Pesquisar este blog

Novidades!!!

sábado, 6 de setembro de 2014

Novo produto na Prateleira das Sensibilidades Religiosas de Francisco!

Editado, em 06/09/14, para informar que é oficial, e está no DICI

Mordam a língua, detratores da Resistência!  

* * * 


"Quem dorme com criança, acorda molhado", diz um ditado popular! E, de tanto Fellay brincar de esconde-esconde com as autoridades apóstatas denunciadas por Mons. Lefebvre, acabou - volente or nolente - sendo ridicularizado!!!


clique para ver melhor

Seria cômico se não fosse verdadeiramente trágico! Mas ninguém pode dizer que está surpreso com o fato de considerarem o assunto um tópico relativo ao Ecumenismo

Para Roma, obviamente, a Neo-FSSPX está no mesmo balaio dos neo-catecúmenos do Kiko, dos luteranos e de toda a sorte de "sensibilidades" religiosas classicamente tipificadas como "cristãs". Ou ficou alguma dúvida?  


Para quem ainda não quer acreditar, ou desconfia de uma "montagem", aqui está o link da Radio Vaticana

Lembro-me nitidamente que determinado ex-Prior de São Paulo, certa vez, nos falou justamente das "prateleiras de Roma", onde coexistiam amigavelmente todos os tipos de religiosidades de cunho cristão. E lembro como o reverendo Prior enfatizava categoricamente o fato de que a FSSPX jamais faria parte dessa prateleira. E agora faz. O que pensar disso? 

Naquele tempo, embora intuísse o perigo desses encontros que eles mesmos chamavam de "negociações com Roma", eu ainda não o visualizava claramente, até porque acreditava piamente nos filhos de Mons. Lefebvre que bradavam que a FSSPX jamais faria um acordo com Roma e que, ainda que houvesse uma tentativa de acordo por parte dos superiores que estavam negociando com Roma, "a FSSPX gritaria"! 

Oras, se não havia possibilidade de acordo, porque, então, os superiores "negociavam" com Roma. Aliás, "o que", exatamente, os superiores "negociavam" com Roma? 

Pela graça de Deus, como muitos outros, eu e os meus tivemos a sagacidade de perceber a cilada e deixar essa canoa furada na primeira hora. Disso, eu agradeço a Deus todos os dias! E de lá para cá, com grande alívio e alegria, tenho visto mais e mais fiéis e padres fazendo o mesmo! Deo gratia!  

E continuo me perguntando quando os demais - gente de boa fé e boa doutrina - abririam os olhos e deixariam de seguir as imprudências de Fellay sob o único e batido argumento de uma mal-entendida obediência CEGA. Mas... a única obediência cega não é devida exclusivamente a Deus???  

Superior por superior, por que, então, não obedecer ao Papa, que é de longe mais "Superior" que Fellay. E, me antecipando aos que aduzem (como li um dia desses) que não há comparação porque "o Papa é um herege", ou coisas assim, já pergunto: por que motivo Fellay vai se encontrar com um enviado herege de um herege-mor? Se Fellay quer obedecer a Francisco... porque nós não podemos? E se não é para obedecer a Francisco, o que vai fazer Fellay em Roma? Não é confuso isso?  

A confusão não é de Deus!  

Bom, até ontem, os que seguem Fellay zombavam do "acordo que nunca existiu", e de todas as datas que a Resistência denunciava ou como de um acordo por escrito ou como de um encontro entre Fellay e esse ou aquele membro da igreja conciliar... E agora? O que dirão os zombadores desse encontro? Qual a desculpa desta vez? Vão continuar acreditando nas lorotas que seus padres inoculam na cabeça dos fiéis? E esses padres? Acreditam mesmo nas boas intenções de Fellay ou concordam por obediência cega? O que houve com os cérebros que Deus vos deu?   

Nem vou me delongar argumentando, de novo, que o acordo já não se faz mais necessário, seja porque Roma já conseguiu o que queria - dividir para conquistar - seja porque um acordo não precisa necessariamente ser escrito... basta olhar para a Neo-FSSPX, seus seminários, seus Priorados, para saber que a "fumaça do Modernismo" já empesteia tudo por lá!  

Fato é que uma pergunta se impõe: 
Se não houve nem há um acordo, se Fellay não quer um acordo, o que vai fazer em Roma? Turismo? 

Vos deixo com essa pergunta nada retórica. Boa noite a todos.  

Giulia d'Amore 

 
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA