Pesquisar este blog

Novidades!!!

sexta-feira, 2 de março de 2012

Sacramentais: O Cordão de Santa Filomena

O Cordão de Santa Filomena


   
clique para ver mais imagens de Santa Filomena
São João Batista Maria Vianney, o Cura d'Ars, foi o maior difusor do uso do Cordão de Santa Filomena. 

O Papa Leão XIII aprovou o uso do Cordão em 1893 e concedeu indulgências a todos os que o usarem e rezarem esta oração:
Ó Santa Filomena, Virgem e Mártir, rogai por nós para que, por meio de vossa poderosa intercessão, possamos obter a pureza de alma e de coração, que conduz ao perfeito amor de Deus.

Indulgências plenárias do Cordão de Santa Filomena:

1. No dia em que o Cordão é colocado pela primeira vez.
2. No dia 25 de Maio, aniversário da abertura do túmulo de Santa Filomena - catacumbas de Santa Priscila.
3. No dia 11 de Agosto, que é a sua festa.
4. No dia 15 de Dezembro, aniversário da aprovação do Cordão pela Santa Sé.
5. No momento da morte, nas condições ordinárias.


Com exceção deste último, para lucrar as indulgências plenárias com o Cordão, é preciso confessar-se, comungar e visitar alguma igreja, onde se rezará pelas intenções do Santo Papa.


   

Qualquer pessoa pode fazer o Cordão de Santa Filomena, que deve ser feito (crochê) com fios de linho ou lã ou algodão, e em um de suas extremidades tem dois nós, em honra de seu duplo título de Virgem e Mártir. O comprimento pode ser medido pelo comprimento da própria cintura. Os fios devem ter quantidades mais ou menos iguais, em cores branco e vermelho. O branco simboliza a virgindade de Santa Filomena, e o vermelho seu martírio.


A faculdade para abençoar os Cordões de Santa Filomena foi dada aos Padres de São Vicente de Paulo, mas atualmente qualquer padre pode abençoá-los validamente. 

A oração oficial da benção do Cordão é: 


Sacerdote: "Senhor Jesus, concedei que todos os que usem este cordão mereçam ser preservados de qualquer perigo e recebam a saúde da alma e do corpo."

O cordão deve ser usado na cintura, sob a roupa externa (e não diretamente na pele), e se possível não ser retirado. Não há uma cerimônia específica, basta a benção, mas à diferença dos escapulários - que só é abençoado o primeiro - toda vez que é necessário substituir o Cordão, este deve ser novamente abençoado. 

Os portadores do Cordão devem ter a intenção de honrar Santa Filomena com o melhor de sua capacidade, para merecer proteção contra os males da alma e do corpo e obter, por meio de suas orações, a castidade perfeita e o espírito de fé. Recomenda-se também que todos os dia se reze a oração mencionada acima. 

O uso de um cordão em honra de um santo é uma antiga tradição da Igreja. Nos primeiros tempos da Igreja, as virgens usavam cordas/cintos como um sinal ou emblema de pureza. Pouquíssimo santos têm o extraordinário privilégio de uma cordão. A devoção do Cordão de  Santa Filomena nasceu em consequência de inúmeras graças obtidas por sua intercessão. Como dito no começo, o Cura d'Ars era um difusor do uso, porque havia várias vezes provado o poder deste sacramental e amava ver os fieis usando o precioso Cordão.  

O uso do Cordão é um dos modos de honrar a Santa e obter a sua proteção. Ela é o modelo e poderosa intercessora de duas virtudes muito necessárias atualmente: a fé inquebrantável e a corajosa castidade.

Quem pode usar o Cordão? Todos os batizados - casado, solteiros, religiosos - são chamados à castidade. O Cristão deve se revestir do Cristo, o modelo de toda Castidade. Todos os fiéis de Cristo são chamados a levar uma vida casta segundo seu específico estado de vida. No próprio momento do Batismo, o Cristão se compromete a levar sua vida afetiva na castidade.



Sobre Santa Filomena - história, imagens e orações clique nos banners abaixo:

 




Fontes:
http://www.miraclerosarymission.org/philocord.html 
http://www.saintphilomena.com/thesaint.htm


O Cordão de Santa Filomena: simples e fácil de fazer!


* * *
Onde adquirir o CORDÃO DE SANTA FILOMENA


*

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA