Pesquisar este blog

sábado, 30 de novembro de 2013

Caridade

Antologia de São João Crisóstomo


Caridade



Se a simples circunstância de serem de uma mesma cidade é suficiente para que muitos se façam amigos, como não terá de ser o amor entre nós, que temos a mesma casa, a mesma mesa, o mesmo caminho, a mesma porta, idêntica vida, idêntica cabeça, o mesmo pastor e rei e mestre e juiz e criador e Pai? (Homilias sobre São Mateus, 32, 7)

Procuremos aquelas virtudes que, além de nos darem a salvação, aproveitam principalmente ao próximo. [...] Nas coisas terrenas, ninguém vive para si mesmo. O artesão, o soldado, o lavrador, o comerciante, todos sem exceção contribuem para o bem comum e para o proveito do próximo. Por maioria de razão nas coisas espirituais, porque isto, acima de tudo, é que é viver. Aquele que vive só para si, e despreza os outros, é um ser inútil, não é um homem, não pertence à nossa linhagem.

Também nós seremos chamados a prestar contas dos mandamentos que nos foram dados, e, por mais que façamos, não teremos com que pagar. Por isso Deus nos deu um caminho chão e fácil para pagar, um meio simples de saldar toda a nossa divida: não guardar nunca rancor ao nosso próximo. (Homilias sobre São Mateus, 61, 3)

Nada nos assemelha tanto a Deus como o estarmos sempre dispostos a perdoar. (Homilias sobre São Mateus, 19, 3)

Deus a ninguém aborrece e rejeita tanto como ao homem que se lembra da injúria, ao coração endurecido, ao ânimo que conserva o ressentimento. (Homilia sobre a traição de Judas, 2, 6)

Quem é humilde é útil a si e aos outros. (Homilias sobre os Atos dos Apóstolos, 6).

Fonte: http://www.ecclesia.com.br/biblioteca/pais_da_igreja/s_joao_crisostomo_vida_e_obra.html.

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

A máfia homossexual dentro da Igreja Católica

A máfia homossexual dentro da Igreja Católica 


clique para ler, mas leia com cuidado!
Não concordamos com tudo o que é dito.



+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

A Imaculada Conceição


clique na imagem para saber mais sobre esta festa



Fé e Oração

Antologia de São João Crisóstomo


Fé e Oração



Abrir os olhos é coisa de Deus, escutar atentamente é coisa nossa; a fé é simultaneamente obra divina e obra humana. (Homilias sobre os Atos dos Apóstolos, 35)

Deus chamou [os Magos] servindo-se daquilo que lhes era mais familiar e mostrou-lhes uma grande e maravilhosa estrela para que lhes chamasse a atenção pela sua própria grandeza e formosura [...]. Enquanto os Magos estavam na Pérsia, não viam senão uma estrela; mas, depois que deixaram a sua pátria, viram o próprio Sol da justiça. (Homilias sobre São Mateus, 6, 3-6)

Quando digo a alguém: "Roga a Deus, pede-lhe, suplica-lhe", responde-me: "Já pedi uma vez, duas, três, dez, vinte vezes, e nada recebi". Não cesses, irmão, enquanto não tiveres recebido; a petição termina quando se recebe o que se pediu. Cessa quando tiveres alcançado; melhor ainda, nem então cesses. Persevera ainda. Enquanto não receberes, pede para conseguir; e quando tiveres recebido, dá graças. (Homilia sobre a rejeição da cananéia, 10)

A necessidade obriga-nos a rogar por nós mesmos, e a caridade fraterna a pedir pelos outros; mas é mais aceitável a Deus a oração recomendada pela caridade do que aquela que é motivada pela necessidade. (em Catena aurea, vol. I, pág. 354) (Homilias sobre a primeira Epístola aos Coríntios, 5, 7-8)

Na verdade, entras no coro dos anjos, és companheiro dos arcanjos e cantas junto dos serafins [...]. Não fazes oração aos homens, mas a Deus. (Homilias sobre São Mateus, 19, 3).

Fonte: http://www.ecclesia.com.br/biblioteca/pais_da_igreja/s_joao_crisostomo_vida_e_obra.html.

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

BRASIL MARXISTA: Sexualização nas escolas

Ontem à noite, no programa Sexualização nas escolas, nossa entrevistada, a psicóloga e psicanalista Rejane Soares, relatou o episódio vivido por suas duas filhas em uma das mais renomadas escolas católicas de Belo Horizonte - MG. As meninas foram submetidas a uma aula de educação sexual perturbadora, para dizer o mínimo.


Quem não ouviu ao programa e quer entender melhor o que aconteceu, aqui está o link.

Abaixo, complementando a entrevista, publico algumas das fotos que Rejane mo enviou antes de gravarmos a entrevista, para que eu visse sobre o que ela se referia. ADVIRTO: AFASTEM AS CRIANÇAS DE PERTO DO COMPUTADOR. As imagens são "fofinhas" porque o estilo é infantil, mas o conteúdo não é.

Canto inferior esquerdo: os pais como tolos, assustados, inseguros. A professora na imagem principal como a pessoa certa para responder as questões e ensinar sobre sexo.
A identidade sexual como algo a ser construído. "Não é beeeem assim essa coisa de ser menino e ser menina."
Pais idiotas e indiferentes.
Subversão total da autoridade: os pais na cadeira dos réus, as crianças julgando e a professora dando a sentença.
Sério: quem, tendo vivido uma infância sem abusos e superexposições, é capaz de colocar-se tais questões aos 10 anos de idade?!
Sutil, não?
[censuramos mesmo pq não achamos necessário
escandalizar olhos que querem se manter castos]
Jogando querosene na imaginação das crianças.
Mais explícito que isso só num filme pornô.
[CENSURADO TAMBÉM].
 
Riscando o fósforo. Descrição detalhada.
Restam dúvidas sobre as intenções do governo com tais cartilhas?

Repito aqui o que disse no programa (e vou um pouco além): a exposição precoce das crianças a tais conteúdos nada mais é do que o outro lado da moeda que defende a descriminalização e legalização da pedofilia. Ou seja, pretende-se forçar um despertamento sexual cada vez mais cedo para que, quando a pauta pedófila prevalecer, as crianças já não tenham mais a menor chance de proteção e defesa: nem da lei, nem da cultura, nem dos pais, nem mesmo dos seus próprios sentimentos de estranhamento e rejeição, pois já terão sido expostas a um conteúdo com o qual não possuem condições psíquicas de lidar e diante do qual não conseguem resistir.

Meu recado aos pais que têm filhos na escola: fiquem de olho! E demonstrem aos professores e coordenação que estão de olho! Conversem com os outros pais, troquem informações, convivam, tomem iniciativas juntos. Peçam as listas de livros que serão adotados no ano seguinte, pesquisem antes, intervenham, façam outras propostas quando as que a escola oferecer não forem boas. Enfim, não deixem a coisa correr à revelia! Cheguem junto! E se a coisa piorar e não houver chance de mudança da situação, exijam que as crianças sejam dispensadas da aula. E se nada disso resolver, o homeschooling está aí para isso.

Fonte: http://encontrandoalegria.blogspot.com.br/2013/11/sexualizacao-nas-escolas.html

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Da Alegria

Antologia de São João Crisóstomo


Alegria



Podeis acaso não estar em festa contínua durante os dias da vossa vida terrena? Longe de nós qualquer abatimento pela pobreza, doença ou perseguição que nos aflige. A vida presente é um tempo de festa. (Homilias sobre São Mateus, 19, 3)

Que pode perturbar o santo? A morte? Não, porque a deseja como prêmio. As injúrias? Não, porque Cristo ensinou a sofrê-las: Bem-aventurados sereis quando vos injuriarem e vos perseguirem (Mt 5, 11). A doença? Também não, porque a Escritura aconselha: Aceita tudo o que Deus te mandar, e permanece em paz na tua dor, e no tempo da humilhação tem paciência; porque o ouro e a prata se provam no fogo, e os homens amados de Deus, no cadinho da tribulação (Ecl 2, 5). Que resta então, que seja capaz de perturbar o santo? Nada. Na terra, até a alegria costuma acabar em tristeza; mas, para quem vive de acordo com Cristo, as próprias penas se transformam em alegria. (Homilias sobre as estátuas, 18).

Fonte: http://www.ecclesia.com.br/biblioteca/pais_da_igreja/s_joao_crisostomo_vida_e_obra.html.


Jesus, Alegria dos Homens - Bach

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Confiança em Deus

Antologia de São João Crisóstomo


Confiança em Deus



Não somos nós, mas a Providência divina que faz tudo, mesmo nas coisas que aparentemente somos nós que fazemos. (Homilias sobre São Mateus, 21, 4)

Não é possível falar de não receber em se tratando de Deus, porque, tanto quanto a bondade supera a maldade, assim o seu amor supera o de todos os pais. (Homilias sobre São Mateus, 23, 5)

Além do que já nos disse, o Senhor dá-nos ainda mais um motivo para que tenhamos confiança: Procurai antes de tudo o Reino de Deus e a sua justiça, e tudo o mais vos será dado por acréscimo (Mt 6, 33). Depois de ter livrado a alma de toda a inquietação, Cristo recorda-lhe o Céu. Com efeito, Ele veio destruir o que era antigo e chamar-nos a uma pátria melhor. Por isso não poupa esforços para nos livrar do cuidado do supérfluo e para nos desprender do desordenado amor à terra [...]. Não nascemos para comer, beber e vestir-nos luxuosamente, mas para agradar a Deus e alcançar os bens eternos. E já que essas coisas devem ser secundárias no nosso empenho, sê-lo-ão também na nossa oração. (Homilias sobre São Mateus, 22, 3)

Mesmo ofendido, Deus continua a ser nosso Pai; mesmo irritado, continua a amar-nos como a filhos. Só uma coisa procura: não ter de castigar-nos pelas nossas ofensas, ver que nos convertemos e lhe pedimos perdão. (Homilias sobre São Mateus, 22, 5).



.

Fonte: http://www.ecclesia.com.br/biblioteca/pais_da_igreja/s_joao_crisostomo_vida_e_obra.html.

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Seguimento de Cristo

Antologia de São João Crisóstomo


Seguimento de Cristo



1. Cristo deu-te o poder de ser como Ele segundo as tuas forças. Não te assustes ao ouvires isto. O que deve espantar-te é não seres como Ele. (Homilias sobre São Mateus, 78, 4)

2. Daniel era jovem; José, escravo; Áquila exercia uma profissão manual; a vendedora de púrpura encarregava-se de uma loja; outro era guarda de uma prisão; outro centurião, como Cornélio; outro estava doente, como Timóteo; outro era um escravo fugitivo, como Onésimo. E, no entanto, nada disso foi obstáculo para nenhum deles, e todos brilharam pela sua virtude: homens e mulheres, jovens e velhos, escravos e livres; soldados e civis. (Homilias sobre São Marcos, 43, 5)

3. Não é absurdo pores tanto cuidado nas coisas do corpo, a ponto de já desde muitos dias antes da festa preparares uma roupa belíssima, e te adornares e embelezares de todas as maneiras possíveis, e, no entanto, não tomares nenhum cuidado com a tua alma, abandonada, suja, esquálida, consumida de fome...? (Homilias sobre as estátuas, 6)

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A CONDENAÇÃO DA IDEOLOGIA SIONISTA PELA IGREJA E MAXIMILIANO KRAH

Então, se não é de hoje que a Igreja condena o sionismo, eu pergunto a meus botões o que faz o líder da Neo-FSSPX de braços dados com um sionista de carteirinha? E, mais, por quê entregou o dinheiro da obra fundada por Mons. Lefebvre a esse tipo? E, ainda, por quê os padres e fiéis que seguem na Neo-FSSPX sequer se incomodam com isso? O que há com vocês, criaturas? 

Vamos ao texto.

"Os judeus não têm nenhum direito de soberania sobre a Terra Santa"
SS Bento XV.
O Estado Judeu da antiguidade, depois da destruição do Templo e a dispersão do povo pelo Império Romano, foi destruído por Deus como castigo dos pecados do povo hebreu. Por isso, para a Igreja, somente o Messias de Deus, durante sua segunda vinda, poderá restabelecer o reino de Israel e aos judeus em sua terra.
É assim que a Igreja rechaça, por razões teológicas, a ideia de um Estado Judeu, tal qual foi constituído segundo as modalidades de sua criação pelos sionistas, ou seja, pelos homens e não pela vontade divina. Isso explica porque São Pio X, em 1904, declarou firmemente a Theodor Herzl, fundador da ideologia sionista: “Nós não poderemos impedir aos judeus de irem a Jerusalém, porém jamais poderemos incentivá-los. O solo de Jerusalém não foi sempre sagrado, até ser santificado pela vida de Jesus. Os judeus não reconheceram a Nosso Senhor, e nós não poderemos reconhecer ao povo judeu. Non possumus” (São Pio X, 25 de janeiro de 1904, Cidade do Vaticano).

TRADIÇÃO RESISTENTE: Crônica de uma visita a Tucumán

Como todos sabem, o reverendo Padre Cardozo se encontra fora do Brasil, em um apostolado pela Argentina e Uruguai, onde também viceja a Resistência. Não são poucos os que perceberam a mudança – se não inversão – de rumo implementada por dom Fellay & cúmplices na FSSPX, procurando levar a nau toda para fora da Igreja Católica (de onde nunca saiu) para dentro da seita conciliar (onde nunca esteve)! E o número aumenta a cada dia. Muitos permanecem nos Priorados por conveniência ou medo, pois a esta altura não se há falar mais em ingenuidade ou boa-fé! Uns alegam placidamente que ficam por causa dos Sacramentos... Idiotas! Não sabem eles que a Fé é mais importante do que a Missa? Sabem, sim, porque o ouviram dos mesmos padres que o falaram para mim! E, ademais... não leram a Pascendi? Então, leiam! E aqui estou a falar apenas dos fiéis, porque, quando o assunto é “padres”, NADA justifica mais sua permanência nesse trem desgovernando, onde assistem calados a uma séries de coisas que estão longe de serem virtuosas: as perseguições a seus pares e aos fiéis; as idas e vindas no discurso de dom Fellay, suas justificativas pueris, quase simplórias, como se ele não fossem um Bispo de Romana Igreja, mas a “Poliana” de Eleanor H. Porter ou a “Alice” de Lewis Carroll! Haja paciência! Além do fato de dom Fellay, apesar de reconhecer publicamente que tudo o que Mons. Williamson denunciou era verdade, não ter ainda reparado essa injustiça tremenda! E, por último, e mais grave, por ainda não se ter posicionado publicamente em relação a tudo o que disse e fez Bergoglio desde que subiu ao Sólio. Sem esquecermos de que o primeiro líder tradicionalista que saiu a público para cumprimentar Bergoglio pela eleição foi... dom Fellay! Mas é justamente com isso que eles contam: esquecimento! Nada como um dia após o outro... O pior é que dom Fellay & trupe tratam a todos como... tolos, e os... tolos estão satisfeitos. Good for them!

Mas aqui temos uma crônica de uma visita que é mais um testemunho de que ainda há esperança de uma “possibilidade real”! Um fiel escreve a um amigo sobre a visita de Pe. Cardozo à cidade de Tucumán, na Argentina, há umas duas semanas atrás, relatando os problemas do grupo e principalmente as “necessidades”, entre as quais eles também enumeram os Sacramentos, mas sem perder de vista a Fé, a Fé integral, sem manchas, sem equívocos, sem mal-entendidos. Afinal, a alma humana tem um preço: o sangue de um Deus!!! Quem pode ser tão displicente de se arriscar a perdê-la? Quem sabe quando vai morrer para se dar ao luxo de pequenos deslizes (sic) em nome de algo maior? Desde quando os fins justificam os meios? Qual é o seu problema, criatura?

Bom, trata-se de uma carta-crônica honesta e bastante útil. Por ela, pode-se fazer uma reflexão sobre nossas próprias exigências e expectativas, nos tirando dessa cômoda e improducente (e porque não perigosa) posição de espectadores de nosso porvir. Ao invés de esperar por alguém que nos diga o que fazer: façamos!

Também há uma “dica” interessante para os dolorosos dias sem Missa. Mesmo que se transformem em anos ou décadas, ou uma vida inteira... O que fazer quando não temos a Missa? Como manter-se fiel? Como conservar a Fé? A resposta do Padre Cardozo é simples, e já a ouvimos de outros Padres:

domingo, 24 de novembro de 2013

Sobre a RCC - Protestantismo na Igreja Católica XII

A RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Pe. Scott Gardner, FSSPX*

Fruto do Concílio Vaticano II, Semente de Destruição.


Protestantismo.

Dado as origens ecumênicas e protestantes da RCC, não é de se admirar que o pensamento dos Carismáticos seja impregnado de concepções nitidamente protestantes. Uma das marcas registradas do Protestantismo é aquele princípio da sola scriptura, ou seja, apenas a Bíblia, ou melhor, apenas a interpretação pessoal das Escrituras baseada na “inspiração do Espírito Santo” é que tem valor. Devido a essa raiz tipicamente protestante, encontramos também entre os Carismáticos o menosprezo ou a rejeição da Tradição como fonte Divina da Revelação. Como bem demonstra o seguinte trecho, os carismáticos também compartilham dessa perigosa concepção:

“O fundamento da Renovação Carismática Católica é a Sagrada Escritura. Leituras de curtas passagens das Escrituras fazem parte da dinâmica dos grupos de oração... por minha própria experiência, essa sede pelas Sagradas Escrituras é uma das grandes bênçãos desses tempos... E mais, para mim é mais do que evidente de que aqueles que desejam ter um relacionamento pessoal com Deus deveriam pelo menos se familiarizarem mais com esse Livro... Que o Espírito Santo, inspirador das Escrituras, inspire-nos a termos amor por sua palavra. Que nos dirija naquelas passagens as quais são mais eficazes em nossas vidas e a um maior conhecimento do Pai e do Filho”. (Andy O’Neill — The Power of Charismatic Healing.)

“Através dos séculos os santos concordaram que relacionar-se com Deus mais intimamente em oração permite a Deus também relacionar-se conosco intimamente compartilhando de sua divina sabedoria conosco... Na medida em que nos comunicamos com Deus, Ele se comunica conosco. Mas o oposto também é verdade: se nós abrimos nossos corações para Sua Santa Palavra, uma extraordinária experiência de fé, esperança e amor jorrará em nossas almas... na medida em que alguém se torna cada vez mais ciente de que a ‘letra mata, mas o Espírito vivifica’ (II Cor. 3:6), eventualmente o Espírito o levará ao coração daquela passagem. Mesmo que ele não saiba a correta e exata interpretação da passagem, ele pode depender apenas do Espírito para adquirir tanto o significado como a sua correta aplicação... Talvez nosso maior problema resida no fato de que lemos muito a Palavra de Deus, mas a experimentamos muito pouco. Existe uma grande diferença entre memorizar passagens e pensar biblicamente com os ‘pensamentos de Deus’ (I Cor. 2,11). Existe uma grande diferença entre ter as Sagradas Escrituras alojadas como um livro empoeirado dentro de nossas cabeças e tê-las como uma fonte viva jorrando inspiração em nossos corações”. (Hampsch.)

Naturalmente que todo Católico sabe muito bem que a Interpretação das Sagradas Escrituras, como bem descreve a própria Escritura (II Pedro 1: 20), foi confiada exclusivamente à Igreja — a qual é verdadeiramente guiada pelo Espírito Santo — e não a cada indivíduo em particular. Aliás, o seguinte trecho extraído dos decretos do Concílio de Trento explica esse princípio claramente, bem como a punição prometida àqueles que compartilham dessa crença e prática herética:

Portanto, de modo a refrear pessoas espertas e imprudentes, o Sínodo decreta que ninguém que confia em seu próprio julgamento em matérias de fé ou moral, os quais são pertinentes à edificação da Doutrina Cristã, e que ninguém que distorce as Sagradas Escrituras de acordo com suas próprias opiniões, se atreva a interpretar as Sagradas Escrituras em sentido contrário àquele que já foi estabelecido pela Santa Madre Igreja, cujo dever é julgar tudo que se refere ao verdadeiro sentido e interpretação das Sagradas Escrituras, ou mesmo contrário ao unânime consenso dos Santos Padres, mesmo que tais interpretações nunca tenham sido feitas com a pretensão de serem divulgadas. Que aqueles que se ousem se opor a essa declaração sejam punidos com as penalidades prescritas pela lei. (Denziger, 786.)

Esse ensinamento foi reafirmado pela Profissão de Fé do Concílio de Trento e pela Constituição Dogmática do I Concílio Vaticano.



* Autor: Scott Gardner, do Seminário São Tomás de Aquino, Winona, Minnesota — EUA — Publicado pela THE ANGELUS PRESS — Março de 1998.

São José, patrono da Igreja
livrai-A da RCC!

+
Inscreva-se para receber as publicações do Pale Ideas: Delivered by FeedBurner.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

DOCUMENTÁRIO: Psiquiatria: Uma Indústria da Morte

psiquiatria industria da morte [DOCUMENTÁRIO] Psiquiatria: Uma Indústria da Morte
Através de imagens raras e entrevistas com mais de 160 médicos, advogados, educadores, sobreviventes e especialistas no setor de saúde mental e seus abusos históricos e contemporâneo, este fascinante documentário traz a luz da verdade sobre a brutal pseudociência e fraude multi-bilionária que é a psiquiatria.

Nós acreditamos que você tem o direito de conhecer os fatos frios e duros sobre a psiquiatria, seus profissionais e da ameaça que eles representam para os nossos filhos. Veja a verdade, assista a este filme.

Governos, companhias de seguros e indivíduos privados pagam bilhões de dólares a cada ano para os psiquiatras em busca de curas que os psiquiatras admitem não existem. “Terapias” da psiquiatria já causaram milhões de mortes.

Assista ao documentário abaixo, Psiquiatria: Uma Indústria da Morte:


Parte 1



Parte2



Parte 3



Parte 4



Parte 5




Parte 6



Parte 7
.

Parte 8


Parte 9


Parte 10


Parte 11



fonte: http://blog.antinovaordemmundial.com/2013/11/documentario-psiquiatria-uma-industria-da-morte/

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Sobre prudência e zelo

Ainda sobre o evento na Catedral de Buenos Aires, durante a comemoração da Noite dos Cristais Quebrados, um comentário que pode ajudar a refletir melhor antes de hosanar um zelo que parece santo! Além do que já dissemos antes, a respeito do assunto, colho a ocasião para lembrar que vivemos um momento singular, surreal, em que há duas Igrejas (a fonte costumava ser sensata)

Não se deve dar pérolas aos porcos... Penso que as pessoas ainda não entenderam que não são os homens - mesmo com suas orações - que irão salvar a Igreja de Deus. O erro desses jovens, na verdade, é reflexo do erro de seu(s) superior(es), que pretendiam se substituir à Providência e "salvar" a Igreja... de dentro. Ou seja, queriam entrar no chiqueiro para esterilizá-lo. E no lugar do dono dos porcos! Os jovens fizeram o mesmo: poderiam ter rezado do lado de fora, poderiam ter rezado em seus lares ou na capela deles. Teria sido mais prudente. Teria sido mais frutífero. 

Mas, convenhamos, a culpa nem é toda deles, dos jovens. Havia um pastor apascentando aquela grei. E esse pastor imprudente - ou estulto? - levou suas ovelhas bem no meio da alcateia. Até quando isso?

A única consequência boa que vejo nisso tudo é que, agora, o superior da Neo-FSSPX vai ter que escolher um lado: ou bem é amigo de Cristo, ou bem é amigo dos inimigos de Cristo. E, então, dom Fellay... os Judeus são mesmo nossos irmãos mais velhos? E por parte de quem se eles negam a Trindade que é nosso Pai e a Igreja que é nossa Mãe? Como é que fica isso? Vou sentar para aguardar uma atitude "positiva" do Rei de Menzingen. Sento para não me cansar... 

A intolerância dos tolerantes: de "vítimas" a carrascos.

As "tolerantes" vítimas do Nazismo, através do Congresso Judaico Europeu, pedem para vigiar e perseguir os cidadãos "intolerantes". Em particular, os argentinos que "atrapalharam" a cerimônia ecumênica dentro de uma igreja católica, pois se atreveram a rezar o rosário no mesmo horário, mera desculpa para lembrar aos católicos quem são os inimigos de Deus. Enquanto isso, Bergoglio confraterniza com os perseguidores dos católicos e se limita a "receitar" Misericordina. Para os Judeus também, Bergoglio?

Leiam: http://www.alertadigital.com/2013/11/16/el-congreso-judio-europeo-cje-pide-a-la-union-europea-que-vigile-y-persiga-a-los-ciudadanos-intolerantes/.


+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

De boas intenções...

Antes de nos ajoelharmos diante de Deus para pedirmos o que quer que seja, devemos primeiro fazer o que é certo, o que é nosso dever. 

Mesmo imbuídos das mais puras intenções, e até mesmo diante de escândalo tão grande e tão odioso, como a feira de Samarcanda que viraram os templos católicos em que se celebram todos os inimigos de Deus bem diante do Tabernáculo, mesmo assim, esse grupo bem intencionado antes deveria exigir de seu superior que seja o primeiro a dar o exemplo e a expulsar os pérfidos sionistas dos templos católicos. 

Para dom Fellay, os judeus que o grupo de sequazes dele denunciavam e queriam fora da igreja de Buenos Aires, são nossos "irmãos mais velhos"... ?!?!... 

Como compreender esses fatos à luz do que sabemos? O corpo condena o que a cabeça aplaude? Em que reino? 

Contudo, tal atitude não é de se estranhar vinda da Neo-FSSPX, basta ver os francês que se "insurgiram" contra o superior, fazendo-lhe inúmeras exigência só porque perseguiu ao padre Pinaud. Em que pese mereça esse padre todas as defesas imagináveis, há certamente outras exigências a se fazer ao superior, sem contudo conclamar uma revolução. 

Página em branco

aguarde

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

DSM-5: A Psiquiatria Enlouqueceu: Toda emoção Humana Agora é Classificada como uma Desordem Mental

(NaturalNews) A indústria da psiquiatria moderna enlouqueceu oficialmente. Praticamente toda emoção vivida por um ser humano - a tristeza, a dor, a ansiedade, a frustração, a impaciência, o entusiasmo, está sendo agora classificada como "transtorno mental", exigindo tratamento químico (com medicamentos prescritos, é claro).

O nova "bíblia" da psiquiatria, chamada de DSM-5, prevista para ser lançada em alguns meses, se transformou de um manual de referência médica para uma prova da insanidade da própria indústria.


Os "Transtornos mentais" listadas no DSM-5 incluem "Transtorno de Ansiedade Generalizada" ou GAD (abreviação em inglês). GAD pode ser diagnosticada em uma pessoa que se sente um pouco ansiosa fazendo algo assim como, vamos dizer, falando com um psiquiatra. Assim, o simples ato de um psiquiatra fazer um diagnóstico faz com que os "sintomas" destes diagnósticos apareçam magicamente.


Isso é chamado de charlatanismo e raciocínio circular, mas é indicativo de como toda a indústria de psiquiatria que se tornou motivo de riso entre os círculos científicos que até mesmo os cientistas mais céticos estão começando a virar as costas com nojo. Psiquiatria não é mais "científica" do que a astrologia ou leitura de mãos, mas seus praticantes se chamam de "doutores" da psiquiatria, a fim de tentar fazer com que o charlatanismo soe digno de confiança.


APRESENTAÇÃO DE MARIA SANTÍSSIMA

A oferta que Maria de si mesma fez a Deus, foi pronta e sem demora, inteira e sem reserva

Uma oferta maior e mais perfeita do que a de Maria, ainda menina de três anos, nunca foi e nunca será feita a Deus por uma mera criatura. Apresentou-se no templo a oferecer-lhe não aromas ou vitelos, nem talentos de ouro, mas toda a sua pessoa em perfeito e perene holocausto ao Senhor. Bem ouviu a voz de Deus, que já a chamava para dedicar-se inteiramente ao seu amor. "Levanta-te, amiga minha, e vem" (Ct 2, 10). Queria o Senhor que desde então esquecesse sua pátria, seus parentes, tudo enfim, para aplicar-se unicamente a amá-lo e agradar-lhe. "Ouve, filha vê e presta atenção; esquece o teu povo e a casa de teu pai" (Sl 44, 11). Maria obedeceu imediatamente à voz divina. Consideremos, pois, quanto foi aceita por Deus essa oferta. Em primeiro lugar porque se lhe ofereceu prontamente e sem demora; depois inteiramente e sem reserva. Sejam estes os nossos dois pontos.


PONTO PRIMEIRO

Maria ofereceu-se a Deus sem demora

1. Como criança ainda, ela conhecia a grandeza de Deus

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Segundo Eminente Psiquiatra, Médicos Estão por Trás dos Massacres nas Escolas nos EUA

medicamentos armas Segundo Eminente Psiquiatra, Médicos Estão por Trás dos Massacres nas Escolas
Se legisladores e autoridades estivessem realmente preocupados com a violência com armas de fogo nas escolas, deveriam examinar mais de perto as drogas psicotrópicas sendo receitadas a jovens, afirma um famoso psiquiatra irlandês.

E numa entrevista exclusiva concedida ao WND em Nova York, o Dr. David Healy, que trabalha em Londres, criticou empresas farmacêuticas que faturaram bilhões de dólares comercializando inibidores seletivos da recaptação da serotonina, conhecidos por ISRS.

Healy adverte que drogas psicotrópicas “receitadas para crianças em idade escolar causam comportamento violento”.

Os medicamentos são amplamente utilizadas nos EUA como antidepressivos pelos médicos da área de saúde mental, e cada vez mais utilizadas por clínicos gerais, alerta.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

FILME: Império Invisível: A Nova Ordem Mundial Explicada

927d4437e671 [FILME] Império Invisível: A Nova Mundial ExplicadaAssisti este filme, Império Invisível, há alguns dias atrás e fiquei muito contente em ver que ele já está disponível com legendas em português. Este é com certeza um dos melhores filmes sobre a nova ordem mundial, e eu recomendo muitíssimo para todos assistirem.

O filme documentário altamente antecipado de Jason Bermas “Império Invisível” expõe a Nova Ordem Mundial nas próprias palavras de seus conspiradores, mostrando cuidadosa como a elite não só conspirou para criar um governo global ditatorial em particular, mas declararam publicamente sua agenda centenas de vezes em público.

Destacando as palavras de pessoas como Paul Wolfowitz, Michael Mullen, David Cameron, Gordon Brown e muitos outros, o filme dispensa conjecturas e se atem aos fatos. Este filme garantidamente irá acordar mesmo os mais fervorosos céticos da aceleração manifestamente comprovável do regime autoritário planetário que tem a intenção de controlar e regular todos os aspectos da nossa existência.

domingo, 17 de novembro de 2013

Acerca do respeito humano

MALDITO RESPEITO HUMANO


Não há nada, meus irmãos, de mais glorioso e de mais honorável para um cristão do que carregar o nome sublime de filho de Deus, de irmão de Jesus Cristo. Da mesma forma, não há nada de mais infame do que ter vergonha de manifestar isso todas as vezes que surge a ocasião. Não, meus irmãos, não nos admiremos ao ver os hipócritas demonstrarem o quanto podem um exterior de piedade para atrair sobre si a estima e os louvores do homem, enquanto que seus pobres corações são devorados pelo pecado mais infame. Estes cegos gostariam de gozar das honras que estão inseparáveis da virtude, sem ter o trabalho de praticá-las. Além do mais, não nos admiremos ainda menos ao ver bons cristãos esconder o tanto quanto podem suas boas obras aos olhos do mundo, temendo que a glória inútil se insinue em seu coração e que os vãos aplausos dos homens lhes façam perder o mérito e a recompensa delas. Entretanto, meus irmãos, onde encontraremos uma covardia mais criminosa e uma abominação mais detestável que, professando crer em Jesus Cristo..., na primeira ocasião violamos as promessas que lhe fizemos sobre as fontes sagradas do batismo? Ah! infelizmente, o que nos tornamos? Quem é Aquele que renegamos? Aí de mim!, abandonamos nosso Deus, nosso Salvador, para nos dispor entre os escravos do demônio, que nos engana e que busca apenas nossa perda e nossa infelicidade eterna. Ó! maldito respeito humano! Como tu arrastas almas para o inferno!...

[...] Com efeito, em que acabou toda a fúria dos perseguidores da Igreja, dos Neros, dos Maximianos, dos Dioclecianos, e de tantos outros que acreditaram que, pela força de suas armas, eles conseguiriam fazê-la desaparecer da terra. Ocorreu totalmente o contrário, o sangue de tantos mártires serviu, como diz Tertuliano, apenas para fazer florescer a religião mais do que nunca, e seu sangue parecia uma semente que produzia o cêntuplo. Infelizmente! que lhes fizestes esta bela e santa religião para eles a perseguirem tanto, visto que somente ela pode tornar o homem feliz sobre a terra? Infeliz deles! Quantas lágrimas e quantos gritos eles lançam agora nos infernos, aonde eles reconheceram tão claramente que esta religião, contra a qual eles se lançaram, tê-los-ia conduzido ao céu. Entretanto, lamentos inúteis e supérfluos!

Sobre a RCC - Protestantismo na Igreja Católica XI

A RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Pe. Scott Gardner, FSSPX*

Fruto do Concílio Vaticano II, Semente de Destruição.


Tendências Gnósticas

Várias formas de gnosticismo tentaram fazer estrada dentro da Igreja através dos séculos; elas podiam até serem diferentes umas das outras nos detalhes, mas o fator central subjacente entre elas sempre foi a alegada existência de um “conhecimento secreto”, ou gnose, o qual faz de seu possuidor o crente verdadeiro, portanto, o único realmente preparado para o Céu. Com os Carismáticos, essa gnose se torna a experiência de Deus através das manifestações interiores e exteriores do “espírito”, o qual transforma aqueles que experimentam tais fenômenos em verdadeiros “crentes”.


Ecumenismo

A filosofia fenomenalista Carismática possui interessantes repercussões na área do Ecumenismo. Segundo a RCC, no Concílio Vaticano II, “a Igreja comprometeu-se irrevogavelmente em seguir o caminho da aventura ecumênica” (Ut Unum sint 3)...

O fato é que não católicos tem compartilhado das mesmas experiências dos Carismáticos independente da Igreja supostamente provar a validade de suas seitas heréticas. Essa atitude é fenomenalismo puro e simples: Deus Espírito Santo estaria produzindo o fenômeno “X” entre os Católicos Carismáticos; o fenômeno “X” está presente também na seita protestante “Y”; portanto, a seita protestante “Y” compartilha da mesma fé verdadeira com os Carismáticos Católicos. O fato de que o menos experiente aluno de escola primária poderia facilmente desbancar essa falsa suposição, parece não apresentar nenhum problema para os Carismáticos, uma vez que tal lógica cai naquela categoria que eles definem como “conhecimento racional” ao invés do verdadeiro conhecimento de “coração”, o qual eles se gabam de ter como experiência.

Como o seguinte trecho demonstra, os Carismáticos acham que a caridade mútua baseada na experiência é que é o princípio da Unidade Cristã:

sábado, 16 de novembro de 2013

Santa Gertrudes, a Grande

16 DE NOVEMBRO

SANTA GERTRUDES


Sanctae Gertrudis Virginis, cujus natalis sequenti die recensetur. (Martyrologio Romano, 1856, Novembro, pag. 19.)

 

A Abadia de Helfta

A famosa Abadia de Helfta foi fundada por Gertrudes de Hackeborn. Gertrudes pertencia à dinastia dos Hackeborn e era irmã de Santa Matilde de Hackeborn (¹).

Bem jovem entrara na abadia cisterciense de Roderdorf e foi eleita abadessa em 1251. Em 1253, fundou o convento de Hederleben com a ajuda de seus dois irmãos, Alberto e Luís, mas, como faltasse água ali, deram-lhe o Castelo de Helpeda (Helfta), próximo de Eisleben (moderna Alemanha) e as terras ao seu arredor. Em 1258 ela mudou-se para Helfta com toda a comunidade.

Durante o período em que Gertrudes foi abadessa, Helfta tornou-se famosa em todo o Sacro Império Romano-Germânico, devido às práticas de ascetismo de suas monjas, ao misticismo de algumas e da grande capacidade intelectual que abrilhantou a vida monástica feminina da Idade Média.

Gertrudes exigia que suas religiosas fossem educadas nas artes liberais, mas acima de tudo tivessem amplo conhecimento das Escrituras. Era considerada um modelo de abadessa, mais especialmente por sua conduta durante o ano de enfermidade que precedeu o seu falecimento.

Gertrudes de Hackeborn nunca escreveu, nem recebeu qualquer revelação de Deus, nem tão pouco foi canonizada. Não deve ser confundida com Santa Gertrudes, a Grande.




Gertrudes, a Grande


É certo que Gertrudes era de uma família abastada, mas sabemos apenas que ela nasceu em Eisleben, Alemanha, no ano 1256. Não era de família nobre, como acreditaram alguns, confundindo-a com Gertrudes, a Abadessa de Helfta. Seus pais a colocaram como aluna das beneditinas de Roderdorf quando tinha apenas cinco anos.

Por que não ir à Missa do Motu Proprio

Discussão no adro da capela a respeito da missa dos rallíés¹



Na saída da capela, o padre discute com um fiel, Filipe, de 17 anos. Durante a conversa, Filipe conta como se passou o seu último fim-de-semana com amigos da região de Paris. Filipe diz que o grupo escolheu ir à missa dos ralliés²…

Filipe: Mas porque este ar reprovador? Não é a missa verdadeira?

Padre: Sem dúvida, a missa é boa. Mas isto não é o principal.

Filipe: Não é o principal? Mas o que é que falta, padre?

Padre: Bem, vou fazer uma comparação. Um licor é uma boa coisa, não é? (Filipe concorda com um sorriso). Pois bem. Mas cada vez que se bebe um licor, não se faz necessariamente uma boa ação (Filipe compreende). Ocorre algo de semelhante com a santa missa. Uma coisa é o fato de a missa ser, em si mesma, uma boa coisa. Mas é preciso também que o assistir a essa missa seja também bom; é necessário que a assistência a essa missa seja uma boa ação.

Filipe: Sim, mas um licor e a missa não são a mesma coisa! O senhor parece querer dizer que se pode fazer o mal assistindo à missa tradicional!

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

General diz que BRASIL será país comunista em pouco tempo.

Treinando o terrorista de amanha.


Dilma em Cuba com o sanguinário Raul Castro
Sabemos que a mandatária, apesar de beatificada pelo seu mestre, por pouco não fracassou nas urnas, isto contando com recursos incalculáveis e o beneplácito gritante da mídia facciosa como o “Globo”, que declarou abominar a Contra revolução de 31 de março de 1964. O novo pleito se aproxima e a dama de um só neurônio, apesar de diariamente aumentar os beneficiários de bolsas e bolsinhas, tem um desempenho tão deplorável seja na política interna como na externa, que claudica, embora a mídia de sempre, para levantar o moral da “intragável”, publique, esporadicamente, que ela vem melhorando a sua aceitação pelo populacho.

Contudo, é provável que os membros sombrios do grupo radical antevejam problemas no futuro próximo e a derrocada nas urnas do seu “besteirol ambulante” seja um fato palpável, em especial com a dupla Eduardo e Marina, que promete deslanchar na disputa eleitoral.

As tentativas de tiranizar o País via “chavismo”, emoldurado por caricatural democracia, parece que derrapa diante do “jeitinho brasileiro” que quer ganhar vantagem em tudo.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Resposta de "La Sapinière" ao desafio de Dom Fellay

Não posso deixar de traduzir e publicar a resposta do site La Sapinière ao desafio lançado por Dom Fellay. Meus comentários estão no final do texto.

La Sapinière aceita o desafio de Dom Fellay!


No dia 12 de outubro de 2013, em Kansas City, Dom Fellay lançou um desafio: “Certas pessoas continuam insinuando que nós estamos decididos a obter um acordo com Roma. Pobre gente. Eu lhes desafio a provar. Eles insinuam que eu penso diferentemente de como eu ajo. Eles não estão dentro da minha cabeça. […] Todo tipo de tentativa por um reconhecimento teve fim quando as autoridade romanas me deram o documento para assinar no dia 13 de junho de 2012.” Ora, o dia 13 de junho de 2012 nunca foi, na cabeça de Dom Fellay, o fim do desejo de um acordo com a Roma oficial e modernista. Porque, em 17 de junho de 2012, ele escreveu a Bento XVI: “Tenho a intenção de continuar a fazer todos os meus esforços para seguir por este caminho…”. Porque, em 15 de fevereiro de 2013, Dom Fellay, por ocasião de uma entrevista a Nouvelles de France, declarou a respeito das tentativas de aproximação da FSSPX com Roma: - Pergunta: “Monsenhor, o senhor apreciaria o fato de que o último grande ato do pontificado de Bento XVI pudesse ser a reintegração da Fraternidade São Pio X?” Resposta de Dom Fellay: “Por um breve instante, eu pensei que, ao anunciar sua renúncia, Bento XVI faria talvez um último gesto para conosco enquanto Papa. No entanto, vejo que dificilmente isto seria possível. Será necessário provavelmente esperar o próximo Papa[…] Nós somos bem conscientes que é muito difícil pedir às autoridades uma condenação da nova missa. Na realidade, se aquilo que deve ser corrigido o for, isto já seria um grande passo. […] haverá uma momento, em que a situação se tornará aceitável e nós poderemos estar de acordo, mesmo se hoje este não parece ser o caso.”

Convite


Feminismo: o maior inimigo da mulher
Grupo do Facebook • 157 membros
Participar do grupo
Grupo criado com o propósito de desmascarar o feminismo.

Leitores

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA