Pesquisar este blog

Novidades!!!

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Pelos poderes de Grayskull! Ou... EM PLENA COMUNHÃO!

Pelos poderes de Grayskull! 

Ou... EM PLENA COMUNHÃO! 

Ou... EU SOU O JUIZ!


Sob o refrão de que nunca houve e nem há um acordo ESCRITO, a neo-FSSPX segue, alegre e contente, entoando cânticos, em direção a Roma Apóstata, guiada por Monsenhor Fellay, que agora ostenta, orgulhosamente, o encargo de JUIZ dos Sacerdotes da neo-FSSPX, a qual já está em plena comunhão com Francisco I, o mesmo que "não julga os gays", mas beija-lhes os pés, assim como a todo tipo de INIMIGOS DE DEUS, como muçulmanos, bandidos, abortistas, comunistas... 

Vamos raciocinar (ou seja, fazer uso da razão):

1. É o mesmo Monsenhor Fellay quem confessa o fato:  


(ouça os minutos 34 a 36)




Se não abrir no e-mail, clique aqui: https://youtu.be/T6pas3XWM8w.


2. Ele mesmo diz que já usou desse "poder" que lhe foi dado por Roma APÓSTATA, ao expulsar Bispo e Padres rebeldes.  E usando o Código de Direito Canônico de 1983.
3. Mons. Williamson e alguns Padres depois dele foram expulsos da neo-FSSX (porque na FSSPX eles continuam) por terem denunciado os crimes de Monsenhor Fellay contra a Fé e contra a FSSPX.
4. Ou seja... o acordo - escrito ou não - já estava valendo quando do "julgamento" e expulsão deles! 
5. Ainda que fosse para daqui para frente, fato é que Monsenhor Fellay está satisfeito de receber esse poder de alguém que, segundo Mons. Lefebvre, não tinha poder para excomungá-lo, pois não pertencia àquela igreja!... SIC! 
6. Contudo, o próprio Monsenhor Fellay AFIRMA que já fez uso desses "poderes"...  

Eu não sei como se pode deixar mais claro do que isso. Porque se alguém não compreende isso, como compreenderia se eu desenhasse?  

O dom do entendimento que o Espírito Santo nos dá sobejamente no Batismo e confirma na Crisma, está evidentemente ofuscado nessas criaturas ingratas: ingratas ao Deus Pai que as criou, ao Deus Filho que as redimiu e ao pai espiritual, Mons. Lefebvre que lhes deu a ordem (e a sagração episcopal em três casos) e lhes transmitiu a Fé como a recebeu. 

O que causa espanto é que haja Bispos e Sacerdotes que são reputados honestos e que continuam a se calar diante de mais um escândalo protagonizado por Monsenhor Fellay! Até quando? O que precisa acontecer? É necessário vê-los de joelhos beijando pés de travestis? Até eu, do longínquo recesso de meu lar, sei o que passam os Padres nos distritos, prioratos e seminários nas mãos de seus superiores! Será que o prato cheio e a cama quente valem mais do que a VERDADE e a consciência limpa? Como conciliam o sono os reverendos e excelentíssimos? E os sumos teólogos que dominam o tomismo enquanto saboreiam o lambrusco dos Padres e fumam seus reluzentes cachimbos? 

Deve ser parte do Mistério da Iniquidade, que só compreenderemos no dia em que estaremos diante de Deus, para prestar contas de nossas ações. Certamente, Ele não vai nos perguntar se vimos um acordo escrito em um pedaço de papel.  Ou será que vai? 

Sagrado Coração de Jesus, tende piedade de nós. E abri os olhos dos dormidos

Giulia d'Amore 



Fontes:
  1. http://aveclimmaculee.blogspot.com.br/2015/06/mgr-fellay-dit-avoir-recu-le-pouvoir-de.html
  2. http://brasildogmadafe.blogspot.com.br/2015/05/bishop-fellay-appointed-by-rome-to.html 
  3. http://www.ecclesiamilitans.com/2015/05/31/bishop-fellay-appointed-by-rome-to-judge/ 
  4. http://www.novusordowatch.org/wire/fellay-appointed-rome-judge.htm 
  5. http://www.traditio.com/comment/com1505.htm 
  6. http://abplefebvreforums.proboards.com/thread/4260/bishop-fellay-appointed-punish-priests-42926 
  7. http://wwwapostoladoeucaristico.blogspot.com/2015/06/increible-mons-fellay-declara-que-roma.html 
 

Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA