Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de maio de 2018

FESTA DE CORPUS CHRISTI ou DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

clique para ver mais imagens

FESTA DE CORPUS CHRISTI 

ou DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO



Por entre o luto e as tristezas da Paixão, não pôde a Igreja celebrar a instituição da Eucaristia na Quinta-feira Santa, com aquela pompa e regozijo que requer tão grande e jubiloso mistério: por isso, adiou esta festividade à Quinta-feira depois da oitava do Pentecostes. Foi instituída a festa por Urbano IV, em 1264, e a procissão por João XXII, em 1317; têm ambas por objeto avivar a Fé dos cristãos no augusto Sacramento, e desagravá-lo das blasfêmias dos hereges e das irreverência dos próprios católicos. 

Pretende, pois a Igreja, nesta solenidade: 

Avivar em seus filhos a Fé neste mistério, já com os atos repetidos da mesma, já pela consideração das muitas maravilhas que nele se encerram, e por ambas as coisas bem lhes pode valer como fórmula e lição a sequência da Missa neste dia: Luada Sion... etc. Louva, o Sião etc. 

Inspirar-lhes respeito e piedade com a majestade e pompa dos ofícios e cerimonias, que trazem suavidade e consolo aos que as acompanham com atenção e fé. 

Oferecer um desagravo ao Senhor Sacramentado por tantas comunhões indignas umas, outras inúteis, aquelas mal preparadas; tantas missas assistidas sem devoção, tantas irreverência no lugar santo, isso tudo por parte dos próprios fiéis católicos, e também pelas blasfêmias, ultrajes e excessos sacrílegos dos hereges contra o augusto Sacramento. 

Convidar o fiel a receber com todo o fervor da alma a sagrada comunhão, que é o melhor desagravo pelo passado, o mais fino penhor de agradecimento pelo insigne benefício da Eucaristia, o meio mais eficaz de emenda e de perseverança para o futuro. 


Procissão do Corpus Christi 

Com esta procissão mais solene que todas, fazemos profissão pública de nossa fé na presença real e substancial de Cristo no SS. Sacramento; oferecemo-Lhe formal desagravo dos desacatos que Lhe irrogaram os ímpios, manifestando nossa adoração ao verdadeiro Filho de Deus presente debaixo das sagradas espécies, e damo-Lhe graças estrondosas pelo incomparável benefício da instituição do Sacramento, fonte perene de novas e incessantes graças sobre o povo fiel que O aclama. 

Clara e eloquente imagem desta procissão encontramos nas peregrinações da Arca da Aliança no deserto. 

Para alimentar nossa devoção e prender nossa atenção durante este longo ato de piedade, bom será unirmos diversos passos da procissão à lembrança dos principais mistérios da vida de Nosso Senhor, representando-nos em cada repositório os diversos lugares da Terra Santa que foram sagrados pela passagem do Salvador: Belém, Mazaré, Betânia, Tabor, Cenáculo... o monte Olivete na hora de recolher-se o préstito do templo. 

Hino que se canta na Procissão 

Pange lingua gloriosi

Canta, ó língua, o mistério

Corporis mysterium,

deste Corpo glorioso,

Sanguinisque pretiosi,

e do Sangue precioso

quem in mundi pretium

derramado sobre o mundo,

fructus ventris generosi,

fruto de ventre fecundo, 

Rex effudit gentium.

Rei de todas as nações

Nobis datus, nobis natus

Foi-nos dado e nasceu

ex intacta Virgine

para nós da Virgem pura.

et in mundo conversatus,

Nesta terra, Ele desceu,

sparso verbi semine,

semeou sua Palavra.

sui moras incolatus

Cumprindo aqui o seu tempo,

miro clausit ordine.

grande sinal nos deixou.

In supremae nocte cenae

Na noite santa da Ceia,

recum bens cum fratribus,

Com os irmãos, reunido,

observata lege plene

observando todo o rito,

cibis in legalibus,

daquilo que é prescrito,

cibum turbae duodenae

por Suas mãos, em alimento,

se dat suis manibus.

aos Doze, se entregou.

Verbum caro, panem verum

O Verbo encarnado torna

Verbo carnem efficit:

pelo seu Verbo, pão e vinho,

fitque sanguis Christi merum,

no Seu Corpo e no Seu Sangue.

et si sensus deficit,

Para além do entendimento,

ad firmandum cor sincerum

do sincero coração

sola fides sufficit.

a fé é o suficiente

Tantum ergo Sacramentum

Este grande sacramento,

veneremur cernui:

inclinados, adoremos;

et antiquum documentum

os antigos manuscritos

novo cedat ritui:

dão lugar a novo rito.

praestet fides supplementum

Sirva a fé de complemento

sensuum defectui.

na fraqueza dos sentidos.

Genitori, Genitoque

Seja dado ao Pai e ao Filho,

laus et iubilatio,

o louvor, o júbilo,

salus, honor, virtus quoque

saudação, honra, virtude

sit et benedictio:

assim como a bênção.

procedenti ab utroque

Ao que de ambos procede

compar sit laudatio.

demos o mesmo louvor.

Amen.

Amém.





Do Manual do Cristão, de Goffiné (ed. 1944, pp. 593-595).  




Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui