Pesquisar este blog

Novidades!!!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

VIDAS DE SANTOS: SÃO NICOMEDES

15 de setembro

São Nicomedes de Roma

Presbítero e Mártir
+ Séc II


http://sacragaleria.blogspot.com/2014/08/sao-nicomedes-de-roma.html
clique para ver mais imagens
O Martirológio Romano faz memória do Santo Mártir Nicomedes no dia 15 de setembro: 
"Em Roma, são Nicomedes, mártir, cujo corpo, sepulto no cemitério da Via Nomentana, foi honrado pelo Papa Bonifácio V com uma basílica sepulcral".

Dele fala a Passio dos santos Nereu e Aquileu, composta entre os séculos V-VI, cujo autor narra que Nicomedes era sacerdote (presbítero) e foi descoberto enquanto sepultava na Via Ardeatina o corpo da mártir Felícola, que havia sido martirizada porque não quis sacrificar sua virgindade (porque esposa de Cristo) casando com o Conde Flacco, nem quis sacrificar aos ídolos, a pedido deste. 

Antes dela, o Conde quiser casar-se com outra jovem, Petronilla, que era senhora de Felícola, e que também rejeitara o pedido de casamento pelos mesmo motivos. Petronilla rezou a Deus pedindo que a levasse pura e intacta da vida presente. Nicomedes foi até sua casa, rezou a Missa, deu-lhe a Comunhão, e ela entregou naquele momento o espírito a Deus.  

Quando o Conde jogou suas investidas sobre Felícola, esta recusou prontamente dizendo: "Nem serei tua mulher, porque sou casada com Jesus Cristo, nem sacrificarei aos teus deuses, porque sou Cristã"


Flacco, irado, a entregou a um vigário seu, para que verificasse a causa de recusa. A jovem, então, foi mantida presa em um quarto escuro por sete dia, sem receber comida alguma, e mais alguns dias, junto com as Vestais, para que comesse as comidas oferecidas à deusa. Tendo a jovem recuado toda comida que lhe foi oferecida, foi torturada no ecúleo* e jogada em uma cloaca, onde entregou sua alma a Deus.

"Ecúleo" ou "potro" era uma espécie de cavalo de madeira em cima do qual o torturado era colocado, tendo seus pés e mãos atados a um torno (o potro), que uma vez acionado, retesava as cordas aplicando uma grande pressão nos membros da vítima, que se deslocavam, podendo também vir a ser desmembrados. O nome do suplício vem de equus: "cavalo", em latim. Leia mais aqui. Abaixo dois exemplos de éculeos:

Martírio de Santa Restituta.

Martírio de São Vicente.
.

Sabendo da morte da jovem, Nicomedes saiu durante a noite da gruta onde se escondia e foi dar-lhe sepultura. O Conde, informado do fato, mandou prendê-lo e tentou com todo artifício possível que Nicomedes sacrificasse aos ídolos. Mas o mártir ria de toda ameaça e promessa, respondendo rispidamente: "Eu só sacrifico a Deus Todo-Poderoso, reinante no Céu". Por causa disso, foi açoitado cruel e longamente com açoites de chumbo, e naquela tortura entregou a alma ao Senhor. Por ordem do Juiz, o seu corpo foi jogado no rio Tibre. Um seu clérigo de nome Justo, o procurou incessantemente e o encontrou, vindo a sepultá-lo em uma pequena horta de sua propriedade na Via Nomentana.  

O autor da Passio não menciona o dia de sua morte, mas pelo contexto se depreende que foi no tempo do Imperador Domiciano (51-96); estudos e pesquisas posteriores supõem que foi no dia 15 de setembro. Outra Passio do século VII afirma que a morte ocorreu no dia 5 de junho, sob Maximiano (240-310). 

Seja como for, a existência e o culto de São Nicomedes são atestados por documentos fidedignos, enquanto as notícias biográficas são incertas. Além do mais, ele é citado em pelo menos oito Martirológios históricos, entre os quais o Romano, de Beda, de Usuardo e de Adone. O Cardeal Barônio faz menção dele em suas anotações ao Martirológio. Naquele Romano, a festa ficou fixada no dia 15 de setembro.  

Os restos mortais se encontram na "Confessione de Santa Praxedes", no monte Esquilino. Antes, era venerado em uma basílica construida pelo Papa Bonifácio V (619-625). O ano do translado não se conhece, mas ocorreu após a restauração de sua tumba por obra de Papa Adriano I (†795).

A igreja mais antiga dedicada a São Nicomedes no norte da Itália e o principal centro de difusão do culto ao mártir se localiza nos arredores de Parma, em San Nicomede, distrito da cidade de Salsomaggiore Terme. O edifício atual, com uma única nave coberta por treliças com abside e a cripta do século IX, é o resultado da sobreposição de diversas fases de construção. O mártir é o santo patrono de Grondola.


Muitos cristãos iam até seu túmulo, na Via Nomentana, e a Igreja edificou em sua honra, em Roma, um templo e um cemitério, que leva seu nome.

Fontes de Pesquisa: 

  1. http://www.santiebeati.it/dettaglio/90960.
  2. http://it.wikipedia.org/wiki/Nicomede_di_Roma.
  3. Flos Sanctorum, ou seja, Vidas dos Santos, do Padre Pietro Ribadeneira Toletano da Companhia de Jesus. Volume II. MDCCIV. 9ª edição. Veneza. Nicoló Pezzana Editores, pp. 640-641 (PDF).  
  4. http://pinomiscione.jimdo.com/historica/vita/eculeo.
Tradução e organização: Giulia d'Amore.   

 
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA