Pesquisar este blog

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Reflexões para a Quaresma: Da cegueira espiritual.

Reflexões para a Quaresma: Da cegueira espiritual


Comentários do Evangelho (Luc. 18,31-43) in "Manual do Cristão", de Goffiné 


Era esta a última viagem de Jesus a Jerusalém; achava-se, então, em Ephrem, perto do deserto da Judeia, onde permaneceu algum tempo com seus discípulos, depois de ressuscitado Lázaro; de lá partiu a 22 ou 23 de Março, para ir celebrar a Páscoa em Jerusalém; foi nesta viagem que disse aos Apóstolos o que lemos no Evangelho de hoje.

Caminhava com muita pressa o Divino Mestre, diz S. Marcos, para essa cidade desgraçada, que havia de ser o teatro dos seus opróbrios; tal era o seu ardente desejo de dar o sangue pelos homens que dobrava o passo e deixava muito atrás os que o acompanhavam.

Eram enigmas para os Apóstolos os sofrimentos e a morte de Jesus Cristo; não entendiam que fosse tão indignamente tratado o Messias tanto tempo esperado, nem lhes parecia compatível tanta ignomínia com a dignidade e a grandeza do seu Mestre; não penetravam ainda o mistério da morte do Filho de Deus.


Repetidas vezes falava-lhes o Mestre a esse respeito, para que, ao verem realizar-se tão clara profecia, não se perturbassem entendendo afinal que eram voluntários os sofrimentos do Salvador, e voluntária a sua morte.

Ditoso cego aquele que tão bem soube aproveitar-se da presença do Salvador! Chega-se, às vezes, o mesmo Senhor Nosso mais perto do pecador, com impressões mais sensíveis de sua graça; hora preciosa que não costuma voltar, ai de quem a perde!

Filho de Davi. Entendiam os Judeus e os estrangeiros que tratavam com eles que seria o Messias da raça de Davi, e por isso davam-lhe esse nome.

Jesus, Filho de Davi, tem piedade de mim. Este deve ser o brado do coração quando reconhecemos as trevas da nossa cegueira espiritual, quando privados da luz eterna.

Extraído do Manual do Cristão, de Goffiné, in Dominga da Quinquagésima. Sacristia da Imaculada Conceição,15ª edição, 225º milheiro, RJ, 1944, pp. 338-339.

  
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA