em uma das suas Cartas, por exemplo, diz que “pelo pecado de um homem, o pecado entrou no mundo”. Qual pecado deste homem?  Ou seja, mesmo Cristo faz menção ao Antigo Testamento e, por outro lado, todo o Antigo Testamento se foi cumprindo perfeitamente, entre outros, com a Natividade de Cristo. No Antigo Testamento estava escrito que Ele ia nascer de uma Mulher Virgem, que ia nascer em Belém, 700 anos antes de acontecer isso.

Um dos fundamentos de que a Religião Católica é certa é precisamente o cumprimento das profecias. Então quando vem um modernista dizer-nos que isso é uma lenda, coitado do modernista! Não pouca heresia está a dizer, está contradizendo o que Deus tem manifestado, por Sua Misericórdia, aos homens. Atenção! O Antigo Testamento, tanto como o Novo, foram escritos pelo Espírito Santo, ou seja, a revelação de Deus que se revela aos homens e não são lendas. Então, vejam vocês a importância da Imaculada Conceição e daí é que tenhamos tanto poder, inclusive quando invocamos a Imaculada Conceição. Lembremos que uma freira chamada Santa Catarina Labouré que foi a que viu a Virgem e a Virgem lhe pede que cunhe a Medalha milagrosa. A Virgem lhe diz: “Ponha ao redor desta medalha a frase que diz ‘Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!’”. E isso a Virgem lhe disse 30 anos antes da Declaração do dogma. Esta invocação à Imaculada Conceição é muito forte contra o demônio, contra o erro. Peçamos pois, à Virgem Santíssima a graça de acreditar fortemente em todos os dogmas da fé. Assim como Isabel, Sua prima Lhe disse “bendita és Tu porque acreditaste”, que de nós também se diga um dia isso, “bendito és Tu porque acreditaste” quando vermos a Virgem com a Sua graça e com a graça de Deus, pudermos entrar no céu: “Benditos nós porque acreditamos”. Que a Virgem nos fortaleça na fé para que um dia possamos gozar com Ela no céu. Ave Maria Puríssima!”

Transcrição e tradução: Sr. Geovanne Moreira de Abreu de Betim

http://missaosagradafamilia.blogspot.com.br/2013/12/video-do-sermao-da-missa-do-dia-20-de.html

*
*
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA