Convite

 
Feminismo: o maior inimigo da mulher
Grupo do Facebook • 157 membros
Participar do grupo
Grupo criado com o propósito de desmascarar o feminismo.
 

Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Verdadeira Vocação


É comum nos depararmos, atualmente, com péssimos exemplos de religiosidade. E ai descubro esse belo trecho sobre o espírito de mortificação, tão raro nos dias de hoje.


Amar o espírito de mortificação


Santa Verônica Giuliani
A Irmã que não ama o espírito de mortificação é uma infeliz, não podendo encontrar na vida de Comunidade o que deseja e portanto vive descontente; primeiro, porque não pode ter as satisfações das seculares, e isto produz doloroso arrependimento pelas renúncias feitas; segundo, porque não experimenta as doçuras espirituais da Religiosa fevorosa.

Quem, ao contrário, ama a mortificação, é sempre alegre, porque goz da alegria do espírito, supera com serenidade as inevitáveis moléstias da vida em comum e, quando se encontrar diante de um sacrifício, mesmo grande, com a oração e a boa vontade sai vitoriosa.

[Texto extraído de “Irmã, escute!” de Dom Giuseppe Tomaselli]


Tradução: O Blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA