Pesquisar este blog

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Carnaval: Santa Margarida Maria de Alacoque

O Carnaval


"Numa outra vez, no tempo de carnaval, apresentou-se-me, após a santa comunhão, sob a forma de Ecce Homo, carregando a cruz, todo coberto de chagas e ferimentos. O Sangue adorável corria de toda parte, dizendo com voz dolorosamente triste: Não haverá ninguém que tenha piedade de mim e queira compadecer-se e tomar parte na minha dor no lastimoso estado em que me põem os pecadores, sobretudo agora?"

"Eis aqui o coração que tanto amou os homens, até se esgotar e consumir para testemunhar-lhe seu amor e, em troca, não recebe da maior parte senão ingratidões, friezas e desprezos"

(Santa Margarida Maria Alacoque)








Fonte: Lumen Veritatis
Visto em: Apostolado Nossa Senhora do Rosário 


+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA