Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Pale Ideas de férias

Caro leitor, as férias anuais da família nunca impediram de continuar conduzindo o Pale Ideas, mas desta vez acabei por esquecer - providencialmente? - meu laptop e arquivos pessoais, o que dificulta bastante o trabalho. E serei forçada a dar-me férias de verdade. LOL. Felizmente, havia programado várias postagens, que serão publicadas automaticamente ao longo do mês de Outubro, e têm relação estreita com o Calendário Litúrgico do mês, ilustrando-o com a vida dos Santos e com as histórias das festas que se comemoram neste mês. Basta ver que se clicarem em alguma data futura abrirá uma página de erro, pois apenas no dia do santo é que o post será publicado. Contudo, costumava publicar as notícias que vinham a ocorrer durante o mês, dependendo da necessidade. Isso, não sei se será possível.  

De pronto, já afirmo que não tenciono publicar os documentos do "Sínodo de Destruição da Família", tendo em vista o perigo de conter heresias, pois, em tempos em que fomos privados do Index, é necessário não nos expormos a riscos imprudentemente! Por exemplo, ontem, tive o desprazer - porque é preciso ter estômago - de ler o primeiro documento  que já denuncia - porque o peixe morre pela boca - a intenção de favorecer o acesso dos adúlteros (só para começar) ao Sacramento da Eucaristia, em que pese terem usado a palavra "verdade" inúmeras vezes. Tipicamente longo e maçante, como todo documento pós-conciliar, e recheado de meias verdades e ambiguidades, como era de se esperar, citou vários documentos conciliares (e pós) sobre o tema, notadamente os de Francisco, deixando para um genérico "numerosos outros textos do Magistério" os que foram produzidos nos séculos cristãos anteriores ao Vaticano II. É de enojar o esforço que fazem para dar uma aparência de legalidade, honestidade e... "fruto da misericórdia" ao ERRO.  


Que Deus não permita que os "bons" se calem. Certamente, tenho bem presentes que se trata de outra igreja, mas também tenho presente que a grande maioria dos que se creem católicos - e por quem Nosso Senhor Jesus Cristo também morreu - não sabe disso e será levada a erro por essas víboras venenosas. No primeiro dia, ou por ocasião do primeiro dia, Francisco se pronunciou com as tolices que lhe são peculiares, mas já deixou claro que ele quer que se incluam os divorciados e os gays nessa triste comédia. Depois de ler o primeiro documento, do qual pincei algumas frases-chave para uma análise mais particular, já vislumbro claramente que pretendem atender aos desejos de Francisco.  

Outro assunto que prende eventualmente nosso interesse são as perigosas relações de Fellay & companhia com a Roma apóstata, contra a vontade e o conselho do Venerável Fundador, Monsenhor Lefebvre. Mesmo na iminência desse sínodo protestante, Fellay não teve peias de correr até Roma para gradualmente se reintegrar plenamente à igreja à qual Monsenhor Lefebvre nunca pertenceu. Tentaremos manter nossos leitores atualizados sobre o tema, se bem que gostaríamos de publicar o rompimento definitivo dessa relação espúria e suicida.  

Friso, ainda, com toda ênfase possível, que os padres e fiéis dos priorados brasileiros (e de todos os priorados que acompanham o Pale Ideas fora do Brasil) são BEM VINDOS na Resistência, a qual segue fiel ao legado de Monsenhor Lefebvre e na defesa da Fé e da Verdade, pois temos a plena consciência de que a Tradição não nos pertence para negociá-la, que a conversão de Roma não depende de nós (ainda que rezemos por isso), e que nos cabe apenas fazer a nossa parte nesse combate: guardar a Fé

Outro assunto importante são as eleições, mas, pelo visto, a Divina Providência está resolvendo isso. Como sempre. 

Aos queridos amigos dos círculos do G+, me perdoem se não tenho conseguido responder a todos, pois, na verdade, não tenho conseguido sequer ler as postagens, pois fazê-lo pelo meu celular ou por um laptop que nem é meu (e um acesso à net que não depende de mim), não é tão simples assim! Tenho priorizado os e-mails que recebo na caixa de entrada do Gmail. Grata a todos pela compreensão. 

A todos, agradeço pelos e-mails e comentários, e pelas orações, saibam que estão em minhas orações também

Giulia d'Amore 


Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

2 comentários:

  1. Faz muito bem caríssima Giulia em não postar os documentos. Ninguém merece esses textos vindos do inferno para desmoralizar a Sagrada Comunhão com pecadores públicos e de alma imunda. Pobre Nosso Senhor! São José, segundo a Tradição teve a decência de limpar o estábulo enquanto Nossa Senhora preparou a manjedoura para que Jesus tivesse um local mais digno onde pudesse nascer. Já o Clero ñ quer preparar as almas pra Jesus, nem ao menos limpa-las dos pecados para recebê-Lo mais dignamente. Jesus terá que descer não a corações limpos pela penitência e contrição, mas a esgotos ambulantes dos mais variados pecados. É por isso que a violência tem crescido no mundo de forma assustadora e sob as mais diferentes formas... Lastimável. Terei de aumentar o nº de atos de desagravo a Jesus Eucarístico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A chave de tudo esteja talvez nisso, caro sr. José Antonio: mais orações!!! E penitências! Os católicos parecem querer fugir de penitência e oração, deslumbrados com a "teologia da misericórdia absoluta sobre a justiça divina"!!! Como se Deus tivesse mudado de ideia depois de aceitar o sacrifício de Seu Filho por nossos pecados! Agora... vale tudo???? Deus tenha piedade de nossa geração, pq a chuva cai sobre os bons e os maus, indiscriminadamente. E a justiça divina?

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA