Pesquisar este blog

Novidades!!!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

"Eu sou gay e quero me curar" - a Psicologia diz que é possível! Leia aqui.

Aconselhamento

.
Existe um número muito grande de pessoas que voluntariamente buscam algum tipo de ajuda na internet.

Na área sexual o anonimato ajuda pessoas a se abrirem com maior facilidade.

Fakes ou reais, pessoas chegam aos montes e enxergam trabalhos de sexualidade como “consultórios” e ficam a espera de suas receitas.

Esses “consultórios” são de certo modo uma febre, na internet e você sempre encontra um com a porta aberta e a plaquinha de “Boas Vindas”.

Alguns sabendo disso, passam em vários “consultórios” escutando diversos tipos de direção (muitas vezes contrárias entre si) e acabam se confundindo ainda mais. E ao tentar cumprir todas, se perdem por excesso de direção e informações.


Como existem opções (ainda bem), as pessoas livremente optam por um trabalho que tenha maior afinidade, em outras palavras, aquele que a pessoa vê mais chances de obter resultados.

Não recrimino quem faça isso, já ouvi várias vezes que tais trabalhos não prestam, assim como muitos já ouviram que o Closet não presta. No fundo, o que as pessoas procuram é ajuda, cabe a quem oferece saber ser ou não escolhido como ajudador.

Reconhecemos bons frutos ao longo desse tempo, temos boas histórias na qual nosso auxílio foi proveitoso e eficaz. Que isso não seja para a exaltação de nosso trabalho, mas sim para a Glória de Deus.

Porém a dependência desse tipo de auxílio é um sério problema.

As pessoas se identificam com um trabalho (ou com uma pessoa) e geram uma grande expectativa de resultados. Acabam esquecendo que se tratam de trabalhos de “apoio” e não de “solução”.

Não foram poucas as vezes que ouvi pessoas dizendo: “Eu não consigo sair porque não tenho quem me ajude”, “Sozinho eu não consigo”, “Se eu tivesse alguém pessoalmente, isso seria diferente”.

A ajuda é limitada e nem sempre alcança necessidades especificas e pessoais. Muitos não encontram a ajuda da maneira que desejam ter e por isso perdem a motivação ou saem em busca de novos “consultórios” que possam suprir suas necessidades.

Alguns trabalhos vendem a ideia de necessários, como se fosse impossível conseguir qualquer mudança sem eles. Infelizmente alguns compram essa ideia e se esquecem que o foco deveria ser “aprender a andar com as próprias pernas”.

Ter o “apoio” é muito bom e necessário para alguns, mas a solução vem do alto.

Esperar que pessoas solucionem nosso problema é o mesmo que afirmar que Deus é incapaz de tal ato.

Muitos buscam um “consultório” da Terra e se esquecem do “consultório” Celestial.

Restauração sexual, em geral não é um milagre, não vem com um estalar de dedos da parte de Deus, mas é sim uma jornada de auto conhecimento e mudanças.

Sou a favor que as pessoas tenham incentivo e ajuda, mas sem esquecer que é Ele quem conhece o que cada um realmente precisa para uma mudança.

Colocar expectativas em pessoas e se esquecer da direção de Deus, é um erro muito comum.

Para alguns falta um “algo a mais” e é bem provável que esse “algo a mais” seja mais dEle.

Na verdade o que todos precisamos é dEle, e Ele colocará ao alcance de cada um, o que cada um necessita na caminhada.

“Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.”(PV 4.18)

Muitos saem frustrados, simplesmente porque não entenderam que talvez os consultórios não sejam necessários, mas que Ele é.

Então ao invés de gerar sonhos e expectativas, reconheça e agradeça as ferramentas que Deus tem colocado no seu caminho. E pode ter certeza que se você precisar de mais, Ele colocará mais ferramentas á sua disposição.

Se sentir incapaz e se acomodar nesta suposta incapacidade é afirmar que Ele não é Deus suficiente pra cuidar da situação.

Entregar o controle da sexualidade pra Deus, também é entregar a direção e acreditar que está na mão de um bom piloto.

Pensando nisso, o Closet oferece aconselhamento virtual como um apoio para que a pessoa possa caminhar.

Estamos longe de oferecer soluções, mas estamos cientes que as pessoas necessitam de cuidados, informações e incentivo.

Não se trata de um trabalho terapêutico, pois não somos terapeutas, mas se trata de um trabalho focado em Fé e autoconhecimento para que o homossexual consiga enxergar esperança e assim superar a própria situação.

Venha partilhar sua jornada com pessoas experientes e com conhecimento cristão no assunto da homossexualidade.


Entre em contato: contato@closetfull.com.br.
Visto em: http://www.closetfull.com.br/p/aconselhamento.html.

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA