Pesquisar este blog

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Falsos padres, falsos católicos... Hipócritas! Hipócritas!



Porque necessário ao bem comum, vou comentar aqui, uma única vez, acerca do escândalo do suposto padre de Santos, Fernando dito "Macários", que se tornou público por causa de uma carta do Bispo de Santos (vide logo abaixo) informando que ele não foi ordenado na Igreja Conciliar. E me manifesto apenas porque algumas MENTIRAS foram ditas e algumas CALÚNIAS foram lançadas. Por amor à Verdade, eu vou contar esta história. 
   

AS NOTAS DO BISPO DE SANTOS E DO SUPERIOR PROVINCIAL DA ORDEM DE SÃO BASÍLIO 


clique para ampliar


clique para ampliar

 

O QUE DIZ O SR. MACÁRIOS/FERNANDO EM SUA DEFESA? 


O que ele sempre disse para nós é que não é nem uma coisa, nem outra, que ele é UNIATA. Mas nunca apresentou provas disso. Em uma nota que publicou em um site ligado à sua associação, ele se justifica. Leiam aqui. Ele também se pronunciou a respeito no Facebook, em seu perfil oficial: 


clique para aumentar


O que chama a atenção, nas duas manifestações, é que ele foi educado e cortês demais. Costumeiramente, por ter um temperamento colérico, quem o conhece sabe que não responderia assim. Meu palpite? Está sendo cauteloso porque não saiba, talvez, até onde os "inimigos" sabem das coisas, ou quem está ou não envolvido nisso (N.F.). Mas isso é apenas um palpite...  

Wherever, fato é que ele falou, falou, mas não provou que é padre, e ser-lhe-ia fácil uma vez que, como sempre disse, os documentos foram traduzidos e registrados em cartório. Fica a deixa para ele apresentar sua defesa e nos convencer que estamos TODOS errados.  

Agora, vou contar os fatos, e cada um se regule por sua própria consciência.   






AFINAL, "PADRE" MACÁRIOS FAZIA PARTE OU NÃO DA RESISTÊNCIA? 




O referido "padre" fazia parte da Resistência, SIM. E tenho as PROVAS. Vamos lá. 


PROVA N. 1 

Ele consta da lista de PADRES DA RESISTÊNCIA do blog Non Possumus, do México, que é de responsabilidade do Sofista Trincado. Mas não o procurem na "Carta de Apoio a Mons. Williamson", porque "misteriosamente" já não está mais lá. 

E quero fazer um parêntese sobre essa lista de apoiadores. Quando, por óbvias razões, nos afastamos de Dom Williamson e sua gang, solicitamos, eu e outros tantos fiéis, que nosso nome fosse removido dessa lista, uma vez que não o apoiávamos mais, e que a permanência de nossos nomes lá caracterizaria até mesmo um crime de falsidade ideológica. Este o e-mail que eu escrevi:
De: Judamore <judamore@gmail.com>
Data: 8 de dezembro de 2015 20:13
Assunto: Pedido
Para: "Rev. Pe. Rene Trincado de México" <rene_trincado@yahoo.com>
Cc: "Sra. Ana Teresa de Valle" <anadevalle@yahoo.com>

Reverendíssimo Pe. Trincado, cara Ana, 
em razão dos últimos Comentários Eleison, gostaria de pedir, em meu nome, de meu marido (André Ricardo Nakahara) e de minha filha (Carla d'Amore), que retirem nossos nomes da lista de apoio a Mons. Williamson (http://nonpossumus-vcr.blogspot.mx/p/comentarios-eleison.html). 
Se ele se retratar e adequar os Comentários à Doutrina da Igreja, vamos considerar a possibilidade de voltarmos a apoiá-lo publicamente. Agradecemos. 
In Iesu et Mariae
Giulia d'Amore 

Aqui a resposta do Sofista (sic, meu): 
Data: 9 de dezembro de 2015 00:31
Assunto: Re: Pedido
Para: Judamore <judamore@gmail.com>
Cc: "Sra. Ana Teresa de Valle" <anadevalle@yahoo.com> 
Eso lo debe ver con la señora Ana de Valle, que es la administradora de Non Possumus. Yo sólo ayudo en algunas cosas [sic!].  
Como sea, cumplo con advertirle que es poco honorable y poco digno de un católico, quitar una firma puesta en un documento de esa clase. 
Dios la bendiga. 
PRTC  

Eis a resposta da referida senhora (grifos meus): 
Data: 9 de dezembro de 2015 12:45
Assunto: Re: Pedido
Para: Judamore <judamore@gmail.com> 
(...)
A mi me parece que se están llevando las cosas demasiado lejos. La carta, además, es del 2012. No quitaré ninguno de los nombres porque son las personas que lo apoyamos cuando fue injustamente expulsado de la  FSSPX. "Lo escrito, escrito está".
Dios te bendiga,
Ana. 

Respostas estapafúrdias, porque, evidentemente, eles fazem questão de NÚMERO (na errada concepção que eles têm da Doutrina Católica, pois são justificados pela numerosa quantidade de adeptos, se retirassem os nomes dos que não apoiam mais Williamson... ficariam em quantos?). Enfim, isso me deixou aborrecida, confesso, porque é DESONESTO. Mas... nada como um dia após o outro e alguns meses de espera: de bônus, temos ainda  mais uma prova da DESONESTIDADE deles, pois nosso nome não foi retirado, mas o do Macários/Fernando... foi. Misteriosamente... Dois pesos e duas medidas é DESONESTO, sim.  

O nome de Macários/Fernando, caros leitores, está em outra lista, bem mais importante, que faz parte da "CARTA A UN SOLDADO DESCONOCIDO DE LA RESISTENCIA INTERNA", publicado no dia 4 de fevereiro de 2014, da lavra do Padre Chazal. Como se pode ver aqui abaixo: 


clique para ampliar
"Makarios" e "(América del Sur 12). 


Curioso é que o nome do Macários/Fernando vem até antes do nome do bispo-prior de Nova Friburgo... Curioso e irônico, não? 

Registro, também, que eu PRINTEI todo o texto e salvei in off. Sabem como é, gato escaldado...! Como eles são useiros e vezeiro em sumir misteriosamente com as PROVAS, eu não durmo mais no ponto! Tomou?...   


PROVA N. 2 

Há outros sites/blogs de referência da "Resistência" que elencam Macários/Fernando como "padre da Resistência". Alguns até já postaram notícias e fotos. Um desses é o Reconquista que, em MARÇO DE 2015, publicou a notícia da Missa rezada pelo Macários/Fernando em Santos (as fotos não abrem, mas o nome do Macários/Fernando está lá. Tradução livre e grifos  meus):  
"​Voici quelques p de la mission de Santos, dans l'état de Sao Paulo au Brésil. Cette mission est desservie par le père Makarios Lavrendiev, prêtre oriental passé à la résistance depuis au an environ (à notre connaissance). Nous sommes heureux de découvrir des photos de cette mission." [Aqui estão algumas fotos da missão de Santos, no estado de São Paulo, no Brasil. Esta missão é atendida pelo PADRE Makarios Lavrendiev, padre oriental que passou à resistência desde o ano passado (de nosso conhecimento). Nós somos felizes em encontrar fotos desta missão.]  

clique para ampliar e veja a notícia aqui.


PROVA N. 3 

Querem mais provas? Talvez provas de que Macários/Fernando frequentava as Missões da Resistência... Aqui vão as fotos da Missa que Macário/Fernando rezou na Missão São José, em Santo André (SP)












Uma observação sobre a Missão São José, de Santo André (SP). Eles também lançaram uma nota para lavarem as mãos sobre o Macários/Fernando. Curioso é o estilo tipicamente tomasino de encerrar o assunto: "quanto a ele ser padre ou não sê-lo, tal discussão não nos compete". Ou seja... as almas que se lasquem! Não é problema nosso. E como os acusadores também não são confiáveis, não vou dizer que ele não é padre... Sic! Onde está o amor à VERDADE? E o amor às ALMAS? Não importa se ele é padre ou não? E as almas que ele enganou e continuará enganando? E as confissões que ele ouve? E os sacramentos que ele ministra? Isso é desdém pelas almas. Sim, aí tem mesmo a assinatura tomasina! O inconfundível modus operandi tomasino: lavam as mãos e viram as costas tanto à VERDADE quanto às ALMAS, e, para completar, lançam mais calúnias contra um INOCENTE, o nosso Padre diretor. Mas eu queria ver o bispo-prior dar conta daquele "padre" que esconde no mosteiro e que causou confusão por onde passou, inclusive com as protegidas dele em Campo Grande... Essa vidraça tonsurada, por uma questão de justiça, deveria se retratar e mandar seu dirigido (vide mais abaixo a quem me refiro) se retratar também, e fazer melhor uso dos cilícios e disciplinas que ele tanto propagandeia... Tanta reza, tantas caras e bocas para rezar, tanto arrastar de saias e nenhuma virtude. Um dia desses, se me der na telha, vos conto a respeito do "exército de tolos de DT", um verdadeiro pelotão de pessoas que agem igual, falam igual, pensam igual... Um dia desses... 


PROVA N. 4 

Editei para acrescentar mais uma PROVA que acabo de encontrar na net: 


clique para aumentar

Trata-se do blog Syllabus, afiliado ao Non Possumus, e que traz o post: "MAS DE 75 GRUPOS DE LA RESISTENCIA EN EL MUNDO", incluindo a Missão de Santos (grifo meu): 
Ciudad de Santos, S. P. , Capilla de Ntra. Sra. del Perpetuo Socorro y Sta. Filomena, (P. Makarios:  azuil fernando morais <fernandoazuil@hotmail.com>)  

"P." é de PADRE Makarios...  E, sim, também printei essa página! 


Assim, provado o argumento, vamos adiante. 


POR QUE INTERESSA SABER SE MACÁRIOS/FERNANDO ERA OU NÃO DA RESISTÊNCIA? 



Interessa saber porque os DESISTENTES estão REESCREVENDO a história e negando um fato evidente. E, a par disso, estão querendo CULPAR UM PADRE VERDADEIRO E INOCENTE, para livrar-se da responsabilidade de ter acolhido uma pessoa assim. 

Senão vejamos, é fato que o Macários/Fernando era, sim, da Resistência. E, devo dizer, um apaixonado defensor dela, pois muitas vezes eu testemunhei a defesa árdua e incansável deste ou daquele padre ou bispo que esse senhor fez na internet, geralmente de forma destemperada e com palavras grosseiras. Daí meu estranhamento diante de suas últimas manifestações públicas. 

É fato também que todos nós fomos enganados. E não há vergonha nenhuma nisso, pois não somos infalíveis! Fomos enganados, sim, mas, descoberta a verdade, o excluímos da Resistência. Soubessem, os senhores leitores, a quantidade de falsos padres e falsos católicos que nos procuram, ficariam espantados! E, ademais, esse senhor vivia dizendo que havia apresentado as provas de sua ordenação ao próprio Williamson e, também, ao bispo-prior! Quem poderia duvidar disso???  

Não há vergonha alguma em ser enganado. Vergonha é MENTIR dizendo que esse senhor nunca fez parte da Resistência. Vergonha é CALUNIAR e PERSEGUIR os bons padres fiéis à Fé Católica que denunciam os traidores. Vergonha é SUMIR COM AS PROVAS da pertença do Macários/Fernando à Resistência. Vergonha é MANIPULAR A VERDADE para justificar as heresias, blasfêmias e asneiras de Williamson. Isto, sim, é vergonhoso!   

Quando começaram a chegar as denúncias contra ele (para mim, em outubro de 2015), e começamos a investigá-las, e tendo as provas cabais e suficientes para nosso convencimentos, fizemos o que era certo fazer: informamos aos fiéis que ele não estava mais conosco pelo fato de haver perdido a nossa confiança. O próprio Padre nosso diretor disse, publicamente, em Pouso Alegre, que já não apoiava mais a Macários/Fernando. E o fez naquela cidade simplesmente porque fora naquela cidade (em junho 2015) que publicamente o havia indicado como uma pessoa de confiança. Mais não foi dito porque esse caso está fora da nossa esfera de atuação. E, por isso, mais não digo. 

Obviamente, depois que descobrimos a verdade, e o nosso Reverendo Padre diretor o desmascarou e afastou, Macários/Fernando passou a nos atacar publicamente e em privado — típico de quem é pego em falta!... — e, por outro lado, passou a fazer elogios explícitos ao prior de Nova Friburgo, inclusive desmanchando-se em declarações amorosas e devotadas no Facebook quando da sagração daquele prior rechonchudinho, a quem chamava de "meu pai espiritual". Nunca li uma linha sequer, de algum desistente, rechaçando isso.... Alguém leu?... Me avisem! 

Por causa disso, eu me vejo, MAIS UMA VEZ, na obrigação de vir a público em defesa da Verdade e também da honra de nosso diretor espiritual, tendo em vista que os DESISTENTES continuam a lançar-lhes calúnias, como esta abaixo, desse tal Vinícius, ou Irmão Atanásio Maria OSB: 



Esse print foi retirado de um outro blog
clique para ampliar a imagem


Vejam que esse "Padre que saiu da resistência (USML)", a que esse caluniador faz referência, é o nosso diretor espiritual. Quem mais, por amor à Verdade e à Fé, saiu da "Resistência de Williamson" no Brasil?... 

E, quando diz: "indicava ele aos fieis mesmo sem o consentimento do Bispo", não tenho receios de dizer que MENTE, uma vez que Williamson não só autorizou como achava desnecessário que o Macários/Fernando fizesse a ordenação sob condição porque, tanto ele quanto Faure, o reputavam VERDADEIRO PADRE DA IGREJA CATÓLICA, se não porque ele estaria na lista de Non Possumus e de Syllabus. E como PADRE?... 

E, por fim, quando diz: "posso lhes assegurar que nunca o suposto Padre Macairos (sic) foi integrante ou membro da resistência católica" ou "digo então que desde sempre o Padre Macairos (sic) nunca fez parte dos padres da USML", o rapaz em questão MENTE, mais uma vez, porque o tal Macários/Fernando fazia parte, SIM, da "Resistência". Prova sobeja disso são as fotos da missa em Santo André, SP, o nome dele na lista da Resistência no blog do Sofista e na do blog do pupilo dele, e, enfim, as declarações do blog Reconquista.  

Dai que me pergunto: por que mente esse rapaz?... E o faz por si só ou a mando de alguém?... Ficam as indagações. 

De relevar que esse pronunciamento é singular e emblemático porque mostra o viés moral que tomou conta da DESISTÊNCIA, desde que se obstinaram em tomar as dores do bispo traidor, defendendo-o em suas heresias, blasfêmias ou asneiras, sobre as quais falamos por demais no blog, chegando ao ponto de manipular São Tomás de Aquino, com a cumplicidade dos Dominicanos de Avrillé, preguiçosos demais para se dar ao trabalho de defender a Verdade, e do maior tomistas de todos os séculos, sobre o qual já não é preciso falar mais nada. Em sua obstinação impenitente chegam a utilizar técnicas bolchevistas, como a do assassinato de reputações, esparramando calúnias pela internet, de forma leviana e CONSCIENTE, como faz nesse print esse Irmão Atanásio... E, diga-se, o fazem com as bençãos do diretor espiritual deles. O que mostra bem o naipe desse diretor.  

Chama-me a atenção também a forma como essa súcia termina os "textões", e-mails e demais comunicados, como neste caso em tela: "Salve Maria, Rezem o rosário sempre! U.I.O.G.D"... Ó povinho bão, piedoso e virtuoso!!! (SQN) Corações sujos!!! Sepulcros caiados!!! Raça de víboras!!! Eu me pergunto como conciliam o sono à noite. Pior... como comungam?!?!?! Pior ainda... como CONSAGRAM?!?!?! 

Graças a Deus, não pertenço a essa gente. Não tenho parte com eles. Prefiro o Paraíso. 

Giulia d'Amore - Missão Cristo Rei de Campo Grande - MS. 


OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: senhores defensores da DESISTÊNCIA e do Macários/Fernando não gastem teclado para enviar comentários que não serão nem mesmo lidos. Encerro o assunto aqui, pois não pretendo voltar a falar nisso. Se não me derem motivo. Mas se for necessário, eu ainda tenho munição suficiente para por uma pá de cal definitiva no assunto. Não tentem a irmã...  
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA