Pesquisar este blog

Novidades!!!

quarta-feira, 4 de junho de 2014

MARTÍRIO ATUAL - República Centro-Africana: massacre numa igreja católica

imagine ilustrativa 
não se refere ao ataque do artigo
Enquanto Francisco confraterniza com os inimigos de Cristo - sionistas e muçulmanos, estranhamente amigos - os filhos espirituais do Bispo de Roma continuam morrendo como moscas nas mãos dos muçulmanos. Todos os dias, são noticiados atos de terror perpetrados contra cristãos "de todas as denominações", mais particularmente CATÓLICOS. A mídia tem pruridos para usar este termo, generaliza para "cristãos", para ser politicamente correto e não enfatizar a CRISTANOFOBIA.

"Na República Centro-Africana retorna o medo. Depois de um período de relativa paz, na tarde desta quarta-feira, 28, homens armados, possivelmente pertencentes aos ex-rebeldes muçulmanos Selèka, atacaram com granadas a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na periferia de Bangui, a capital, matando dezenas de pessoas, talvez sessenta, entre as quais também um sacerdote. Algumas pessoas teriam sido feitas reféns. Sobre a situação, Rádio Vaticano conversou com o sacerdote centro-africano, Mathieu Bondobo, atualmente em Roma:

Esta notícia é muito triste e grave. No início, sempre dissemos que este conflito é político, e não é interreligioso; mas o facto de atacar assim uma paróquia, de modo preciso, nos dá medo, porque é um dado forte para dizer que o conflito está a tornar-se cada vez mais interreligioso. E isso também nos ajuda a dizer que nós confissões religiosas devemos abrir os olhos para não sermos manipulados pelos políticos, porque basta pouco para cair nessa armadilha! Este povo sempre viveu junto com as várias confissões religiosas, e por isso, não é agora que podemos começar a fazer a guerra. No entanto, devemos estar preparados e atentos para evitar essas armadilhas. Repito novamente, com o que aconteceu, basta pouco para que nasça de novo a vingança nos corações das pessoas ...

Por que esse ataque?

Eu não tenho uma ideia clara sobre as razões, sobre as causas exactas deste ataque. Mas é preciso dizer que esta paróquia - Nossa Senhora de Fátima - está localizada numa área muito próxima de um bairro onde já havia rumores de que alguns dos rebeldes se tivessem infiltrado, e que estariam na área. E então uma paróquia muito periférica é uma área um pouco de fogo, e portanto, basta pouco para ataques deste tipo.

Qual é o papel da Igreja nesta situação e o que fazem as paróquias em Bangui, em particular?

Digamos que desde quando este conflito começou, a Igreja Católica sempre fez muito [??????????????????????????]: a Igreja Católica é a favor da paz ... E, portanto, esta paróquia de Nossa Senhora de Fátima, como todas as paróquias da capital, Bangui, tornou-se um local de acolhimento. Assim, todas as pessoas que já não se sentem seguras encontraram refúgio dentro da igreja: este é o facto grave. E então, esta igreja - como todas as outras paróquias da capital - acolhe tantas pessoas, mas as igrejas não estão protegidas! E aqui eu quero fazer um apelo às instituições internacionais, para abrirem os olhos: uma paróquia em favor da paz que acolhe tantas pessoas e que não é protegida ... não é normal! E assim, entre as vítimas há tantas pessoas – na maioria cristãs [um padre politicamente correto!!!], é claro, mas também todas as outras pessoas – que no seu bairro não encontraram segurança e que se refugiaram no seu interior."


Fonte: http://pt.radiovaticana.va/por/m_articolo.asp?c=803342.
 


Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:



+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

2 comentários:

  1. Sem palavras diante desse texto e imagens. Até minha querida mamãe ficou chocada com as fotos. Que Santo Antônio de Pádua, do qual eu e minha mãe somos devotos, obtenha do Menino Jesus o fim de todos esses massacres contra os católicos e a vitória da Santa Igreja Católica Apostólica Romana sobre todas as heresias, falsas doutrinas e pseudo-religiões. Amém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro sr. José Antônio, há foto mais dolorosas, como a da garotinha (talvez de uns 5 anos) que além de ver os pais sendo miseravelmente mortos diante de seus olhos, foi torturada (provavelmente violentada) e teve seu coração arrancado do peito ainda viva. E tanta outras fotos e vídeos que nossos olhos não querem ver mas que são testemunhos de martírio verdadeiro. E o martírio só aumenta em glória pelo fato de a mídia se recusar a dizer que são CATÓLICOS, generalizando para um "cristão" que soa a "qqr religião que não o Islã". Sim, tb protestantes estão sendo mortos no Oriente, mas os da notícias, os da Nigéria (inclusive as quase 300 meninas sequestrada, violentadas até 15 vezes por dia, e, muitas, vendidas como escravas), os refugiados da Síria que tiveram que sair do País são em sua grande maioria cristãos das várias denominações católicas: romanos, ortodoxos etc.

      E ver o Pais dos cristãos não defendê-los e, pior, abraçar e confraternizar com os algozes de seus filhos!!!!! É de fazer ferver o sangue nas veias!!!!

      Nós rezamos todos os dias pelos mártires católicos, mas tb por todos os cristãos, inclusive os protestantes, para que a Deus possa lhes dar a graça da conversão final, antes da morte, para povoar o Céu com mais e mais santos.

      O martírio é doloroso, sem dúvida, mas depois... ó! Depois é o Céu!

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA