Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O CORDEL DA DESISTÊNCIA

Um pouco de literatura para falar sério. Não pense que não estou acompanhando as sandices dos ralliés de todas as sensibilidades... Estou. Apenas estou sem tempo para atualizar o blog. Coisa que vou corrigir já. Aqui vai o cordel brilhantemente escrito pelo sr. Eugênio Mendes. A culpa não é de quem fala sobre, mas de quem faz coisas erradas. Não invertamos as coisas!   


Adendo, leia também: CORDEL DA DESISTÊNCIA II 




O CORDEL DA DESISTÊNCIA




*Por Eugênio Mendes





Um pequeno cordel em homenagem a insistência de Dom Williamson em defender os supostos milagres ocorridos na missa bastarda.  

Aqui estou eu novamente
este famigerado escravo
a muito tempo não escrevia
ando por ai meio bravo

de cara vou dizendo
que não sou bom no cordel
até porque sou mineiro
mas vou tentar ser bem fiel

uma história que começou
em um tempo moribundo
com um famoso conciliábulo
chamado Vaticano segundo

apareceu um grande bispo
que era chamado Marcel
escolhido por Nosso Senhor
tratou o modernismo com fel

apareceu também em Campos
um bispo chamado Leão
Castro Mayer era seu nome
foi depois tratado em vão

Marcel decidiu fazer
Em defesa de Nosso Senhor
quatro polêmicas sagrações
entre modernistas causou furor

os modernistas reagiram
com a chamada Ecclesia Dei
muitos tradicionais desistiram
esqueceram de Cristo Rei

porém os quatro bispos
deveriam seguir o legado
Foram uma grande decepção
Os quatro causaram estrago

um deles era Fellay
como líder da tradição
Não conseguiu fazer nada
Além de uma grande traição

rebelou-se então Williamson
parecia... ia defender
a fé como causa primeira
e a Cristo não iria ofender

doce ilusão a minha
acreditei enquanto podia
aos poucos fui percebendo
que era mais uma utopia

Willianson começou dizendo
atacando o sionismo
parceia muito bem
mas era só um “bom-mocismo”

a missa nova então
aos poucos defendia
era possível sustentar a fé
na missa bastarda com valentia

isso não é possível 
já dizia o bispo Marcel
que essa missa moderna
não passa de uma torre de babel

então estive pensando
na falida desistência
Oh meu Deus não entendo
porque tamanha insistência

Williamson disse uma vez
que o tal do milagrito
acontecido em missa nova
não era nada esquisito

quis fazer-me acreditar
que o fato da Argentina
era motivo de festa
pra comemorar com serpentina

mas eu não sou trouxa
Deus é sempre ordenado
não pode fazer milagre
pra me deixar enganado

sagrou mais dois bispos
que pareciam muito valentes
outra decepção
a covardia ficou latente

Dom Tomás então disse
diante da infâmia alheia
“Um bispo é um bispo” (1)
meu Deus a coisa “ta” feia

estou esquecendo de Trincado
dono do blog “tradicional”
só esquece de dizer
que é tudo liberal

a dona do tal blog
que por ai se diz "Cristera"
uma hora vai se dar conta
arrumou uma bela "duma" frieira

e Trincado andou dizendo
pra defender o famigerado
que não eram dogmáticas
as Palavras do Crucificado

e voltando aos milagritos
não preciso acreditar
nos falsos milagres em missa nova
“Cadê” o Magistério pra registrar?

o bispo de Kent disse então
houve muitas conversões
pra qual igreja pergunto?
pra qual das duas versões?

é fato que existem duas
assim disse Dom Tomás
uma verdadeira em uma falsa
quem será capaz?

de esclarecer essa séria dúvida
que talvez seja a questão
mas já deixou claro
o bispo chamado Leão

Castro Mayer já dizia
que houve um cisma então
com o tal conciliábulo
são duas igrejas, ou não?

e por isso sigo católico
não faço parte de grupo algum
quero apenas a Meu Deus
QUE EM TUDO DISSE QUE É UM (Efésios 4,5)

Viva Cristo Rei!!


(1) Pequena catequese depois da missa de 03/01/16, no Mosteiro de Santa Cruz, por mim presenciada. 

Fonte: http://missaocristorei.blogspot.com.br/2017/01/o-cordel-da-desistencia.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA