Convite

 
Feminismo: o maior inimigo da mulher
Grupo do Facebook • 157 membros
Participar do grupo
Grupo criado com o propósito de desmascarar o feminismo.
 

Pesquisar este blog

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Missa bastarda! Padres bastardos!

Um trecho autoexplicativo da homilia de Monsenhor Marcel Lefebvre na Missa em Lille, na França, no dia 29 de agosto de 1976. A santa ira movida pelo santo zelo pelas coisas de Deus inspirou esse Santo Atanásio de nossos dias contra as inovações bastardas promovidas pela vontade de dialogar com o erro. Há oito anos do nosso necessário afastamento da Neofrat de Fellay e há quase cinco anos do da Desistência de Williamson, estas palavras caem como uma espada sobre as consciências adormecidas, e algumas até mesmo vendidas, daqueles que deveriam continuar o trabalho dele, a obra dele, o bom combate de que terão que prestar contas a Deus um dia. Que a voz de Monsenhor Lefebvre ainda possa alcançar essas almas... 



MISSA BASTARDA! PADRES BASTARDOS!


Lille, França, em 29 de agosto de 1976  
Monsenhor Marcel Lefebvre 
Fundador da Fraternidade Sacerdotal São Pio X 

“Não sou mais que um bispo da Igreja Católica 
que continua a transmitir a doutrina. 
Eu penso, e isto não tardará, que poderão gravar 
sobre minha tumba estas palavras de São Paulo:
'Tradidi quod et accepi',
'Eu vos transmiti o que eu recebi', 
simplesmente isto.”


Desta união adulterina só podem advir bastardos. E quem são estes bastardos? São os nossos (novos) ritos. O rito da nova Missa é um rito bastardo. Os sacramentos são sacramentos bastardos. Não sabemos mais se são sacramentos que dão a graça ou que não a dão. Não sabemos mais se essa missa nos dá o Corpo e o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo ou não (…). Os sacerdotes que saem dos seminários são padres bastardos. Não sabem mais que foram feitos para subir ao altar, para oferecer o Santo Sacrifício de Nosso Senhor Jesus Cristo e para dar Jesus Cristo às almas e para levar as almas a Jesus Cristo. Eis o que é um padre, e os nossos jovens que estão aqui o compreendem bem. Toda a vida deles é consagrada a isto, a amar, a adorar e a servir Nosso Senhor Jesus Cristo na Eucaristia, porque eles creem na presença real de Nosso Senhor Jesus Cristo na Eucaristia (…) É esta vontade de diálogo com os Protestantes que nos levou a esta missa bastarda e a estes ritos bastardos.” 

Arcebispo Dom Marcel Lefebvre.

Cf. “Écône, chaire de vérité”, Iris, 2015, pp. 997-998.  
Tradução: Giulia d’Amore. 
Aqui o discurso em francês: 
http://tradinews.blogspot.com/2016/08/mgr-marcel-lefebvre-sermon-de-la-messe.html
https://www.sspx.ca/fr/news-events/news/mgr-lefebvre-et-la-nouvelle-messe-abbé-raphaël-dabbadie-juin-2017-47409. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE acima. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

Subscrive here! Siga este blog, receba as novidades por e-mail!

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

Se vc é das Missões Cristo Rei, cadastre-se aqui

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA