Pesquisar este blog

Novidades!!!

sábado, 4 de janeiro de 2014

ENTREVISTA AO REV. PADRE ERNESTO CARDOZO

Publicamos a entrevista que o rev. Pe. Cardozo concedeu a um fiel, em Campo Grande. 
.

ENTREVISTA AO REV. PADRE ERNESTO CARDOZO


Rev. Pe. Cardozo, de onde o senhor está vindo? Onde passou as festividades de Natal e Ano Novo?

Passei pela Missão de Cristo Rei, em Ipatinga, onde foi preparado um bonito coro (coral). E aproveito para agradecer aos benfeitores que têm ajudado e continuam ajudando no embelezamento da capela e também aos que sustentam a casa do Pré-Seminário


.
Missa do Galo - Missão Cristo Rei, Ipatinga/MG

O Pe. Cardozo com dois dos pré-seminaristas: Daniel Maria e Giovanni Poli
que estão fazendo seus estudo de filosofia, latim, e que dão vida à capela com seu apostolado.


Na tarde de Natal passei pela Missão dos Sagrados Corações, de João Monlevade e nos dois dias seguintes tivemos a oportunidade de dar uma Missa em Contagem onde provavelmente se estabelecerá uma nova Missão. Chama a atenção que todos os que se aproximam da Tradição são fiéis ao Santo Terço. E bonito ver como Nossa Senhora premia essa fidelidade ao Santo Terço mostrando a Verdade a quem a busca.

Depois de Contagem, fui dar Missa na Missão Nossa Senhora Aparecida, de São Gonçalo de Pará, em uma grande capela ainda em construção que está sendo erguida meritoriamente pela Irmã Sophie Joseph, uma freira francesa que mora lá como eremita e que a seu tempo esteve no Carmelo onde a irmã de Mons. Lefebvre foi a priora. Esta freira, que está há 12 anos no Brasil, conseguiu levantar a capela a força de orações e pedidos, e tem o mérito de tê-lo feito no campo, em uma área rural junto à rodovia, e apesar da dificuldade com o idioma e de audição. E pensar que há sacerdotes em plenos 25 anos de vida que ainda não assentaram sequer um ladrilho. Nesta capela tive a graça de dar uma Primeira Comunhão e, no dia seguinte, tivemos a visita de dois diretores de coro de Divinópolis que enobreceram com seu canto a Santa Missa. 

.
Missão Nossa Senhora de Aparecida, de São Gonçalo do Pará


Primeira Comunhão da jovem Bárbara


A próxima Missão visitada foi a do Santo Presépio, em São Sebastiao do Paraíso, que é particularmente bela em suas imagens. À noite, tivemos a oportunidade de conhecer uma antiga tradição desses dias, que são as famosas Congadas, festas que remontam há alguns séculos, nas quais os fiéis dançam em homenagem aos Santos patronos da cidade, com ritmos africanos e com vestes coloridas. 

.
O Divino Menino - Missão do Santo Presépio, de São Sebastião do Paraíso


Sr. Cesar Neto com fiéis


A Missão seguinte foi a de Santa Gema Galgano, em Guaranésia, que foi particularmente numerosa com jovens vindos da região de Alfenas e Muzambinho.

Em seguida, fui à Missão de São José, em Pouso Alegre, onde passamos o ano novo. E no dia seguinte visitamos os fiéis da Missão Cristo Rei, de São Paulo. E lá gostei de ouvir o testemunho de um dos fiéis que, ao se encontrar com um antigo conhecido, um fiel da Neo-FSSPX de SP, o qual se vangloriava de lá terem a Missa e os sacramentos diariamente, ele refutou com amabilidade respondendo que, sim, eles têm essas coisas, mas não têm a Fé.


Que novidades tem sobre a Neo-FSSPX?

Fomos informados de que os três bispos da Neo-FSSPX virão visitar o Brasil durante o ano. É interessante que os três vêm visitar um País que tem uma forte Resistência, que, graças a Deus, continua crescendo. É sinal de que estão preocupados. Soubemos que muitos antigos fiéis desejam ansiosamente estar com eles para que publicamente lhes esclareçam seus ditos e feitos que contradizem todo o legado da Tradição e, em particular, a herança recebida de nosso Fundador.


O que eles poderiam perguntar sobre essas contradições?

A Fellay, eles podem perguntar por quê está reconhecendo a Igreja oficial como sendo a Igreja Católica, quando Mons. Lefebvre dizia que a Igreja oficial é a Igreja bastarda, apóstata?

A de Galarreta, que agora defende a democracia, por quê não manifestou esse espirito democrático e liberal ao Bispo que o consagrou?

Respeito a Mons. Tissier seria interessante recordar-lhe que quando
Mons. Lefebvre, quando era superior geral da Congregação do Espírito Santo, ao ver que ela, em sua grande maioria, estava contaminada de Modernismo, não duvidou em abandoná-la, pelo bem de sua própria alma e das almas. E vemos, por outro lado, a esse bispo reconhecer os erros doutrinários do superior geral, mas sacrificar a Fé à sobrevivência da Congregação, mostrando assim um alto grau de covardia.

Nenhum desses três maus exemplos teria sido tolerado por
Mons. Lefebvre! Pelo contrario, se o Fundador vivesse, esse três bispos convertidos em traficantes da Fé, teriam sido expulsos da Congregação por faltar, entre outros, ao Primeiro Mandamento.


As expectativas para 2014?

Prosseguir com o Pré-Seminário; isso agora é fundamental, porque devemos deixar sacerdotes. Os fiéis aumentam a cada dia, porém muitos padres que ainda pertencem à Neo-FSSPX ainda não conseguem desligar-se dela, apesar de muitos se envergonham dos superiores que têm, da covardia de não retratar-se de seus erros, e de ter que se humilhar em defender princípios contidos no Vaticano II, como expressado por Bouchacourt na entrevista ao jornal El Clarin, eles já têm o princípio do liberalismo carcomendo-os por dentro, o qual lhes tira a efetividade no apostolado, a firmeza em sua atitude apologética, e possuem uma desconfiança interna que os corrói.

É sumamente alentador como a Divina Providencia continua nos assistindo, especialmente nos trazendo almas; cansadas do Modernismo, se unem ao nosso combate. Por outro lado, é raro o mês em que não temos um pedido de ingresso ao Pré-Seminário, e todos eles, fiéis e pré-seminaristas, de uma ou outra maneira, são fiéis ao Santo Terço, o que mostra, mais uma vez, como já disse, que Nossa Senhora guia às almas que buscam e querem a Verdade.

Aproveito para desejar a todos um Santo Ano e que o Divino Menino os fortaleça na Fé.

Obrigado, reverendo, pelos esclarecimentos, sempre úteis nesses tempos de trevas e confusão em que vivemos. Também lhe desejamos um Santo Ano e a proteção do Menino Jesus e de Sua Mãe Santíssima, particularmente para suportar as injúrias e lhe dar forças e a coragem de Mons. Lefebvre para levar adiante o legado recebido, conforme ele mesmo desenhou. Sabemos que, no começo, havia dias em que Monsenhor não sabia como alimentar seus seminaristas, mas nem por isso fraquejou ou achou melhor integrar-se à Igreja Conciliar em troca de um prato refinado e uma cama confortável. Temos a certeza que, hoje, ele também, como vós, não estaria preocupado com essas trivialidades. Como, aliás, o estão provando, pelo mundo afora, todos os resistentes – padres e leigos – que preferem sacrifícios a belos edifícios, a Verdade às negociações escusas com os apóstatas, o Santo Terço a uma cruzada que pede a Nossa Senhora que a Tradição retorne à Igreja, porque sabemos que a Tradição nunca saiu da Igreja para que deva voltar a Ela. O fato de a Casa Geral ter dito que a Tradição deve voltar à Igreja mostra claramente que eles identificam essa Igreja apostata com a Verdadeira. A Igreja nunca pode separar-se da Tradição, se eles consideram a Tradição como algo “fora da Igreja” isso já é um erro teológico gravíssimo. Como sempre nos diz, reverendo padre... Ânimo e adelante!


Jorge Ferreira Bastos


Campo Grande/MS
Versão em francês: http://cristiadatradicinalista.blogspot.com.br/2014/01/entrevue-de-l-abbe-ernesto-cardoso.html.

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA