Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de maio de 2017

Abortista falará livremente sobre aborto em centro de pastoral de Fortaleza!!!

Freira pró-aborto dá palestra na Arquidiocese de Fortaleza       


EDITADO EM 22/05/2017:  Aparentemente, a "palestra" de Fortaleza foi "suspensa" pelo arcebispo local. Mas não o "seminário", tão destruidor quanto a palestra dessa excomungada. Contudo, logrou palestrar em São Paulo, ontem dia 21 de maio, com o beneplácito do Arcebispo local: "O encontro, que tem por tema 'Teologia a partir do sagrado feminino', acontecerá no domingo, 21 de maio, na Casa de Oração do Povo de Rua, na capital paulista, e os organizadores afirmam que se insere 'na perspectiva da celebração do Ano Mariano'...". (Cf. aqui.) 


* * *

Ivone Gebara, a freira pro-aborto que se autodenomina ecofeminista, será a principal atração de evento que ocorrerá no Centro Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza - que se autodenomina "católico" - nos dias 10 e 11 de junho, em que irá palestrar no Seminário “O Conservadorismo cresce assustadoramente. O que fazer?”. O encontro terá o tema centrado no feminismo e nos direitos ao aborto, diante da ação de movimentos pró-vida no Brasil e no mundo. A realização é do Centro de Estudos Bíblicos do Ceará (CEBI) - uma mistura de protestantes e modernistas, um dos frutos do CVII. 

Católicos, às armas! Denunciem esse abuso que conta aparentemente com a conivência da Arquidiocese de Fortaleza, pois um evento como esse não é feito na surdina. Mas vamos dar o benefício da dúvida ao Arcebispo, vamos alertá-lo do que acontece embaixo de seu nariz. É nosso dever de cristãos!!! 

Aqui os contatos que achei: 

Arcebispo: Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques
Fone: (85) 4012-8150 – Fax: (85) 3219 1767
E-mail: arcebispo@arquidiocesedefortaleza.org.br


Secretariado de Pastoral
Coordenador de Pastoral: Padre Francisco Ivan de Sousa
Secretário Executivo: Miguel Arcanjo Fernandes Brandão
E-mail: secretariadodepastoral@arquidiocesedortaleza.org.br
Telefone: (85) 3388 8701

Setor de Secretaria:
Rosélia Terezinha Follmann e Hilda Chavante Hissa
E.mail: secretariadodepastoral@arquidiocesedefortaleza.org.br
Telefone: (85) 3388 8701

Setor de Comunicação:
Francisca Janayna Gomes e Marta Maria Andrade da Silva
E.mail: pascom@arquidiocesedefortaleza.org.br
Telefone: (85) 3388 8703

Setor de Informática:
Leonardo da Silva Sousa
E.mails: contato@arquidiocesedefortaleza.org.br ou boletim@arquidiocesedefortaleza.org.br
Telefone: (85) 3388 8702

Administração do Centro de Pastoral “Maria, Mãe da Igreja”:
Conceição Almeida
E.mail cpmmi.arqfortaleza@gmail.com
Telefone: (85) 3388 8719

Fale conosco da Arquidiocese: 
1. http://www.arquidiocesedefortaleza.org.br/contato/fale-conosco/

2. http://www.arquidiocesedefortaleza.org.br/contato/envie-sua-mensagem/

Facebook da Arquidiocese: https://www.facebook.com/arqfortaleza/

Facebook do CEBI: https://www.facebook.com/cebi.cebice/photos/a.880893395256192.1073741828.869818516363680/1550208464991345


As ideias dessa senhora a respeito de Catolicismo, envolta em todos os preconceitos que o feminismo tem em relação à religião, ao homem, ao papel da mulher na Igreja, nas Escrituras, na sociedade, podem ser lidas aqui e aqui, se acharem necessário. Graças ao CVII, tudo que a Igreja fez em relação a ela foi dar-lhe um ano de silêncio, que serviu apenas para catapultá-la para a notoriedade. Deveria ter sido expulsa e excomungada. E processada toda vez que ela falasse que é católica e que é freira. O estrago que ela fez dentro da Igreja é incomensurável, pois conseguiu arrancar de dentro dela, com o beneplácito das autoridades eclesiásticas, centenas, quiçá milhares de almas abandonadas a si mesmas pela Igreja conciliar. O estrago em termos de vida humanas ceifadas certamente é maior porque ela defende o aborto - o assassinato de bebezinhos no ventre materno - como um "direito" da mãe! 

Estou terminando o post e me veio a notícia que o engajamento da juventude de Fortaleza fez com que a palestra dessa senhora fosse "suspensa". Não tenho nem a confirmação, nem mais detalhes. Mas é imperativo que as reclamações cheguem logo ao Arcebispo. O certo seria CANCELAR o evento que, como um todo, é um ataque aberto à Igreja, a Fé, à religião, ao Catolicismo, ao modo de vida da maioria cristã do Brasil. É uma avanço comunista dentro da Igreja. 


6 comentários:

  1. Giulia, como fortalezense, conheço o "centro pastoral" e ele tem fedor de teologia da libertação, de paulo freire, de rcc e de outros dejetos que se auto-intitulam católicos. Tem gente muito bem intencionada lá dentro em querer servir a Deus e a Virgem Maria, mas muito mal informada achando que o Concilio Vaticano II é a melhor graça de Nosso Senhor depois da Redenção. Não me espanta essa freira (que nem hábito possui) diga suas abobrinhas por lá... Detalhe: as vezes tem coisas que são feitas lá sem o arcebispo saber. Não sei se seria este o caso. Rezemos o santo terço em reparação das blasfêmias dessa "freira" maluca...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, caríssimo sr. José Antônio. Deus nos ouça!

      Outro fortalezense me informou que a juventude se mexeu e a palestra foi "suspensa"... não sei o que isso quer dizer. O certo era cancelar o seminário todo. E tb tirar de vez o hábito (que ela nem usa) dessa senhora.

      G.

      Excluir
  2. Graças a Deus parece que o bispo de Fortaleza proibiu o evento. Vi no Facebook do Sr Vicente: https://www.facebook.com/VicenteEVanessa?fref=nf#

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Arcebispo "suspendeu", não "proibiu". Mas parece que de fato não houve. Menos mal. Contudo, essa senhora tem passe livre pela arquidiocese, não é a primeira vez que tenta falar aos católicos com autoridade. O Arcebispo deveria ter proibido o seminário como um todo e advertido que isso não se repita. Não o fez.

      Excluir
  3. Ela deveria parar de falar em nome da Igreja Católica. E devia ser logo excomungada. Mas como bem sabemos como age essa nova seita.... não dá nem pra se surpreender pelo fato de os bispos não agirem como deveriam. Vamos agir enquanto pudermos para frear esses liberai pagãos e rezar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveria, se fosse bem intencionada, mas ela, como já declarou publicamente, está consciente e convenientemente "na" Igreja para arrancar de dentro dela as mulheres que, em sua mente doentia e perversa, considera "prisioneiras" da Fé.

      Excluir

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA