Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Escândalos e valores - sobre bebês por quilo e leões

Escândalos e valores



de Carlos Ramalhete para Gazeta do Povo


Dois escândalos sacudiram a internet nestes últimos dias. O primeiro deles foi a descoberta de que a mentalidade capitalista havia estendido aos bebês o aproveitamento total que já dispensava aos bois, de que, diz-se, só não se aproveita o suspiro. A Planned Parenthood, multinacional americana do aborto (aqui conhecida como Benfam - vide sobre essa ONG), descobriu-se, vende pedaços e peças sortidas dos bebês que mata. É possível encomendar, por exemplo, fígados, articulações, rins, o que se quiser. Foram três vídeos [vide abaixo um deles] filmados em segredo, em que diretores da indústria da morte foram flagrados falando abertamente sobre como aprimoraram suas técnicas de coleta de partes de bebês. Uma amiga, fortemente pró-aborto, ao ver isso, comentou que parecia algo vindo de um filme de terror.

A outra notícia escandalosa, contudo, deixou no chinelo o filme de terror. Ao contrário da primeira notícia, que valeu até mesmo editoriais de jornais supostamente sérios condenando... quem filma em segredo (!) e procurando livrar a Planned Parenthood de sua evidente responsabilidade, a outra notícia teve reação unânime. O presidente dos Estados Unidos não se manifestou (como o fez em favor da Planned Parenthood, aliás), creio eu, mas gente que se manteve completamente calada no primeiro escândalo pediu até a pena de morte para o culpado do segundo. Não sem antes, claro, dizer que é normalmente contra a pena capital.

Há uma deformação gravíssima na forma de pensar da sociedade em que vivemos

Este escândalo espantoso foi a morte de um leão de pelame pouco usual, atraído por caçadores para fora da reserva natural onde vivia, no Zimbábue. Um dentista americano pagou US$ 55 mil pelo “privilégio” de matar o bicho. Ainda que o trauma que todos normalmente temos de dentistas já nos predisponha a condenar fortemente o moço, convenhamos, há uma diferença substancial entre gastar uma pequena fortuna para matar um animal inocente e ganhar uma imensa fortuna matando bebês ainda mais inocentes e vendendo os pedaços para quem der mais.

A diferença entre as reações tíbias dos bem-pensantes ao primeiro escândalo e a veemência com que se manifestaram acerca do segundo fez aparecer, nua e crua, uma deformação gravíssima da forma de pensar da sociedade em que vivemos. Seu altíssimo grau de decadência fez com que ressurgissem algumas das piores características do paganismo, como o desprezo pelo valor da vida humana – valor esse que a Igreja, ao longo dos últimos 2 mil anos, conseguiu incutir como elemento essencial da civilização.

Quando algo tão essencial se perde – e vemos isso não apenas no aborto e na eutanásia, como no horrendo aproveitamento comercial de restos mortais –, a sociedade só tende ao caos e à dissolução de todo valor humanístico. Em breve veremos a volta da escravidão, se é que ela já não está presente algures.

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/colunistas/carlos-ramalhete/escandalos-e-valores-2ekkreh6ym7orayftw7k5ylgd.  



Prezado sr. Carlos Ramalhete... a escravidão ainda existe e já existe. Ou seja, em alguns lugares ainda existe da forma como historicamente a conhecemos, mas já existe em suas variáveis, como a exploração pela prostituição contra vontade. Os humanistas lutaram por séculos para que as prostitutas fossem "dignificadas" como profissionais autônomas, como se fosse digno vender o corpo de forma tão abjeta, e agora não conseguem parar o bilionário mercado da exploração sexual forçada. A escravidão sexual de pessoas de todas as idades, desde bebezinhos recém-nascidos a idosos, é uma realidade na sociedade repaganizada que o Iluminismo quis forjar, excluindo Deus de nossos lares, de nossas cidades, de nossos países, da vida privada e da vida pública. Receberam pelo que pagaram. Reclamar do que?  

Se não se voltar urgentemente de novo para Deus, não só a sociedade anárquica para a qual estamos caminhando vai se autodevorar, como vai pesar a mão de Deus sobre toda a Humanidade, de forma bem mais dura do que em Sodoma, Gomorra e demais cidades, que sumiram literalmente do mapa. Vinde Senhor!    



* * *

Um dos vídeos da Planned Parenthood:



   


Leia mais sobre o aborto: http://farfalline.blogspot.com.br/p/aborto.html


 
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA