Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de junho de 2018

Vem aí o Capítulo Geral da Neo-FSSPX: mas os sapos já foram cozidos.


Vem aí o Capítulo Geral da Neo-FSSPX: mas os sapos já foram cozidos. 



Já foi anunciada a data do Capítulo Geral da Neofrat: será de 11 a 21 de julho 2018, em Ecône, na Suíça

O que esperar disso? Há quem espere que a Neofrat possa se livrar do mau superior e que, com um novo e menos “conciliar” superior, os rumos da Neofrat poderão mudar; quiçá... poderá voltar a ser o que era quando foi fundada por Monsenhor Lefebvre... 

A ingenuidade é linda, mas inútil às almas!... 

Não que seja da minha conta, porque não tenho parte com eles, mas eu não vejo a coisa com tanto otimismo. O mais importante não foi percebido: não importa quem governe, de agora em diante, a Neofrat, a essência dela mudou, não é mais o legado de Monsenhor Lefebvre. Não é mais católica. 

Senhores, convenhamos! O Capítulo foi arquitetado por Fellay e, reelegendo-se (duvido veementemente!) ou não, o seu sucessor seguirá o plano. 

Ademais, se durante esses últimos seis anos os 600 e passa – 637, a sermos irritantemente precisos – Sacerdotes aceitaram que se lhes dissesse que a Igreja conciliar é a Católica, que o Concílio Vaticano II é 95% bom e 5% discutível e um monte mais de asneiras, devemos nos perguntar se há algo mais a salvar na Neofrat. 

Que faria um “bom superior” com 636 padres apóstatas e covardes?... Penso que nada! O certo a fazer seria o que fez Monsenhor Lefebvre quando era o superior dos Espiritanos: renunciar e começar do zero. Do zero! 

Respondam com sinceridade, após mais 6 anos com liberais no comando da Neofrat, o que nela restou de católico? Alguns padres têm, de fato, saído nesses últimos seis anos, mas as perspectivas não são boas: o quanto eles foram contaminados pelas ideias fellayanas?.... 

Sabe-se que nos seminários se estuda em livros modernistas... Os novos padres são formados para pensar e agir como Fellay. Já não “gritam” mais. 

Sabe-se também que a Neofrat já não complementa mais os sacramentos porque “não há necessidade”, uma vez que isso desagrada Francisco. Soube até que eles nem abençoam mais as grávidas que vão dar à luz, aduzindo que “gravidez não é doença”... Não é mesmo!, mas não é por isso que as gestantes são abençoadas... Se eu precisar explicar a um padre o por que... é mesmo o fim da picada! 

É público e notório também que os matrimônios são supervisionados por modernistas e dependem da anuência deles... 

Sem falar nos escândalos morais – inclusive homossexuais – que se têm multiplicado. A direção das almas caiu em desuso. E como poderia o lobo dirigir uma ovelha?... 

O último escândalo só reforça a suspeita de uma infiltração maçônica na obra de Monsenhor Lefebvre, porque a fumaça de Satanás – sabe-se – entrou na Igreja, e a FSSPX era parte fiel da Igreja e precisava ser destruída. Parabéns, Fellay.  SQN. 

E uma série de outras coisas das quais falei inúmeras vezes no Pale Ideas. Pesquisem... 

Ainda bem que, em 2012, Deus me deu a graça de enxergar o perigo das negociações com Roma, negociações estas que haviam sido desaconselhadas por Monsenhor Lefebvre enquanto Roma não se convertesse. Até onde sei, Roma ainda não se converteu. Negociar porque? Com quem? 

Se somos católicos, não precisamos estar “em plena comunhão” com Roma modernista e apóstata. Se somos católicos, por que devemos nos integrar à Igreja conciliar? Ou somos ou não somos católicos. Decida-se, Fellay!  






Bem, para quem aguarda um milagre... sinto desanimá-los, pois, se a Igreja ainda não foi beneficiada com um milagre, por que uma obra da Igreja o seria? Não é o servo maior que o seu senhor. 

Houve um tempo em que eu pensava que Fellay era apenas um ingênuo ou um vaidoso que acreditava sinceramente que era o predestinado (há histórias sobre uma vidente que lhe teria dito isso. Uma vidente que depois foi desmascarada, diga-se de passagem) que iria salvar a Igreja de Deus. Nem Monsenhor Lefebvre teve essa pretensão!!! Ele quis apenas salvar a Missa e o Sacerdócio. A Igreja é assunto de Deus.  

Hoje, contudo, já não penso mais assim. Hoje, me parece – e espero estar enganada – que a coisa é bem mais séria. Essas ligações espúrias dele com sionistas e maçons fazem crer que possa ser um infiltrado. De qualquer forma, deverá prestar contas a Deus, um dia, de seus atos, dessa loucura que o fez arrastar na lama o legado de Monsenhor Lefebvre e a tantas almas em uma aventura insana, cujos frutos são de conhecimento de todos. 

Que Deus tenha misericórdia das almas confiadas a esses maus Sacerdotes, e lhes faça ver onde está a Verdade, e que a sigam. 


PS: Aos comentadores, leiam antes o leia antes, depois comentem por sua conta e risco. Me reservo o direito de publicar ou não os seus comentários. Meu blog, minhas regras. 
       
EDITADO AOS 12/7/2018 para linkar ao resultado da eleição: veja aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui