Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Santo Eduardo, Confessor, Rei dos Ingleses

13 de outubro

São Eduardo  III

O Confessor 
Rei dos Ingleses 



Eduardo, o confessor, era filho do Rei Etelredo II e sua esposa norueguesa Emma, neta do Duque Richard I da Normandia. Ele nasceu em Islip, na Ingleterra, e foi enviado para a Normandia com sua mãe no ano de 1013, quando os Danes, os Sweyn e seu filho Canute invadiram a Inglaterra. Canute permaneceu na Inglaterra no ano seguinte à morte de Ethelred, e, em 1016, casou-se com Emma, a qual já havia retornado à Inglaterra. Com este casamento, Canute tornou-se Rei da Inglaterra. Ele foi o penúltimo Rei saxão de Inglaterra, entre 1042 e 1066. Eduardo continuou na Normandia e foi criado como um normando.

Em 1042, com a morte do seu meio irmão Hardacanuto, filho de Canuto com sua mãe Emma, Eduardo foi aclamado Rei da Inglaterra. Eduardo foi coroado a 3 de Abril de 1043 na Catedral de Winchester, e subiu ao trono restaurando a dinastia saxã que se iniciara com Alfredo, o Grande.


Em 1044, ele casou-se com a Edite, filha do poderoso Earl Godwin. O casamento não gerou filhos, pois de comum acordo mantiveram-se castos, já que Eduardo era extremamente religioso, e Edite e Eduardo se tornaram profundos amigos. Seu reinado foi pacifico e caracterizado pela sua bondade e pelo término de odiosas taxas e impostos, e com lutas internas parcialmente provocadas pela sua inclinação a favor dos normandos, inclusive Robert de Jumienes, que Eduardo trouxe com ele da Normandia e o indicou Arcebispo de Canterbury em 1051. No mesmo ano, Edward baniu Godwin, que tomou refugio em Flanders e voltou no ano seguinte com uma frota pronta para a rebelião.


A  rebelião já estava armada, mas foi evitada  pelos dois homens que se encontraram e resolveram suas diferenças.

As dificuldades continuaram após a morte de Godwin. Os seus dois filhos Horold e Tostig tinham um olho no trono desde  a infância.

Depois que Harold foi nomeado sucessor do Earl da Northumbia, Eduardo passou a ficar mais interessado nos negócios religiosos e construiu a Abadia de São Pedro em Westminter, no local da mesma Abadia de hoje. É a mais linda da Inglaterra, e é onde ele foi enterrado. 

Sua piedade lhe deu o  apelido de “O Confessor”. Morreu em Londres aos 5 de Janeiro e foi canonizado em 1161 pelo Papa Alexandre III. Eduardo encontra-se sepultado na Abadia de Westminster.

De acordo com a Tradição, Santo Eduardo estava retornando de uma Missa e deu seu valioso anel para os pobres de São João Batista, o qual lhe apareceu como um peregrino. Algumas horas mais tarde, dois peregrinos ingleses que estavam retornando da Terra Santa encontraram com outro peregrino, que se apresentou a eles como sendo São João Batista. Através deles, São João Batista prometeu ao Rei que em 6 meses Eduardo estaria com ele para sempre. A mensagem trouxe alegria ao Rei.

Como predito, 6 meses após Santo Eduardo faleceu em Westminter, no dia 5 de janeiro. “Não chore”, disse ele à rainha em seu leito de morte : “eu não morrerei e sim viverei para sempre”.

Na arte litúrgica da Igreja, ele é mostrado segurando o anel, e, às vezes, é mostrado dando o anel a um peregrino. Em geral, é mostrado com as vestes reais, segurando um cetro ou uma pomba branca.

Fonte: http://www.cademeusanto.com.br/sao_eduardo.htm.

Leia, também: http://www.catolicismo.com.br/materia/materia.cfm?IDmat=B13144BF-0173-AB8D-E069618F9FAFD622&mes=Outubro2012.   

 
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA