Pesquisar este blog

Novidades!!!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Mártires da Síria

Ainda não se sabe ao certo quem eram os homens que foram assassinados na Síria. Dizem que o Vaticano já reconhece que um deles é o Padre François Murad. Eu me recusava a assistir ao vídeo, porque as cenas de violência nunca foram as minhas preferidas, mas hoje, há poucos segundos, eu assisti. Não por curiosidade, mas por necessidade. Você já se imaginou diante de Nero? Todos são sempre prontos a dizer que, diante do martírio, não temeriam... mas entre o sonho e a realidade há um oceanos de imaginação!!! E muitas vezes o que era coragem não passa de empáfia!  Enfim, assisti a parte do vídeo. Minha sensibilidade não me permitiu chegar até o fim, e mil perguntas povoam ainda minha mente. Nem mesmo sei ao certo de quem se trata e se morreram por defender a Fé Católica, mas, em sendo esse o caso e em constatando que foram degolados enquanto vivos (não se mexiam, é de se presumir estivesse dopados ou envolvidos pela Graça), não pude não pensar que os algozes são cães danados e que merecem o Inferno. O Evangelho diz que quem odeia o irmão é assassino... mas o que sentir por esses cães? Amor? Compaixão? Ternura? Eu rezo meu terço bonitinho, pedindo a conversão dos pecadores, apelando à Divina Compaixão também por esses cães... E rezo no conforto de meu lar... distante do mundo que tanto odeia quem o Criou. Agora, rezar para mim terá outro sentido. Além do martírio da ridicularização, persiste o martírio de sangue!!! Mil vez mais tenebroso. Como e quanto é preciso amar a Deus para enfrentar esse momento!!! Que prova mais incontestável de amor a Deus! E todos os filmes e imagens que vi, durante minha vida inteira, sobre os Santos Mártires ganham uma nova perspectiva, uma perspectiva real. Como se pode, a partir daí, ter preguiça para rezar ou para fazer as obrigações de nosso estado? Como se pode demorar para atender à voz que chama e chama incessantemente por nós? Como não comungar espiritualmente mais e mais vezes, desejando amar mais e mais Aquele que se deu em Holocausto por nós, ingratos? Como ser a mesma pessoa que levantou - pela graça de Deus - hoje pela manhã? Como ir dormir, esta noite, sem pensar que pode ser a última noite... e pronto! Estamos diante do Juiz, misericordioso, mas justo?!

Não vou postar aqui o vídeo, nem as fotos. A web está farta desses materiais. Posto duas orações em honra do sacrifícios dos mártires de todos os tempos, sobretudo os de nosso tempo, um tempo celerado. 



ATO DE ABANDONO
Santo Inácio de Loyola

«Tomai, Senhor, e recebei toda a minha liberdade, 
a minha memória, o meu entendimento 
e toda a minha vontade. Tudo o que tenho e tudo o que possuo. 
Vós mo destes, a vós, Senhor, o restituo. 
Tudo é vosso, disponde de tudo segundo a vossa inteira vontade. 
Dai-me o vosso amor e a vossa graça, que isso me basta».


Ó RAINHA DOS MÁRTIRES

Ó Maria, Rainha dos Mártires, Senhora da Agonia,
Vós que permanecestes de pé junto à Cruz de vosso Divino Filho Jesus,
e às suas palavras: "Mulher, eis o teu filho"- "Filho, eis tua Mãe",
tornaste-Vos nossa Mãe; acolhei, com bondade, nossa prece filial.

Vinde, ó Mãe, em socorro de nossas angústias,
não permitindo que nos desviemos do caminho do bem,
da verdade, do amor!




+
Inscreva-se para receber as publicações do Pale Ideas: Delivered by FeedBurner
.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA