Pesquisar este blog

Novidades!!!

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

2 de Novembro: Dia dos Fiéis Defuntos - Ipatinga-MG

Hoje, podem se rezadas três Missas. Aqui a foto de uma das Missas na Missão Cristo Rei de Ipatinga-MG


Também é dia de visita aos cemitérios, para rezar pelos defuntos: 


Recomendação: um terço e seis Pai-Nossos, três Aves e Glória, para ganhar indulgência plenária para uma alma



Também fomos visitar o cemitério, em Campo Grande. Chovia. E pude observar que, apesar da chuva, que por vezes engrossava, havia visitantes: sozinhos, casais e famílias. Pelo exemplo, os pais ensinando aos filhos esta piedosa devoção. Que Deus lhes dê a graça da conversão. E aos fiéis defuntos, a pronta libertação do Purgatório.  

Nós rezamos, no cemitério, esta devoção:  


Otavário para todos os Defuntos

Começa no dia 2 de Novembro 


I. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos rogo: pelo precioso Sangue que o Vosso divino Filho Jesus derramou no Horto, livrai as Almas do Purgatório e singularmente, entre todas, a mais abandonada e desprovida de sufrágios.

Requiem aeternam dona eis, Domine, et lux perpetua luceat eis.

II. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos rogo: pelo precioso Sangue que o Vosso divino Filho Jesus derramou em sua cruel flagelação, livrai as Almas do Purgatório e, entre todas, singularmente a que se encontra mais próxima ao ingresso na Vossa gloria.

Requiem aeternam...

III. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos rogo: pelo precioso Sangue que o Vosso divino Filho Jesus derramou em sua acerba coroação de espinhos, livrai as Almas do Purgatório e, em particular, aquela que se encontra mais distante de ser livrada.

Requiem aeternam...

IV. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos rogo: pelo precioso Sangue que o Vosso divino Filho Jesus derramou pelas estradas de Jerusalém ao carregar a Cruz sobre seus sagrados ombros, livrai as Almas do Purgatório e, singularmente, aquela que é mais rica de méritos diante de Vós.

Requiem aeternam...

V. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos rogo: pelo precioso Corpo e Sangue de Vosso divino Filho, que Ele próprio, na vigília de sua Paixão, deu já como alimento e bebida aos seus caros Apóstolos e deixou a toda a sua Igreja para sacrifício perpétuo e alimento vivífico dos seus fieis, livrai as Almas do Purgatório e especialmente a mais devota deste Mistério de infinito amor.
Requiem aeternam...

VI. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos suplico: pelo precioso Sangue que o Vosso divino Filho Jesus derramou na árvore da Cruz, máxime de suas mãos e pés santíssimos, livrai as Almas do Purgatório e singularmente aquela pela qual eu estou mais em débito de Vos rogar.

Requiem aeternam...

VII. Ó Senhor Deus Todo-Poderoso, eu Vos suplico: pelo precioso Sangue que dimanou do costado do Vosso divino Filho Jesus na presença e com extrema dor de sua santíssima Mãe, livrai as Almas do Purgatório e, singularmente, entre todas, aquela que foi a mais devota desta grande Senhora. Vos rogamos, por fim, ó bom Deus, de usar de piedade e misericórdia para com todas as Almas do Purgatório: livrai-as das penas atrozes que sofrem e admitai-las na Vossa glória, onde poderão Vos louvar e Vos bendizer por todos os séculos. Assim seja.

Requiem aeternam...

Salmo 129

De profundis clamavi ad te, Domine: Domine, exaudi vocem meam.
Fiant aures tuae intendentes, in vocem deprecationis meae.
Si iniquitates observaveris, Domine: Domine, quis sustinebit?
Quia apud te propitiatio est: et propter legem tuam sustinui te, Domine.
Sustinuit anima mea in verbo eius: speravit anima mea in Domino.
A custodia matutina usque ad noctem, speret Israel in Domino.
Quia apud Dominum misericordia: et copiosa apud eum redemptio.
Et ipse redimet Israel ex omnibus iniquitatibus eius.

V. Requiem aeternam dona eis, Domine.
R. Et lux perpetua luceat eis.

V. A porta inferi.
R. Erue, Domine, animas eorum.

V. Requiescant in pace.
R. Amen.

V. Domine, exaudi orationem meam.
R. Et clamor meus ad te veniat.

Oremus. - Fidelium, Deus, omnium Conditor et Redemptor, animabus famulorum famularumque tuarum remissionem cunctorum tribue peccatorum: ut indulgentiam, quam semper optaverunt, piis supplicationibus consequantur: Qui vivis et regnas in saecula saeculorum. Amen.

V. Requiem aeternam dona eis, Domine.
R. Et lux perpetua luceat eis.

V. Requiescant in pace.

R. Amen.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA