Pesquisar este blog

sábado, 25 de outubro de 2014

Santos Crisanto e Daria

25 de outubro 

Santos Crisanto e Daria

Mártires
+ 283

clique para ver mais imagens


Os Santos Crisanto e Daria foram martirizados em Roma, no ano de 283, junto os Santos Mártires Claudio, Hilária, Jason e Mauro

Crisanto era filho de um ilustre senador. Teve uma brilhante educação e aprendeu a amar as Letras desde sua juventude. Teve acesso ao Evangelho e às Epístolas, e as leu com muito interesse. Maravilhava-se com as mensagens profundas do Evangelho, porém não entendia muitas coisas. A Providência Divina fez com que Crisanto conhecesse um sacerdote que lhe explicou detalhadamente a Fé Cristã. Aprofundando-se nos estudos do Evangelho e se sentindo iluminado com as verdades cristãs, Crisanto deixou os equívocos pagãos de sua família e foi batizado. Desejando converter outros pagãos à fé cristã, começou destemidamente a pregar o Evangelho. Quando seu pai, pagão, soube do Batismo de seu filho, pretendendo afastá-lo do Cristianismo, colocou-o num cárcere, deixando que passasse frio e fome. Mas, ao contrário, estas provações fortaleceram ainda mais a sua fé. Então, seu pai o libertou e casou-o com Daria, uma sacerdotisa da deusa Vesta, esperando que ela pudesse persuadi-lo a voltar ao Paganismo. Mas aconteceu que foi Crisanto foi quem a converteu à Fé Cristã, e ela também foi batizada.  Quando faleceu o pai de Crisanto, a casa do jovem casal tornou-se um lugar de refúgio e abrigo aos cristãos. Mais tarde, Crisanto e Daria foram denunciados ao magistrado romano Claudio como seguidores do Cristianismo.    



Crisanto e Daria, depois de sofrerem horríveis suplícios, foram enterrados vivos. Mais tarde, os cristãos de Roma reuniram-se em uma caverna próxima ao lugar do martírio para homenageá-los; os pagãos, ao saberem disso, obstruíram a entrada da caverna e todos os que estavam lá dentro morreram de fome. Dentre os que morreram nomeiam-se o presbítero Deodoro e o diácono Mariano

Os restos mortais do casal mártir repousam na Catedral de Santa Maria Assunta, em Régio Calábria, Itália. 



Claudio, Hilária, Jason e Mauro

Testemunhando como suportavam os cruéis suplícios, e os milagres que operavam, Claudio também converteu-se ao Cristianismo com sua esposa Hilária e seus filhos Jason e Mauro. Por ordem do imperador, Claudio foi afogado com uma pedra atada ao pescoço, e os filhos foram decapitados. A mãe, Hilária, viu suas tumbas antes de ser martirizada.  


Tradução e publicação neste site, com permissão de www.ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos Tamanini

Fonte: http://ecclesia.com.br/sinaxarion/?p=3537


Documentário da National Geographic: Restos ósseos poderiam ser de santos mártires do século III


Os investigadores que participam de um novo documentário da National Geographic afirmam que os dois esqueletos que estudados neste filme poderiam pertencer a dois Santos mártires casados do século III em Roma.

"Toda a evidência que reunimos sobre estas relíquias nos mostram que seriam os restos de Crisanto e Daria", assinala o líder da investigação da Universidade de Gênova, Ezio Fulcheri.

Fulcheri explicou ademais que "esta foi uma oportunidade que sucede com muito pouca frequência, para estudar ossos e outras relíquias que se relacionam diretamente a uma história quando já passaram quase 2000 anos. Também é raro em mártires desse tempo ter esqueletos completos, o que implica que foram protegidas e veneradas por inteiro desde o começo". 

Estes restos, compostos de 150 ossos, foram encontrados em 2008 na cripta da Catedral da cidade italiana de Reggio Emilia, ao norte do país. As provas para averiguar sua "idade" indicam que estão entre os anos 80 e 340 DC. 


Em declarações ao grupo ACI, o produtor geral do documentário "Explorador: Mistério dos Santos Assassinados", estreado nos Estados Unidos no dia 19 de abril, assinalou que "esta é a primeira vez que podemos provar a autenticidade do que se crê que são relíquias de um santo. Para nós foi um privilégio fazer parte disto".

Entretanto, acrescentou, "também é possível que estes ossos não sejam reais" devido a que na Idade Média se gerou um mercado negro de relíquias.

O Bispo Auxiliar de Reggio Emilia, Dom Lorenzo Ghizzoni, que também aparece no documentário, assume deste modo este risco e comenta que caso os restos sejam falsos, "serão destruídos porque isso seria certamente escandaloso para os fiéis".

Crisanto e Daria

A tradição conta que Crisanto era o filho único de um senador romano de Alexandria. Cresceu em Roma e se converteu ao Cristianismo. Seu pai desaprovou esta conversão e o obrigou a casar-se com uma sacerdotisa pagã de nome Daria, para tentar fazê-lo desistir em seu novo caminho de Fé.

Entretanto, Daria se converteu à Fé de seu marido, e se dedicaram juntos a converter outros milhares ao Cristianismo.

As autoridades romanas os prenderam por proselitismo e os enterraram vivos em Roma perto do ano 283. 

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/documentario-da-national-geographic-restos-osseos-poderiam-ser-de-santos-martires-do-seculo-iii-90860/.

  
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA