Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de julho de 2013

NEO-IGREJA: Se Bergoglio está certo, Leão XIII está errado, ou "Anglicanorum coetibus" X "Apostolicae Curae".

ESTE SENHOR QUE NÃO OUSA DIZER-SE PAPA NÃO TEM INTENÇÃO ALGUMA DE FAZER O BEM DA IGREJA E COLOCA CONSTANTEMENTE EM PERIGO OS FIEIS QUE TEM SOB SUA BARBA DE PERDER-SE ETERNAMENTE... 


Capítulo IV

O que fazer em caso de divisões na Igreja. 

"Que fará, portanto, um Cristão católico se uma pequena parte de batizados se separar da comunhão de todos os fiéis? Que mais poderá fazer se não antepor, a um membro pútrido e contagioso, todo o restante do corpo saudável?  

E se alguma nova infecção não contente de atacar apenas uma pequena parte, tente apodrecer toda a Igreja, o que ele fará? Terá, então, o cuidado de manter-se firme na antiguidade, a qual não está mais sujeita às falazes seduções da novidade.

E se no meio da mesma antiguidade se encontre uma pequena parte transviada de homens, ou alguma cidade inteira, ou até mesmo uma província, como se deverá conter [o erro]? Neste caso, terá o cuidado de dar a preferência, sobre a temeridade e ignorância de poucos, aos decretos de toda a Igreja, quando haja um antigo universalmente aceito." [1][2]


Bergoglio e Stan Laurel
Em um primeiro momento, Bergoglio parecia-se com João XXIII... Sobretudo, de perfil.
Mas agora se parece mais com Stan Laurel, o eterno companheiro de Oliver Hardy; o Gordo & o Magro...
Não só fisicamente, como no jeito desengonçado que nada tem a ver com a dignidade sacerdotal, ou papal.


Em relação às inválidas ordenações Anglicanas, os chamados Sacramentos administrados por esses insensatos são, portanto, sem efeitos, ou seja, nulos. Assim se pronunciou, definitiva e infalivelmente, Sua Santidade Leão XIII: 

"Apostolicae Curae" de Leão XIII:


"Portanto, aprovando de modo global todos os decretos dos Nossos predecessores sobre este problema, e confirmando-os e renovando-os plenamente,por força de Nossa autoridade, de nossa iniciativa, para conhecimento seguro. Nos declaramos e proclamamos que as ordenações cumpridas com o rito anglicano foram de todo inválidas e são absolutamente nulas".[3]

Portanto, o documento, lixo, Anglicanorum coetibus, não tem valor algum diante de Deus por conter, de maneira pública, a heresia professada; além do mais, tal documento emanou de um "emérito modernista" como Ratzinger.

Ora, recentemente o seu digno sucessor "Bergoglio" aportou uma modificação, no dia 31 de maio de 2013[4], que permite aos fiéis que receberam o Batismo mas ainda não a Santa Eucaristia e a Crisma, de poder receber tais Sacramentos dos inválidos e heréticos Anglicanos. Por quê tudo isso? Por causa das necessidade da chamada "Nova Evangelização Conciliar":
§2º. Aqueles que foram batizados na Igreja Católica, mas não receberam os outros Sacramentos da Iniciação, e, depois, através da missão evangelizadora do Ordinariato, retomar a práxis da fé, podem ser admitidos como membro do Ordinariado e receber o Sacramento da Crisma ou o Sacramento da Eucaristia, ou ambos.
Definitivamente, este Senhor de nome Bergoglio, de fato, coloca nas mãos de autênticos heréticos, condenados solenemente, os fiéis que tivessem a intenção de retomar o caminho de fé precedentemente abandonado. 
Esta é a enésima confirmação de que Bergoglio não tem intenção alguma de fazer o verdadeiro bem da Igreja, portanto, como escrevemos no comentário ao escrito de Monsenhor Williamson[5], pedir a permissão para criar um movimento Católicos Tradicional perfeitamente incardinado na Igreja Católica é inútil e ofensivo no que respeita a Deus, porque ter algo a ver com esses demolidores da fé católica é uma autêntica renegação da própria fé. Estes ocupadores abusivos Vaticanos, tomados por seus delírios modernistas, põe constantemente em perigo a salvação das almas dos fiéis sob seus cuidados, portanto devem ser refutados por aquilo que são, e não, pelo contrário, pedir sua permissão para fazer absolutamente nada...   


Refere-se aqui a um Concílio católico.
2 Tradução do original, italiano, não é a versão em português do link acima. 
3 Vide a bula em italiano.
4 É o §2º do artigo 5 do Anglicanorum coetibus, da versão italiana, que tive que traduzir porque, curiosamente na versão em português esse parágrafo misteriosamente desapareceu, e o artigo só tem dois parágrafos, ao invés de três... É intrigante que somente as versões em italiano e inglês têm 3 parágrafos, todas as demais tem apenas dois, tendo sido suprimido esse parágrafo... por quê? Mistérios da fé conciliar...
5 Vale a pena traduzir. Eu havia traduzido apenas o começo, sobre Santo Atanásio


+
Inscreva-se para receber as publicações do Pale Ideas: Delivered by FeedBurner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA