Pesquisar este blog

Novidades!!!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Dia 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição e do anúncio do acordo entre Francisco e Fellay?

Um renomado site tradicionalista chamado cathinfo.com tornou pública ontem a existência de um acordo firmado entre Francisco e Fellay em julho passado, como foi revelado pelo Non Possumus, ontem

O anúncio será feito no dia 8 de dezembro e faz parte das comemorações do Jubileu extraordinário do Ano da Misericórdia proclamado por Francisco, que começará justamente no dia 8 de dezembro, e cujo emblema é este monstro com duas cabeças e três olhos: 


http://diocesedejales.org.br/?p=13780
Clique para ler o "hino" com trechos em latim.

Mas peraí... o latim não é uma língua morta?
Não mudaram a Missa porque ninguém entendia nada?

Só pode ser zombaria!


Ainda que se diga que sejam duas pessoas, uma carregando (de modo indecoroso) a outra, eu continuo contando três olhos! (Leiam a descrição do logo, aqui.)


O ACORDO


Sob esse símbolo satânico - um mau presságio - será oficializado o acordo tão negado pela Neofrat. Segundo o site Cathinfo.com, veja bem!...  

Eu sei que já fomos enganados antes com malabarismos que visavam esconder as intenções que Fellay NUNCA negou, mas desta vez parece ter casado a ocasião com a ação; vai se aproveitar a data para mostrar o acordo "como um bom fruto do Jubileu", segundo revelou Dom Atanasio Schneider. 


E parece que desta vez o acordo saiu porque tanto Francisco como Fellay reconheceram que "nem todos os documentos do Vaticano II têm o mesmo valor no plano doutrinal, e que, portanto, há lugar para uma futura discussão sobre questões problemáticas". Como se heresias fossem meras questões problemáticas. Contudo... nada de novo no front, porque isso era dito no tempo de Bento XVI. 

O comentador de Cathinfo continua desejando que algum imprevisto de última hora - como alguma oração providencialmente atendida - possa desfazer o acordo de julho antes que seja tornado público no dia 8 de dezembro. 

Eu, pelo contrário, faço votos - e aqui, sim, cabem orações - que o anúncio finalmente saia, porque está na hora de definições. Em doutrina, não há espaço para tergiversações! 

Recentemente, Fellay teria dito que as coisas com Roma Apóstata caminhavam bem, e eu me perguntava a que se referisse, uma vez que Roma Apóstata continua tão apóstata como há décadas; o ecumenismo e o diálogo inter-religioso nunca estiveram tão florescentes e vicejantes; o sínodo da família foi um desastre estrondoso; Francisco continua dizendo heresias e blasfêmias.  

E em relação à própria Neofrat as coisas não poderiam ser piores, basta lembrar do "benefício" concedido por Francisco em vista do Jubileu, pelo qual as absolvições dos padres da Neofrat vão valer pelo período de um ano, APENAS!!!, a partir do fatídico dia 8 de dezembro... Ato prontamente aceito e vivamente comemorado pela Neofrat. Coisas de imbecis. E de não católicos. 

Somando dois mais dois, o que Fellay dizia acerca das coisas estarem caminhando bem com Roma Apóstata faria todo sentido em sendo verdade que haverá um anúncio no dia 8 de dezembro! O que será de fato uma boa coisa. 

E por que é uma boa coisa? É uma boa coisa porque as definições são boas coisas. Assim, se sabe exatamente do que se trata. E de quem se trata...

Podem não chamá-lo de "acordo", só para não darem o braço a torcer, mas que é um acordo é um acordo. E creio que será nos estritos moldes do Preâmbulo Doutrinal rechaçado pelo Capítulo de 2012 (e aqui também) que Fellay estava saltitantemente ansioso de tornar público em Albano, umas semanas antes e se viu obrigado a rechaçar publicamente, para salvar a cara (leia acerca da nova hermenêutica de Fellay).  

Como temos o Preâmbulo Doutrinal, basta esperar o dia 8 próximo para fazer as devidas comparações. 

Como eu não dividi esse travesseiro entre Francisco e Fellay, não posso jurar que seja verdade, e só me resta esperar pelo dia 8 de dezembro, rezando para que se faça a verdade nessa história suja.  

Se houver o anúncio, espero e desejo que os bons padres da Neofrat que continuavam com Fellay apenas porque preferiam acreditar piamente que não haveria acordo algum tenham a coragem e o juízo de fazer a coisa certa. Serão bem vindos!  

E espero e desejo também que esse tempo todo que se passou desde Bento XVI não tenha servido para cozinhar os sapos e as consciências (veja também aqui), porque as notícias que vem de lá não são nada louváveis. Eu esperava mais de homens que foram pessoalmente ordenados por Mons. Lefebvre ou que, de qualquer forma, me ensinaram a verdade que já não ensinam mais.

Aguardemos.   

Enquanto isso, ouçamos uma entrevista de Fellay, creio que seja a última que ele concedeu. Nas configurações podem ativar a legenda em Português:  



Se enviado por e-mail, pode não aparecer o vídeo, então clique aqui: https://youtu.be/2GWd3XH2uUw.


*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA