Pesquisar este blog

Novidades!!!

terça-feira, 3 de junho de 2014

QUEM FINANCIA O FEMINISMO?

Lembrando que a mulher católica não pode (no sentido de que é impossível, não tem como etc.) e não deve (porque é pecado) ser feminista, pela simples razão que o Feminismo se opõe clara e publicamente ao Cristianismo. Não se pode servir a dois Senhores. Um texto para nossa reflexão.  


QUEM FINANCIA O FEMINISMO?



QUEM FINANCIA O FEMINISMO?

Em 2013 foram enviados mais de U$ 1.500.000,00 pela fundação FORD apenas para organizações feministas: http://www.fordfoundation.org/regions/brazil/grant-making

A fundação MacArthur financiou/financia organizações como o Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFEMEA); Cunhã—Coletivo Feminista; Fala Preta—Organização de Mulheres Negras; Rede Nacional Feminista de Saúde e Direitos Reprodutivos ; Themis—Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero ; Programa de Apoio ao Pai (PAPAI); Casa de Cultura da Mulher Negra;Católicas pelo Direito de Decidir; entre outras inúmeras ONG's que carregam em seus discursos a ideologia feminista.

POR QUE FINANCIAM O FEMINISMO??

Décadas atrás o magnata do petróleo John Rockefeller III se preocupava com a taxa de crescimento populacional no mundo. Para conter esta taxa, além de financiar diversos métodos médicos para evitar a gravidez, Rockefeller também financiava o aborto e sua legalização em diversos países.

Por volta dos anos 70, Rockefeller teve contato com Adrienne Germain, uma socióloga que o convenceu que ele poderia utilizar uma estratégia mais eficiente para conter o crescimento populacional mundial.

A nova estratégia proposta por Adrienne não seria apenas utilizar métodos médicos, mas também utilizar a engenharia social e a cultura como meio para conter o aumento da população.

Juntamente com esta cientista social que então trabalhava na Fundação Ford, Rockefeller resolveu introduzir o conceito de emancipação da mulher e dos direitos sexuais e reprodutivos. Com isso, a Fundação Ford e as Organizações Rockefeller passaram a financiar ativamente as redes de ONGs feministas.

Agora você entende porque o movimento feminista faz a cabeça de mulheres para que cada vez mais se afastem da gravidez e da família. O objetivo é arrancar da mulher o sonho de ser mãe e introduzir o sonho de ser bem-sucedida no trabalho. Tudo para diminuir a taxa de aumento populacional.

Eis um relatório da Fundação Ford dos anos 1990 esclarecendo que entre os objetivos da entidade estão o fortalecimento do feminismo e a legalização do aborto: http://www.votopelavida.com/fundacaoford1990.pdf

Eis um relatório da MacArthur com seus financiamentos de projetos e ONG's pró-aborto e feminismo: http://www.votopelavida.com/macarthurlessonslearned.pdf

Resistência Anti-Feminismo Marxista
Em 2013 foram enviados mais de U$ 1.500.000,00 pela fundação FORD apenas para organizações feministas: http://www.fordfoundation.org/regions/brazil/grant-making
  
A fundação MacArthur financiou/financia organizações como o Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFEMEA); Cunhã—Coletivo Feminista; Fala Preta—Organização de Mulheres Negras; Rede Nacional Feminista de Saúde e Direitos Reprodutivos ; Themis—Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero ; Programa de Apoio ao Pai (PAPAI); Casa de Cultura da Mulher Negra;Católicas pelo Direito de Decidir; entre outras inúmeras ONG's que carregam em seus discursos a ideologia feminista. 

POR QUE FINANCIAM O FEMINISMO?? 

Décadas atrás o magnata do petróleo John Rockefeller III se preocupava com a taxa de crescimento populacional no mundo. Para conter esta taxa, além de financiar diversos métodos médicos para evitar a gravidez, Rockefeller também financiava o aborto e sua legalização em diversos países. 

Por volta dos anos 70, Rockefeller teve contato com Adrienne Germain, uma socióloga que o convenceu que ele poderia utilizar uma estratégia mais eficiente para conter o crescimento populacional mundial. 

A nova estratégia proposta por Adrienne não seria apenas utilizar métodos médicos, mas também utilizar a engenharia social e a cultura como meio para conter o aumento da população. 

Juntamente com esta cientista social que então trabalhava na Fundação Ford, Rockefeller resolveu introduzir o conceito de emancipação da mulher e dos direitos sexuais e reprodutivos. Com isso, a Fundação Ford e as Organizações Rockefeller passaram a financiar ativamente as redes de ONGs feministas. 

Agora você entende porque o movimento feminista faz a cabeça de mulheres para que cada vez mais se afastem da gravidez e da família. O objetivo é arrancar da mulher o sonho de ser mãe e introduzir o sonho de ser bem-sucedida no trabalho. Tudo para diminuir a taxa de aumento populacional. 

Eis um relatório da Fundação Ford dos anos 1990 esclarecendo que entre os objetivos da entidade estão o fortalecimento do feminismo e a legalização do aborto: http://www.votopelavida.com/fundacaoford1990.pdf
  
Eis um relatório da MacArthur com seus financiamentos de projetos e ONG's pró-aborto e feminismo: http://www.votopelavida.com/macarthurlessonslearned.pdf.

Resistência Anti-Feminismo Marxista

Visto em: Marx da Depressão


Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:




+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

2 comentários:

  1. Isso tudo é coisa do demônio que quer acabar com a raça humana, impedindo por todos os meios a procriação e conduzindo as mulheres ao inferno pelo não cumprimento dos deveres de estado e por pecados ainda piores. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes me pergunto como é que as pessoas se deixam enganar pelo demônio, pois é claro que ele nos odeia e inveja, pq nos favoreceria de algum modo? Depois me lembro que ele é o pai da mentira, e faz sentido. Sobretudo pq as pessoas se deixam comprar por espelhinhos e bugigangas´, deixando de lado o verdadeiro Tesouro.

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA