Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Não há acordo! Não há encontros! Mas Fellay vai a Zaitzkofen ao encontro de Brandmüller...

Operação Memória: o "agir nas trevas" continua... E Fellay deixa claro que quer segredo sobre as reuniões e seu teor. Por que será? Nem mesmo os seus sapos, ops!, sequazes podem saber? Me faz lembrar como agem os marxistas, que usam a massa de manobra a seu bel prazer e sem o conhecimento da mesma. Claro que não quero instaurar uma democracia, não me entendam mal!, apenas acho que, se é para o bem das almas, não deveria haver segredos...


EDITADO AOS 13/01/2015: A reunião houve, e foi confirmada pela Casa Generalícias com mais uma correspondência secreta: http://nonpossumus-vcr.blogspot.com.br/2015/01/nota-confidencial-de-menzingen-de-18_12.html. Não sei que esperanças Fellay tinha, mas foram frustradas, como se percebe pelo tom do novo comunicado. Ingenuidade ou teimosia? Sei lá, mas são anunciados mais duas visitas, desta vez o visitante e Mons. Athanasius Schneider: primeiro no Seminário Santo Cura de Ars em Flavigny (janeiro), e depois no Seminário Santo Tomás de Aquino em Winona (fevereiro). A que título?, visto que a posição dos Romanos continua a mesma desde os primeiros colóquios... Bó! Também houve visitas recentemente em Paris, na famosa St. Nicolás de Chardonnet, de uma comunidade Ecclesia Dei, recebida em grande estilo: os beneditinos da Imaculada, fundada por um monge que deixou Le Barroux e são reconhecido por Roma Apóstata. Os amigos de Non Possumus fazem notar que o Padre De La Roque proibe a passagem por St. Nicolás dos bravos Dominicanos de Avrillé, não para rezarem Missa ou que tais, apenas para rezar, como fazia o predecessor... Mas eu creio que o problema nem seja o Padre De La Roque, mas o novo superior do Distrito a que pertence a igreja, marco da resistência tradicionalista francesa, conhecido por sua "grande" caridade e amabilidade... sic! Até por isso, talvez, De La Roque não titubeou para informar à pobre monja sobre sua "excomunhão" por parte de Dom De Galarreta. A cordialidade que negam aos que se mantêm fiéis à Fé, a gastam às mãos largas com os Romanos. Padre Pfluger disse recentemente que é bom, para eles, que se "reconciliem" (???) com Roma (Apóstata) e que se unam à FSSP (ex-FSSPX) para se fortalecerem mutuamente. Contra quem? Por outro lado, o P. Frey, superior do distrito da Áustria, recentemente assistiu a uma missa celebrada pelo CONSERVADOR Card. Burke em Viena, na qual ouviu uma belíssima pregação do cardeal sobre a "santidade" de João Paulo II. Certamente, saiu de la inspirado para algum sermão interno. Só para registro.   



Nota interna confidencial da Casa Generalícia

Difusão: membros sacerdotes
Data: 26 de novembro de 2014


Nota respeito a uma reunião de membros da Fraternidade com o cardeal Brandmüller. 

 
No início de dezembro de 2014, ocorrerá a primeira das reuniões que devem acontecer entre os membros da Fraternidade e os bispos. Estas encontros, propostos pela Comissão Ecclesia Dei depois do encontro entre Mons. Fellay e o cardeal Müller, na terça-feira, 23 de setembro de 2014, em Roma, são reuniões informais; elas devem se realizar sem midiatização nem publicidade. Como foi anunciado na nota interna da Casa Generalícia e os sacerdotes no dia 2 de outubro de 2014, a escolha dos lugares e dos interlocutores é deixado à iniciativa da Fraternidade.

O objetivo da Casa Generalícia é o de fazer conhecer melhor as posições da Fraternidade aos prelados que estejam bem dispostos e capazes de escutar nossos argumentos.

O cardeal Brandmüller nasceu na Alemanha, aos 5 de janeiro de 1929 [mas o que isso importa? Importa, sim, que ele é um dos maiores defensores da "hermenêutica da continuidade"], foi consagrado arcebispo em 13 de novembro de 2010 e criado cardeal na semana seguinte, no dia 20 de novembro de 2010. Ele é presidente emérito [virou moda esse termo! Ele foi presidente do Comitê de 1998 a 2009, confira aqui] do Pontifício Comitê das Ciências Históricas. Ele é um dos autores da obra "Permanecer na verdade de Cristo" [na verdade, “Permanecendo na Verdade de Cristo: Matrimônio e Comunhão na Igreja Católica”], que refuta as testes heterodoxas do cardeal Walter Kasper durante o Consistório de 20 de fevereiro de 2014. Ver DICI n° 301 del 20/09/14.

http://www.dici.org/documents/demeurer-dans-la-verite-du-christ-extraits/.

Esta reunião acontecerá em idioma alemão, em Zaitzkofen [seminário alemão da Neo-FSSPX, na Baviera]; estarão presentes Mons. Fellay, os Padres Schmidberger, Frey, Udressy, Wuffloud, Gaudron e Kasteleiner. Eles se reunirão com o cardeal Brandmüller.

O tema que será abordado será o status particular do concílio Vaticano II – a autoridade de seus documentos, sua interpretação e seu caráter atípico de “concílio pastoral” [Seriously? Isto já não foi exaustivamente discutido até junho de 2012?].

Esta nota é uma informação interna confidencial, não deve ser difundida sob nenhum pretexto. A Casa Generalícia se encarregará, se for necessário, da comunicação externa, através de um comunicado. 


Em espanhol, com o original em francês: http://nonpossumus-vcr.blogspot.com.br/2014/12/nota-confidencial-de-menzingen-sobre.html
Tradução para o português: Giulia d'Amore.



Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA