Convite

 
Feminismo: o maior inimigo da mulher
Grupo do Facebook • 157 membros
Participar do grupo
Grupo criado com o propósito de desmascarar o feminismo.
 

Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de março de 2020

Coronavírus - Comungar na mão? - Perspectiva CATÓLICA


Coronavírus - Comungar na mão? - Perspectiva CATÓLICA



A Comunhão na mão

por Gustavo Corção
(O Globo, 5-6-75)

(...)

Damos nós um exemplo: "a comunhão na mão". Até poucos anos atrás, era um abuso praticado por vários membros da Outra Igreja (a Igreja Conciliar), com a intenção de bem marcar uma nova e desembaraçada atitude do crente diante da Hóstia consagrada, isto é, o Santíssimo Sacramento do altar, que, além de conferir a graça, contém o Autor da Graça.

Se essa evoluída atitude não é a de um acintoso desrespeito, que a minha Igreja (a Católica, una, santa, etc.) chama de sacrilégio e profanação, só pode ser a de uma simples e translúcida falta de fé na Presença Real. Ora, quem de tal modo publica essa falta de fé está exatamente no caso dos discípulos de Jesus (Jo.,6,67). Já não são católicos.

Isto era assim: mas agora as autoridades da Outra Igreja, a da CNL da CNBB, acabam de declarar que aquele abuso se tornou evolução que eles facilmente previam e agora aprovaram.



Quando ouvi na missa do Corpo de Deus, especialmente escolhida, delicadamente aprazada, o pobre padre anunciar palavras emanadas de um "bispo" chamado Castro Pinto, que anunciavam a oficialização da comunhão na mão, senti-me esbofeteado por Satanás. E então compreendo que aquela missa reformada é uma invenção que permite a bispos da Outra (a Igreja Conciliar) ditarem regras à Igreja de Cristo: sim, inventada, composta, reformada, especialmente para tornar confuso, ambíguo, insuportavelmente misturados dois Credos inconciliáveis. Tive uma pena enorme de toda aquela pobre gente que cumpria um Mandamento da Igreja (ir à Missa em dia de preceito é Mandamento da Igreja; não ir, é pecado. Obviamente, isso não se aplica à chamada missa nova, porque ela não é católica; e nem a autoridade que a criou) numa arapuca comandada pela Outra.

Estão ali, sentados ou de pé, apatetados, desinformados, desdoutrinados, a perder dia a dia a fé na Presença Real de Jesus. Estão ali os pobres incautos que vagamente querem ser católicos, a ouvir instruções emanadas do bispo Castro Pinto que anos atrás festejou, contra a vontade de seu superior, o 450º centenário da Reforma luterana.

Amanhã, começarão nas diversas dioceses as comunhões que levarão o Corpo de Deus até à macumba, para alegria dos abades beneditinos que já acharam certo enquadramento das feitiçarias na Regra de São Bento (sic! Esquadrinham o Magistério da Igreja, a Tradição e as Escrituras para perverter o sagrado). Hipocritamente, as autoridades fingiram proteger o uso ainda mais profano das Hóstias consagradas, recomendando que sejam consumidas no ato. Mas quem poderá evitar as fáceis escamoteações? Aliás, essa nova profanação da Hóstia levada para todos os usos imagináveis já não está na linha de uma evolução facilmente previsível?

Compreendi com uma dor lancinante que a nova missa não é apenas uma liturgia achatada ou mutilada: é realmente, como se vê! uma oportunidade de deixar os católicos à mercê de autoridades anticatólicas. A evidência se impõe: é uma ocasião de pecado para os advertidos. Há trinta anos caminho procurando acertar os passos pela presença de Jesus. Não sei como fazer para conseguir receber o Santíssimo Sacramento do Altar em templos em que a Santa Hóstia esteja fora do alcance da CNL da CNBB e das autoridades que julgam possível servir à Igreja e à anti-Igreja. (Naquele então, anos 70, ainda havia Bispos Católicos, mas hoje... Felizmente, nós ainda temos refúgios católicos nas Missões Cristo Rei onde podemos guardar a Fé íntegra, sem qualquer vínculo com a Igreja Conciliar.)

Não posso, evidentemente, ir todos os dias a Petrópolis, Mariana, Campos ou Porto Alegre ou outra diocese onde, com a Graça de Deus, os Excelentíssimos Senhores Bispos resistiram e proibiram (nota: isso foi nos anos 70. Hoje, nesses lugares, a realidade é outra!) o novo abuso contra a fé na Presença Real e onde todos os católicos esperam que, com especial auxílio de Nossa Senhora de Fátima e de Nossa Senhora Aparecida, esses bispos católicos resistam e permaneçam fiéis a Jesus e repilam energicamente a regra de evolução publicada em Itaici por D. Clemente; e, assim, não podendo evidentemente colher esses frutos tão esparsos, só vejo uma saída para não me deixar levar pelos que se afastam de Jesus, na prática de tantos desrespeitos: pedir a Deus que me abrevie os dias que uma saúde ainda sólida ameaça de um incompreensível prolongamento.

* Notas entre parênteses e grifos meus.

Carla d'Amore


2 comentários:

  1. O papa Bento XVI foi afastado qdo começou a facilitar o acesso e propagação da Igreja da santa tradição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem disse isso para o senhor? Quais as provas do que aduz? Isso não é verdade. Bento XVI não foi afastado, mas RENUNCIOU por livre e espontânea vontade, como ELE MESMO já disse e repetiu. Acaso, o senhor sabe mais do que ele? Acaso está dizendo que Bento está MENTINDO? Ele renunciou, conforme-se e pare de inventar balelas que ninguém acredita.

      Bento e Francisco são cúmplices da super-heresia do CVII. Não há diferença de pensamento entre eles. Bento não defende a Santa Tradição, mas uma imitação espúria e barata dela, como toda obra demoníaca, que é mera imitação do Sagrado.

      Bento é herege. Prova disso - eu tenho as provas, a diferença do senhor!!! - está nos escritos do próprio herege, desde antes de usurpar o Trono de São Pedro. É um dos anticristos que precedem "o" Anticristo.

      Bento, na verdade, é pior que Francisco, pq Francisco é transparente, quem olha para ele, para o que diz e faz, sabe logo que se trata de um herege, de um não católico. Quem olha para Bento acredita que ele é católico, tradicionalista, defensor da Sagrada Tradição. Bento engana mais que Francisco. Bento arrasta mais almas para o inferno que o Francisco.

      Eu publiquei (nem pensem em comentar de novo, pq não vou mais publicar essas asneiras: meu blog, minhas regras!!!) sua insensatez só para esclarecer as boas almas que pensam como senhor e que são iludidas por esse ímpio travestido de papa.

      Como sempre digo, não precisam acreditar em mim, ESTUDEM (de verdade, não resuminho o vídeos da internet) a Doutrina da Igreja, ela não mente. A Igreja condenou Francisco E BENTO, não eu. A condenação está na Pascendi de São Pio X, este sim, PAPA CATÓLICO. A Pascendi está na internet para quem quiser ler e estudar. Não sejam preguiçosos, pq os preguiçosos não entram no Céu.

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE acima. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA