Pesquisar este blog

sábado, 14 de julho de 2018

O duplipensar de Francisco


Recebi hoje por email uma notícia dos EUA que me remeteu imediatamente a outra notícia que havia lido um dia desses. Os assuntos em si não tem nada a ver, mas a atitude de Roma apóstata é a mesma. 

Assunto 1. Nos EUA, há uma Associação Norte-Americana de Virgens Consagradas - USACV, que ficou chocada com um documento a respeito das virgens consagradas - mulheres que não vivem em conventos/mosteiros, mas no mundo e se consagram a Deus - que o Vaticano publicou a pedido de bispos do mundo todo, tendo em vista o aumento de interessadas nesse estilo de vida. Na sessão 88 de dito documento, consta que, a partir de agora, para ser uma virgem consagrada, a candidada não precisa ser virgem... sim! Isto mesmo! Parece até dizer que se for virgem, muito bem, parabéns, mas não é tão meritório assim; e se não for virgem o que importa é que não tenha se casado nem tido uma vida pecaminosa pública... HIPOCRISIA!!!  

O documento se intitula: "ECCLESIAE SPONSAE IMAGO", que trata da "Ordem das Virgens" e foi publicado pela Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. 

A USACV afirmou: "É chocante ouvir da Igreja Mãe que a virgindade física não pode mais ser considerada um pré-requisito essencial para a consagração a uma vida de virgindade. Toda a tradição da Igreja tem firmemente confirmado que uma mulher deve ter recebido o dom da virgindade - isto é, material e formal (físico e espiritual) - para receber a consagração das virgens. No rito de consagração a um vida de virgindade, uma mulher é consagrada como “noiva de Cristo”, para que ela possa ser “uma escatológica imagem do mundo por vir e da Noiva celestial de Cristo" (da Introdução ao Rito de Consagração a uma Vida de Virgindade). "Os pré-requisitos para a consagração como declarados na Introdução ao Ritual de Consagração a uma Vida de A virgindade não muda com a emissão desta Instrução". 

Ou seja, para ser uma virgem esposa de Cristo não precisa ser virgem... 

Assunto 2. O outro assunto é Medjugorje. Quando eu li o título me enchi de esperanças, mas logo voltei à normalidade: as "forças malignas" de que fala o título do artigo não é a falsa aparição, mas... businessRoma apóstata não reconhece a aparição como verdadeira, e o diz com todas as letras, contudo tutela os peregrinos e todos os que acreditam nisso, e, por isso, permite e acompanha as romarias e o turismo religioso que se fazem lá.  
Bom, a bem da verdade, quem acompanha mesmo, ao que parece, é a máfia napolitana, que está instalada em Medjugorje e controla tudo. Mas isto é outro assunto.  
O que interessa, hoje, é que Roma parece ter enlouquecido. Mas não enlouqueceu. Essa confusão é própria de Satanás e de suas obras. Esse duplipensar e a ambiguidade são próprios do modernismo e do CVII. 

Dizer que a Igreja pode permitir romarias a Medjugorje apenas para tutelar os peregrinos é o mesmo que dizer que permitiria romarias a um bordel para tutelar os peregrinos que por lá se hospedem. O exagero aqui é proposital!  

Oras, se Roma apóstata não reconhece a aparição de Medjugorje como sendo Nossa Senhora... é o que, então? Charlatanismo, possessão?... A Igreja DEVE se pronunciar CLARAMENTE a respeito das questões que se apresentam, sobretudo se estão a usar a imagem de Nossa Senhora para enganar pessoas. 

E, por outro lado, quando diz que para ser virgem não precisa ser virgem... o que exatamente quer dizer? 

E não é à toa que padres como o Fabio de Melo tomam o microfone para falar sobre moral ensinando o erro. Não é à toa que vemos seminaristas sendo ensinados que, antes de serem ordenados, eles PRECISAM vivenciar o sexo, seja com quem for, porque somente assim poderão cuidar dos problemas do rebanho. E se no rebanho tiver drogados, o seminarista deve fazer uso de drogas?...  

Senhores, Francisco certamente não é o Anticristo, mas está a serviço dele. Ele e toda a corja que ocupou a Cúria Romana. E se preparem porque os escândalos não têm fim.  

Recentemente, saiu um documento vaticano que possibilita o diaconato feminino (coisa que Francisco quer muito), mesmo após os "prelados" conciliares terem jurado que isso é algo no qual não mexeriam. Logo virá o sacerdócio feminino... Podem ter certeza que tudo está pronto e está sendo tornado público aos poucos, para ir preparando os ânimos. Se trata das janelas de Overton. Já ouviram falar? Não? Então, percam um pouco de tempo para ler a respeito, e logo individuarão as janelas nas ações de Roma modernista, desde o último grande cisma que foi o CVII. 

Boa noite. 


Leiam os passos do inimigo para acabar com o Santo Sacrifício: http://farfalline.blogspot.com/2017/02/liaisons-bergueilleuses.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui