Pesquisar este blog

Novidades!!!

sábado, 5 de setembro de 2015

Papa Gregório IX

Papa Gregório IX


Ugolino de Anagni (1160-1241) era filho do Conde de Segni e sobrinho de Papa Inocêncio III. Foi o 178º Papa da Igreja, de 1227 a 1241, como Gregório IX

Foi um importante incentivador dos dominicanos e dos franciscanos, tendo sido amigo pessoal do próprio São Francisco de Assis, para cujos discípulos organizou uma série de orações e ofícios divinos abreviados (o Breviário), para dispensá-los do normal e longo Ofício Canônico. 

Foi considerado o fundador da Santa Inquisição, em 1231, embora o Papa Lúcio III o tivesse precedido, em 1184, com a bula “Ad abolendam”. Mas ele organizou a Inquisição Pontifícia, com o objetivo de combater as heresias, com a promulgação da Bula “Licet ad capiendos”, dirigida aos dominicanos, que passaram a liderar o trabalho de investigação, julgamento, condenação ou absolvição dos hereges. 

Canonizou S. Francisco de Assis (1228), Santo António de Lisboa (1232), S. Domingos de Gusmão (1234) e Santa Isabel de Hungria (1235). 

Encarregou Raimundo de Penaforte da elaboração de uma coletânea geral de leis em 1230, o “Liber Decretalium extra decretum vagantium”, que vigorou como peça principal do direito canônico até 1918. 

Em seu Pontificado foi pela primeira vez processado e condenado o Talmud, a pedido (1238) de um hebreu francês convertido, porque o texto era o principal obstáculo para a conversão dos hebreus, porque impedia que eles compreendessem corretamente as profecias bíblicas. 

Em 1239, o Papa ordenou que todos os exemplares fossem queimados; apenas a França respondeu, embora só os tivesse mandado queimar dois anos depois; em 1248, uma investigação comandada pelo dominicano Santo Alberto Magno confirmou o veredito da primeira condenação. 

Diz-se que Papa Gregório IX foi visitado pelo Anjo Gabriel, que lhe disse que uma praga demoníaca estava próxima, e só convertendo toda a costa de África do Norte ao Cristianismo é que impediriam a guerra. 

Está sepultado na Basílica de São Pedro, na Cidade do Vaticano. 


Bulas:

  • Excommunicamus (1231) – Instituindo a Santa Inquisição pelo Santo Ofício para combater a heresia cátara (feitiçaria, usura, blasfêmia, etc.);
  • Parens scientarum Universitas (13/04/1231) — Confirma a Universitas magistrorum et scolarium Parisiensium, dando-lhe a sua magna charta, pela qual garantiu à Sorbonne o direito de se autogovernar, podendo fazer suas leis em relação aos cursos e estudos, e dando-lhe jurisdição papal, emancipando-a da interferência da diocese – A criação das universidades, assim como a construção das catedrais no medievo, demonstra a elevação intelectual e artística deste período;
  • Ille humani generis (08/02/1232) – Instituição de um tribunal contra os heréticos, com a nomeação dos inquisidores, os dominicanos;
  • Etsi Judaeorum (1233) – Dirigida aos prelados franceses, exorta a prevenir para prevenirem e limitarem os ataques dos Cristãos aos Hebreus;
  • Licet ad capiendos (20/04/1233) – Ainda sobre a Santa Inquisição; Vox in Rama (13/06/1233) – Endereçada ao Rei Henrique VII, da Alemanha, foi a primeira bula contra as bruxarias, condenando a heresia germânica conhecida como Luciferiana, para a qual Lúcifer fora o “criador dos corpos celestes e que retornará quando o Senhor houver perdido o poder” (Alan C. Kors. & Edward Peters. Witchcraft in Europe, 110-1700, pp. 48-9);
  • Ad capiendas vulpeculas (1234) – Convida a tirar os heréticos da Borgonha de seus esconderijos; Si vera sunt (1239) – Ordena o confisco e a inspeção de todos os livros hebraicos suspeitos de blasfêmia contra Cristo, em particular em Espanha e França.
Pesquisa, tradução e organização: Giulia d'Amore di Ugento.


 
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA