Convite

 
Feminismo: o maior inimigo da mulher
Grupo do Facebook • 157 membros
Participar do grupo
Grupo criado com o propósito de desmascarar o feminismo.
 

Pesquisar este blog

sábado, 28 de junho de 2014

Apostolado da Oração - FAQ


APOSTOLADO DA ORAÇÃO - FAQ

Uma explicação simples e clara em forma de perguntas e respostas.



O que é o Apostolado da Oração?

O Apostolado da Oração é uma piedosa Associação destinada a promover a glória de Deus e a salvação das almas, exercendo o seu ofício apostólico pela oração, quer mental, quer vocal, e também por outras obras pias, em união com o Sagrado Coração de Jesus para alcançar o dito fim.


Porque o nome “Apostolado da Oração”?

Apostolado, por que o seu fim é fazer de todos os cristãos verdadeiros apóstolos, dedicados à divina glória e à salvação das almas.  


Oração, por ser esta o meio principal de que ele se serve; meio poderoso e ao alcance de todos e de algum modo universal, pois abraça, além da oração em sentido estrito, todas as obras e sofrimentos que se oferecem a Deus por modo de súplica.


Apostolado a que N.S. Jesus Cristo consagrou os primeiros 30 anos de sua vida mortal; e ainda hoje, tanto em sua Vida Eucarística, como em sua Vida Gloriosa no Céu não cessa de exercê-lo em nosso favor. Foi também o sublime Apostolado de Maria Ssma. e de S. José; e o de tantos Santos e Santas, quanto mais fracos aos olhos do mundo tanto mais fortes aos olhos de Deus, os quais por este meio não fizeram menos para defender a Igreja e salvar almas do que todos os Doutores com seus escritos e todos os pregadores com sua eloquência.


Quais são os graus deste Apostolado?

Três exercícios ou devoções eminentemente apostólicas formam no Apostolado como que três graus, a cada um dos quais corresponde uma série especial de ricas indulgências concedidas pela Santa Sé:

1° grau: compreende os associados que se limitam apenas ao exercício essencial, isto é, à união de seus corações com o Sagrado Coração de Jesus, consagrando ou oferecendo quotidianamente todos os seus atos e operações do dia, segundo as divinas intenções do Coração de Jesus.

2º grau: abraça aqueles que, além do oferecimento diário próprio do 1° grau, recorrem, para tornar a união mais estreita, também ao Imaculado Coração de Maria, mediante a reza quotidiana de 1 Pai Nosso e 10 Ave Marias, segundo as mesmas intenções.

3º grau: encerra aqueles que, cumprindo ao menos as condições do 1° grau, completam a união dos seus corações com Jesus, mediante a união inefável do divino Sacramento, fazendo uma vez por semana, ou ao menos uma vez por mês, a comunhão reparadora segundo as mesmas intenções apostólicas.


Para permanecer associado basta pertencer ao primeiro grau?

Sim, para permanecer associado basta pertencer ao primeiro grau do Apostolado, rezando diariamente o seguinte oferecimento diário: 

“OFEREÇO-VOS, ó meu Deus, em união com o Santíssimo Coração de Jesus, e pelo Coração Imaculado de Maria, as orações, obras e sofrimentos deste dia, em reparação de nossas ofensas e por todas as intenções pelas quais o mesmo divino Coração está de contínuo a interceder e sacrificar-se em nossos altares. Eu vo-los ofereço de modo particular pelas intenções recomendadas aos associados do Apostolado neste mês e neste dia.”


Existe algum sinal externo desta santa união?

Sim, com o fim de tornar sensível por um sinal externo esta santa união, adotou-se como insígnia própria do Apostolado o emblema do Coração de Jesus. É uma imagem do Divino Coração pintada ou bordada sobre um pano branco ou vermelho, com esta inscrição: “Adveniat regnum tuum!”, “Venha a nós o vosso Reino”, que resume todos os desejos do Coração de Jesus e os nossos.

O S. P. Pio IX concedeu 100 dias de indulgências, todas as vezes que os associados do Apostolado, trazendo a mesma imagem sobre o peito, repetirem com a boca ou com o coração a dita invocação; e de 7 anos, àqueles que a trazem ostensivamente sobre o peito, quer assistindo às orações públicas, quer adorando por meia hora o SS. Sacramento exposto.


Como ser admitido no Apostolado da Oração?

Para a admissão dos associados, basta que os Diretores locais os inscrevam no livro de registros e lhes entreguem as patentes.


O que é uma patente?

Espécie de diploma no qual cada associado escreverá seu nome e marcará o dia de sua admissão no apostolado.


Como é organizado o Apostolado?


A organização se concentra nos zeladores, presidentes, secretários e tesoureiros. Juntos devem coordenar o Apostolado, seguindo seus estatutos e promovendo os exercícios que nele constam, como a Hora Santa, a Comunhão Geral Reparadora, a Comunhão Geral das Crianças, a Cruzada Eucarística, a Consagração das Famílias ao S.C.J., a Entronização dos Quadros do S.C.J. nas casas, as Obras de Misericórdia em comum, o Tesouro do Coração de Jesus, as Intenções particulares, as Reuniões mensais, entre outras.


Como se estabelece o Apostolado da Oração?

O Apostolado da Oração se estabelece após o Cerimonial próprio feito pelo Padre Diretor para a bênção das medalhas, fitas, patentes e manuais; e da recepção dos Zeladores.


É necessário que o associado more na cidade-sede do Apostolado? 


A princípio não, mas tendo em vista que faz parte do apostolado a participação às reuniões mensais, depende da possibilidade que o associado tem de participar das mesmas com assiduidade.


Quais são as vantagens que os associados do Apostolado da Oração alcançam?


- A de unir todos os corações no Sagrado Coração de Jesus;
- Maior merecimento de suas obras;
- Eficácia apostólica;
- Eficácia na obtenção de graças de que tenham necessidade;
- Coragem e fervor;
- Participação especial nos sacrifícios, penitências, comunhões etc.
- Numerosas indulgências;
- Vantagens em ver-se cumpridas as Solenes promessas que o SS. Coração fez a S. Margarida Maria, em favor de todos aqueles que honrassem e fizessem honrar o seu SS. Coração.


Quais são as solenes promessas feitas pelo SS. Coração a S. Margarida Maria?

São 12:
Conceder-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado;
a paz nas suas famílias;
a consolação nas suas penas;
Serei seu refúgio seguro durante a vida e, sobretudo, na morte;
Derramarei abundantes bênçãos sobre todas as suas empresas;
Os pecadores acharão em mim a fonte e o oceano infinito da misericórdia;
As almas tíbias se tornarão fervorosas;
As almas fervorosas se elevarão rapidamente a grande perfeição;
Abençoarei Eu mesmo as casas onde a imagem do meu Coração estiver exposta e venerada;
10º Darei aos Sacerdotes o dom de abrandar os corações mais endurecidos;
11º As pessoas que propagarem esta devoção terão escritos os seus nomes no meu Coração, e dEle nunca serão apagados;
12º Concederei, no excesso da misericórdia do meu amor poderoso, a graça da perseverança final aos que comungarem na primeira sexta-feira de nove meses seguidos.


APÊNDICE.

Algumas indulgências concedidas aos associados do Apostolado da Oração:

Indulgências Comuns a todos os associados:

Indulgências plenárias:

1- No dia da recepção no Apostolado da Oração, confessando-se e comungando;
2 - No dia da Imaculada Conceição;
3 - No dia da festa do Sagrado Coração de Jesus;
4 - No dia da festa de Cristo Rei;
5 - Numa sexta-feira de cada mês;
6 - Em outro qualquer dia do mês, à escolha dos associados;

(Para ganhar as indulgências dos números 2 a 6, além da confissão e comunhão, é preciso visitar uma igreja pública e orar nela pelas intenções do Sumo Pontífice; esta visita para as indulgências pode fazer-se desde a tarde da véspera, mas para as duas indulgencias dos números 5 e 6 só se pode fazer desde o nascer até o pôr do sol.)
7 - No dia da festa do Santo Protetor, indicado nos bilhetes mensais. Se no dia marcado a pessoa estiver legitimamente impedida de receber os sacramentos, pode ganhar a mesma indulgência em outro dia confessando-se e comungando.
8 - Indulgência plenária para os associados que fizerem o exercício da Hora Santa, desde as 2 horas da tarde de quinta-feira. Esta mesma indulgência pode ser lucrada todas as semanas pelos associados que fazem em comum o exercício da Hora Santa numa Igreja ou capela no dia e hora que os Diretores locais determinarem.
9 - No dia da Comunhão Reparadora e Geral, determinado pelo Diretor.
10 - Quando, no tempo pascal, depois de cumprido o preceito, comungarem com o espírito de reparar o escândalo dos que não observam o preceito.

Indulgências parciais

1 - De 100 dias, por todas as orações e boas obras, que os associados oferecem nas intenções recomendadas pelo Diretor da Associação no princípio de cada mês.
2 - De 100 dias, aos associados que trouxerem no peito a imagem do Coração de Jesus todas as vezes que oral ou mentalmente repetirem esta invocação inscrita na dita imagem: “Adveniat regnum tuum!” (Venha nós o vosso Reino!). 

3 - Indulgencia de 7 anos aos associados que assistirem às funções públicas ou adorarem, pelo menos durante meia hora, o Santíssimo Sacramento exposto, trazendo visivelmente a fita imagem.


Indulgencias próprias dos associados do 2º grau:

Plenárias:

1 - Na festa da Oração de N. Senhor no Horto;
2 - Na festa do Coração Imaculado de Maria;
3 - Na festa do Patrocínio de S. José.

Parciais: 

 
De 300 dias (uma vez por dia), rezando a dezena do terço pelas intenções do Sumo Pontífice.


Indulgências dos associados do 3º grau:

Plenária: 


1 - No dia em que são inscritos na secção da comunhão reparadora mensal ou semanal.
2 - Em artigo de morte se, tendo recebido a comunhão, confessados e verdadeiramente arrependidos, invocarem devotamente o nome de Jesus, pelo menos de coração...  




 * * * 


Para maiores informações, visite o blog do
Apostolado da Oração das Missões Cristo Rei.



* * *


* FAQ, para quem ainda não sabe é acrônimo da expressão inglesa Frequently Asked Questions, que significa Perguntas mais frequentes. É uma compilação de perguntas frequentes acerca de determinado tema. Quando usado num contexto singular, um FAQ será uma dessas perguntas frequentes. Para nós da Tradição, acostumados ao bom e velho Catecismo de São Pio X, trata-se de uma forma didática de explicar um assunto, com bom proveito para todos. Se houver mais dúvidas, contate diretamente o Apostolado


Se quiserem ajudar o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, façam doações: clique no botão abaixo: 



*
É possível que, ao enviar este post por e-mail, o botão de doação acima não funcione. Nesse caso, envie um e-mail para edicoes.cristo.rei@gmail.com, ou diretamente para o Rev. Pe. Cardozo: runaejcv@gmail.com.


Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

4 comentários:

  1. Esses Estatutos são os de 1951. Fora. Reformados em 1968.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os Estatutos de 1951 continuam em vigor visto que a reforma de 1968 é indevida. Somos católicos e queremos permanecer católicos. Reforma é coisa de protestante. Basta ler o "leia antes" para saber que este blog é católico e rejeita o Concílio Vaticano II pq é herético.

      Excluir
  2. Eu gostaria de ler o estatuto de 51. Como posso ter acesso a ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, talvez o senhor consiga encontrar nos sebos algum exemplar. Como dito anteriormente, a reforma ocorreu em 1968. Então, os exemplares anteriores a este ano, são perfeitamente válidos. Neste link, pode baixar o de 1965: http://alexandriacatolica.blogspot.com/2017/10/apostolado-da-oracao.html.

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA