Convite

 
Feminismo: o maior inimigo da mulher
Grupo do Facebook • 157 membros
Participar do grupo
Grupo criado com o propósito de desmascarar o feminismo.
 

Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de julho de 2019

Da Clemência e da Mansidão


Da Clemência e da Mansidão 

Vícios opostos: a Ira, a Crueldade ou a Ferocidade



Que entendeis por clemência e mansidão?   
São duas virtudes, uma destinada a moderar os castigos que hajam de impor-se, para que não excedam os limites da Justiça, e a outra destinada a moderar os movimentos interiores da ira (CLVII, 1)*.

A clemência opõe-se à severidade e a mansidão à vindita?  
De maneira alguma, porque não têm o mesmo objeto e também porque, por caminhos distintos, propendem para o mesmo fim (CLVIII, 2 ad 1).

Que vícios se opõem à clemência e à mansidão?
A ira, a crueldade e a ferocidade (CLVIII, CLIX).

I - Que é a ira?
Um movimento do apetite irascível, que nos arrasta a tirar vingança, sem motivo ou contra a ordem e a razão (CLVIII, 2).

Quantas espécies compreende?
Três:  
- a cólera dos violentos, que se irritam pelo motivo mais insignificante;  
- a dos rancorosos, que guardam por muito tempo a recordação das injúrias;  
- a dos obstinados, que não descansam enquanto não tiram vingança (CLVIII, 5). 

A ira é pecado capital?
Sim, senhor; porque o seu fim — a vingança — com a aparência de justa reparação, seduz e arrasta com facilidade os homens (CLVIII, 7).

Quais são as suas filhas?
A indignação, o orgulho, a vociferação, a blasfêmia, a injúria e a rixa (CLVIII, 7).

Existe algum vício contrário ao vício da ira?
Sim, senhor; a apatia e a indolência, que se revelam em deixar impunes faltas que merecem corretivo (CLVIII, 8).

II - Que entendeis por crueldade?
A dureza de alma, que se manifesta na imposição de castigos ou penas injustas e irracionais (CLXI, 1).

III - Em que consiste a ferocidade?
Numa alegria e complacência selvagens, brutais e desumanas nos sofrimentos do próximo, não os considerando como castigos merecidos, senão como meios de satisfazer rancores ou objeto de diversão. A ferocidade opõe-se diretamente à virtude da piedade (CLIX, 2). 

São possíveis tais excessos?
Ainda que pareça incompreensível, aí está a História para demonstrá-lo. Povos houve, e se contam entre os mais civilizados em aparência, que achavam o mais saboroso prazer nas horripilantes cenas do anfiteatro.



* referências aos artigos da obra original

(A “Suma Teológica de São Tomás de Aquino em Forma de Catecismo. XXXV, LIII”, de R.P. Tomás Pègues, tradução de um sacerdote secular)

    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA