Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de julho de 2018

A DEFINITIVA PROMESSA LIGADA AO ESCAPULÁRIO DE NOSSA SENHORA DO CARMO

Salve Maria!

Prezados, seria interessante todos os membros de nossas Capelas terem o santo Escapulário, e terem devoção para com este privilégio que a Santíssima Virgem legou para os Católicos. 



A PROMESSA DA VIRGEM


Cliquem para mais imagens
Um livro chamado “Viridarium”, escrito em 1389 por João Grossi, geral da Ordem do Carmo, narra o seguinte:

“O nono santo da Ordem é o sexto geral da mesma, chamado Simão Stock, ou Simão da Inglaterra, que suplicou à gloriosíssima Mãe de Deus que concedesse algum privilegio aos Carmelitas, que se regozijavam de ser especialmente conhecidos pelo nome da “Ordem da Virgem”. Um dia, acompanhada por uma multidão de Anjos e segurando em Suas mãos o Escapulário da Ordem, apareceu-lhe a Santíssima Virgem e lhe disse: “ISTO SERÁ UM PRIVILÉGIO PARA TI E PARA TODOS OS CARMELITAS; QUEM MORRER REVESTIDO COM ISTO NÃO SOFRERÁ O FOGO ETERNO: E OS QUE A HORA DA MORTE, O TIVEREM SOBRE SI, SERÃO SALVOS.”

(...)

Poderosíssima ajuda para a salvação, o Escapulário pertence a uma categoria única. “O Escapulário é um dos maiores meios de Salvação, porque Maria ligou ao Escapulário uma promessa de salvação, e, portanto, também uma proteção especial, o que significa que Ela nos dá um meio muito poderoso para levarmos a bom termo a nossa peregrinação terrena.” (Padre Houdry.) 

(...)

O abuso dos Sacramentos de Nosso Senhor constitui pecado horrível de sacrilégio. O abuso do Escapulário de Maria é, de igual forma, uma grande ofensa. Seria rematada loucura aproveitar-se alguém da Promessa de Maria, usando o Escapulário como desculpa para poder levar uma vida de pecado! 

(...)

Acontece, às vezes, que uma pessoa é tentada a cometer uma falta grave, por exemplo de impureza ou de roubo, e vem-lhe ao pensamento: “Porque não o fazes? Usas o Escapulário, passado este momento, não há que ter receio da tua eterna salvação”. Temos aqui Satanás, servindo-se da promessa de Maria para arrastar uma alma ao pecado. É disto exemplo típico para nós, certo milagre do Escapulário, bem comprovado: 
Um homem desculpava abertamente sua perversa vida, jactando-se de usar o Escapulário; reivindicava para si a certeza da salvação, ao mesmo tempo em que desedificava o próximo com abomináveis excessos. Perseverou nesta presunçosa crença até que foi surpreendido pela morte. Então, aqueles a quem tinha escandalizado foram testemunhas de um acontecimento que não era raro nos anos em que os homens procuravam compenetrar-se do sentido da Promessa de Maria acerca do Escapulário. Ao avizinhar-se da morte, o infeliz pensou que o Escapulário era a causa da sua angustia. Chamou, dolorosamente, que o escapulário o estava a queimar. Num último e supremo esforço, arrancando-o, atirou-o para longe de si... Morrendo assim, sem o Escapulário, foi encontrar-se com o Juiz Divino... (pe. Huguet, “La devocion à Maria en exemples”, Tomo II).

(...)

Na última aparição de Fátima, a Santíssima Virgem apareceu no céu, trazendo nas mãos o Escapulário marrom, um sinal de consagração que nos pedia, sinal que é um dos auxílios para se levar uma fervorosa vida cristã. É um auxiliar importante, muito importante. Caso contrário, Nossa Senhora, ao aparecer pela última vez em Fátima, não o teria trazido nas mãos. O Escapulário não seria, então, juntamente com o Rosário, o mais privilegiado e indulgenciado sacramental que existe na Igreja? (...) Se o mundo não apreciar este profundo sentido das devoções do Escapulário e do Rosário, foi inútil a vinda de Nossa Senhora de Fátima até nós.(...) Se, do mesmo modo, não compreendermos que o Escapulário é um sinal de consagração a Nossa Senhora e a insígnia da fórmula “Maria, nosso caminho”, teremos trocado novamente a substancia pela aparência.

A única sobrevivente dos três pastorzinhos de Fátima, irmã Maria Lúcia do Coração Imaculado, foi interrogada no dia 15 de agosto de 1950, sobre a razão por que, na última aparição de Fátima, Nossa Senhora trazia em suas mãos o Escapulário. Ao que ela respondeu: “Porque Nossa Senhora quer que todos usem o Escapulário”

Sendo-lhe pedida uma explicação mais completa, ela continuou: “A razão disto é que o Escapulário é um sinal de consagração ao Coração Imaculado de Maria”. 

Depois lhe perguntaram se, para a realização dos pedidos de Nossa Senhora, o Escapulário é tão importante como o Rosário, a Irmã respondeu: “O escapulário e o Rosário são inseparáveis”

Tirado do livro “Maria na sua promessa do Escapulário”, 1954, John Haffert




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui